Como é a plataforma de vidro de Urubici

Outra plataforma de vidro tem chamado a atenção dos viajantes. E também fica no Sul do Brasil. Depois de mostrar como é a plataforma de vidro de Canela, o Viajar é Vida destaca como é a plataforma de vidro de Urubici. A cidade catarinense ganhou a sua estrutura de aço e vidro no Parque Quedas do Avencal, onde há também um precipício e uma cachoeira com queda d’água de 100 metros de altura. Está curioso para conhecer esta maravilha da Serra Catarinense? Vamos às informações sobre como é a plataforma de vidro de Urubici.  

Como é plataforma de vidro de Urubici
Foto: Prefeitura de Urubici/divulgação

Como é a plataforma de vidro de Urubici

Distante cerca de 8 quilômetros do Centro da cidade fica o Parque Quedas do Avencal. Dentro dele está a cachoeira de mesmo nome e o mirante construído há pouco, com seus 7 metros de extensão que adentra no cânion e eleva os viajantes a 110 metros de altura do nível do fundo do desfiladeiro.

Para chegar ao local o acesso é bem tranquilo e está localizado na saída da cidade, no sentido para São Joaquim. Placas indicam a presença do Parque Quedas do Avencal. Ao entrar, você percorrerá cerca de 1 quilômetro de estrada de terra até chegar na entrada do lugar.

Cada visitante paga R$ 10 para entrar na estrutura que possui restaurante, café, um mirante de ferro e a novidade que é o mirante de vidro.

Segundo a prefeitura, existem dois parques com estrutura que dão acesso à cascata: o Parque Quedas do Avencal e o Cascata do Avencal. Ambos são interessantes e cada um cobra o ingresso de R$ 10. A plataforma de vidro fica no primeiro.

Ele também mantém outras atividades para garantir a alegria dos visitantes como uma tirolesa e a réplica da pedra furada (outro ponto turístico de Urubici que o Viajar é Vida destaca mais abaixo). Para fazer uma estrutura de aço e vidro que não atrapalhasse a natureza, a arquiteta Dinah Nazari de Souza montou um projeto que não precisasse suprir árvores do local.

Existem duas plataformas de vidro em Urubici. Esta fica no Parque Queda do Avencal
Foto: Pousada Cabanas da Serra
A estrutura de aço e vidro adentram no cânion onde corre um rio lá embaixo
Foto: www.viajeibonito.com.br

Há duas estruturas de vidro em Urubici. Conheça o Parque Cachoeira Papuã

Outro local privado que veio para somar às belezas de Urubici é o Parque Turístico Cachoeira Papuã. Fica cerca de 3 quilômetros de distância da entrada do parque da Cachoeira do Avencal. O bacana é que os empreendedores pensaram na estrutura, por isso ela é moderna e até com acessibilidade.

Há passarelas de um pouco mais 300 metros de extensão que terminam em uma plataforma de vidro para contemplação. Novamente o mirante fica às margens do cânion de onde se avista as duas quedas d’água. O parque está aberto diariamente das 8h às 18h e o ingresso custa R$ 20 por pessoa.

Esta outra plataforma de vidro de Urubici fica no Parque Turístico Cachoeira Papuã
Foto: Parque Turístico Cachoeira Papuã/divulgação

O que fazer em Urubici

Urubici é uma simpática cidade da Serra Catarinense, uma das mais frias de todo o Brasil e ganhou notoriedade pelo inverno com neve, mas também pelas belezas naturais que acaba sendo aproveitada pelos viajantes durante o ano inteiro. Entre os atrativos, está a Serra do Corvo Branco, que também abrange o território gaúcho. Ela é formada por subdivisões da formação rochosa que têm origem no Paraguai e corta os três estados da Região Sul do Brasil, indo na direção do Uruguai e Argentina.

A estrada que passa pelo local é a SC-370, ligando Urubici a Grão-Pará, distante cerca de 60 quilômetros. A diferença de altitude entre as duas cidades é de 805 metros (Grão-Pará 110m e Urubici 915m acima do nível do mar).

Outra atração é o Morro da Igreja, situado cerca de 30 quilômetros do Centro da cidade. Para se chegar ao topo, é possível pegar uma estrada de 18 quilômetros. A entrada, no entanto, só é permitida com autorização obtida no site do ICMBIO e posterior retirada na sede do Parque Nacional de São Joaquim, em Urubici. Há um número limite de visitação, por isso é necessário fazer o registro on-line com antecedência. A reserva pode ser feita neste link.

O Morro da Igreja é um dos pontos mais altos do país, com 1.822 metros. Se o clima contribuir, você conseguirá avistar o mar que fica mais de 100 quilômetros de distância. Ali no alto o visitante poderá ver também a Pedra Furada, uma escultura feita pelo tempo e que mede em torno de 30 metros de circunferência.

Se você tiver um perfil aventureiro, poderá fazer a trilha que leva até o pé da Pedra Furada. Será cerca de 8 quilômetros de distância e umas 6 horas de caminhada contando a ida e a volta. É necessário estar com um guia cadastrado no ICMBio. Atenção: mesmo no verão, você está em uma região de altitude, então, prepare-se para o clima ameno e até frio.

O parque Cascata do Avencal é outro lugar para ver de perto a cachoeira da Serra Catarinense
Foto: Prefeitura de Urubici/divulgação

Mais dicas sobre o que fazer em Urubici e como é a plataforma de vidro de Urubici

Se ainda deseja mais contato com a natureza, a Cachoeira Véu de Noiva fica cerca de meia hora do Centro de Urubici. São 62 metros de queda e ainda assim ela se destaca entre as mais de 80 cachoeiras catalogadas nesta cidade da Serra Catarinense. O acesso até a queda d’água é fácil e a estrutura mantém um estacionamento privado que cobra R$ 10 por pessoa. O atendimento é das 8h às 18h. Aproveite para apreciar a paisagem, conhecer os pássaros locais e admirar o espetáculo da água descendo até o solo. Também por aqui há estrutura turística, com refeições e loja de souvenires.

Outro atrativo natural é o Morro do Campestre, que fica 8 quilômetros da cidade seguindo por uma estrada de chão em direção ao município de Rio Rufino. O Morro do Campestre ou Morro da Cruz, se encontra em uma propriedade particular, por isso há um valor de entrada. A vantagem é que a estrada que leva ao topo foi pavimentada e de lá é possível enxergar a formação rochosa de arenito de 1.380 metros de altura, com uma vista privilegiada do Vale do Rio Canoas. Uma boa dica é fazer trilha perto do pôr-do-sol para contemplar um belo espetáculo de cores no fim da tarde na serra.

Rodeada de mistérios e belezas cênicas, a Caverna Rio dos Bugres é outro local que você não pode deixar de visitar na sua viagem por Urubici. Fica cerca de 11 quilômetros do centro da cidade seguindo pela SC-370. Há registros de que a caverna foi abrigo de antigo índios habitantes da região, pois o interior conta com túneis interligados onde é possível ver até inscrições rupestres. Dentro da caverna use uma lanterna para apreciar todos os detalhes e não se perder. O custo para fazer este passeio é de R$ 5.

Urubici tem mais de 80 cachoeiras catalogadas
Foto: Prefeitura de Urubici/divulgação

Gostou deste conteúdo sobre como é a plataforma de vidro de Urubici? Você já experimentou esta aventura na Serra Catarinense? Conte sua experiência nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


2 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*