Precisa fazer teste de covid para viajar de avião?

Com tantos meses de espera e com as notícias sobre a reabertura de lugares para o turismo, os viajantes já estão em polvorosa sobre a possiblidade de começar a circular. Mas precisa fazer teste de covid para viajar de avião? Vai depender qual o seu destino. Se for dentro do Brasil, por enquanto, apenas Fernando de Noronha e o estado do Ceará têm exigido o teste PCR.

O arquipélago colocou em prática o protocolo de segurança para permitir a entrada de turistas e tentar manter o controle da doença. Já o governo do Estado do Ceará precisou ingressar na Justiça Federal para exigir o teste negativo ou a vacinação completa de passageiros dos voos que cheguem ao estado. Com essa decisão, a União e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) somente devem autorizar o embarque em voos provenientes de outros estados do país com destino ao Ceará e desembarque de voos particulares – quando não for possível a aferição no embarque – de passageiros que apresentem uma das duas condições: comprovante de esquema vacinal completo contra covid-19 ou resultado negativo de exame de antígeno ou RT-PCR realizado em até 72h antes do voo.

Então, na prática, no Brasil, apenas estes dois lugares estão exigindo até agora o exame ou a vacinação. Mas é importante reforça que mesmo sem a exigência, as companhias aéreas que são empresas privadas podem adotar uma postura e permitir o embarque somente com a apresentação do resultado negativo do exame. Ou até mesmo, pode estabelecer outras normas, por isso antes de viajar, ou comprar uma passagem, certifique-se das regras vigentes no site oficial das empresas.

Precisa fazer teste de covid para viajar de avião?
Foto: Pixabay

Precisa fazer teste de covid para viajar de avião? E quais as outras regras?

Além disso, as companhias aéreas também mudaram seu dia a dia nos aeroportos e nos voos.  Do estímulo ao check-in on-line para evitar contato físico, ao uso de máscaras PFF2 ou N95 durante todo o tempo no aeroporto ou em voo, entre outras.  Para voltar a atender, as empresas precisaram se adaptar, investir em tecnologia e sistemas de segurança mesmo com a queda de passageiros no começo da pandemia.

O passageiro precisa entender que são medidas de proteção tanto dele próprio quanto dos profissionais cuja atividade não possibilita fazer home-office. Por isso,  entenda:

  • O uso de máscara de proteção é indispensável durante todo o voo e no aeroporto, independentemente do tempo de viagem ou espera.
  • Só será permitido embarcar com máscaras PFF2; N95 (são feitas normalmente de poliéster e fabricadas industrialmente com fibras extremamente justas entre si, de forma que elas têm um alto poder de filtragem. Além disso, esse modelo tem um filtro que consegue reter até 95% das partículas, incluindo as mais difíceis de filtração, por serem muito pequenas, as chamadas aerossóis); máscaras de tecido com tripla camada de proteção ou máscaras cirúrgicas.
  • Não será permitido embarcar com bandanas ou lenços cobrindo o rosto; máscaras de tecido com uma dupla ou única camada de proteção; apenas com o protetor facial acrílico (face shield); ou máscaras com válvula respiradora.
  • Em todos os pontos dos aeroportos haverá álcool-gel para a higienização das mãos. Porém, é importante levar na bolsa o produto para limpar as mãos imediatamente após o contato com as superfícies externas.
  • Será dada preferência ao check-in on-line. Veja quais companhias aéreas fornecem via aplicativo ou site e qual o prazo antes da viagem é ideal fazer.
Precisa fazer teste de covid para viajar de avião? E quais as outras regras?
Foto: Pixabay

Precisa fazer teste de covid para viajar de avião?

Como ficam as viagens para fora do Brasil?

Nas viagens internacionais a regra é de cada país. O Viajar é Vida fez uma lista de lugares onde já estão abrindo as portas para os brasileiros e as regras de cada local. Veja aqui. Muitos exigem não apenas o exame de PCR negativo ou a carteira de vacinação (em inglês!), como também podem exigir quarentena de 10 a 14 dias em hotéis reservados pelo governo, mas que você terá que arcar com os custos do isolamento. Outros lugares ainda exigem seguro-viagem com valor mínimo de cobertura entre US$ 50 mil e US$ 100 mil.

Os Estados Unidos ainda não liberaram a entrada de brasileiros. Neste caso, você terá que passar 14 dias num outro país que seja autorizada a chegada depois nos Estados Unidos, como o México. Ainda assim, terá que fazer novo exame PCR para conseguir ingressar. Novamente, tudo por sua conta e risco.

Como ficam as viagens para fora do Brasil?
Foto: Pixabay

Entenda os tipos de testes

Os principais modelos de teste para detecção de Covid-19 são:

RT-PCR: é o exigido nas viagens internacionais porque o resultado chega em 90% de confiabilidade. Para isso, o exame coleta secreção do nariz ou da boca para avaliar a presença do vírus. O processo é feito com um instrumento parecido com um cotonete que capta o material genético para análise. O resultado leva cerca de 48h para ficar pronto.

Teste rápido: embora com um percentual de confiabilidade menor, porque oscila conforme o período de contágio da doença, este teste é feito após coleta de algumas gotas de sangue que são colocadas em contato com um reagente.

Sorologia: diferentemente da RT-PCR, este teste verifica a resposta imunológica do corpo em relação ao vírus. Isso é feito a partir da detecção de anticorpos IgA, IgM e IgG em pessoas que foram expostas ao SARS-CoV-2. Nesse caso, o exame é realizado a partir da amostra de sangue do paciente. Para que o teste tenha maior sensibilidade, é recomendado que seja realizado, pelo menos, 10 dias após o início dos sintomas. Isso se deve ao fato de que produção de anticorpos no organismo só ocorre depois de um período mínimo após a exposição ao vírus.

Lembre-se, as regras são das companhias aéreas ou dos destinos de viagem. Esteja atento sobre o idioma em que o resultado precisa estar. Nem todo laboratório tem esta possibilidade. Será necessário questionar antes de realizar a coleta. E, de uma maneira geral, não adianta querer burlar os procedimentos. Esteja atento às necessidades exigidas para jogar de acordo com as regras do jogo. No mais, é tentar aproveitar a viagem para espairecer e poder voltar são e salvo para casa.

Entenda os tipos de testes
Foto: Pixabay

Precisa fazer teste de covid para viajar de avião?

Se você quiser um conteúdo mais completo, o Viajar é Vida foi trazendo diferentes informações ao longo da pandemia. Confira os textos abaixo:

Precisa fazer teste de covid para viajar de avião?
Foto: Pixabay

Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*