Florianópolis ganha título de cidade criativa Unesco da gastronomia

Visitar a capital dos catarinenses agora tem mais um motivo: Florianópolis ganha título de cidade criativa Unesco da gastronomia e se torna a primeira cidade de todo o Brasil a ter esta certificação.  Quem já esteve na cidade sabe que a visita sempre vem regada ao sabor de uma boa tainha, escalada ou feita de outras maneiras, de uma anchova ou de outros peixes da região. E o que dizer então das ostras, do camarão, do siri, do berbigão e do marisco, abençoados frutos do mar que provocam as mais deliciosas sensações aos paladares mais exigentes?

A Unesco provou e aprovou todo esse sabor manezinho. Agraciou a capital catarinense com o título de cidade criativa na área de gastronomia. Florianópolis é a primeira cidade brasileira a integrar um seleto grupo de 69 cidades da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, que reconhecem e apoia a criatividade como estratégia impulsionadora do desenvolvimento sustentável, por meio de parcerias mundiais.

Florianópolis ganha título de cidade criativa Unesco da gastronomia
Foto: Ricardo Neves/Pixabay

Leia mais

Título deve contribuir com o turismo de Santa Catarina

Florianópolis integra um seleto grupo conectados a 7 áreas criativas: artesanato e arte popular, design, cinema, gastronomia, literatura, música e artes media. A Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco une cidades que reconhecem e apoiam a criatividade como estratégia impulsionadora do desenvolvimento sustentável, por meio de parcerias mundiais. O título Cidade Unesco da Gastronomia gera visibilidade internacional e tem potencial para incrementar o setor turístico-gastronômico local, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico e cultural da região.

Entre as parcerias mundiais nas 7 áreas criativas estão Belém (PA), Paraty (RJ), Belo Horizonte (MG), no Brasil, além de Overstrand Hermanus (África do Sul), Bendigo (Austrália), Cochabamba (Bolívia), ChengDu, Yangzhou, Macao e Shunde (China), Buenaventura e Popayán (Colômbia), Jeonju (Coréia do Sul), Burgos e Dénia (Espanha), San Antonio e Tucson (EUA), Portoviejo (Equador), Rasht (Irã), Alba, Bergamo e Parma (Itália), Hyderabad (Índia), Tsuruoka (Japão), Zahlé (Líbano), Enseada e Mérida (México), Bergen (Noruega), Arequipa (Paraguai), Cidade do Panamá (Panamá), Östersund (Suécia), Phuket (Tailândia) e Hatay, Afyonkarahisar e Gaziantep (Turquia).

Florianópolis ganha título de cidade criativa Unesco da gastronomia

Leia também

Um pouco da gastronomia florianopolitana

Florianópolis é uma cidade colonização açoriana, com imigrantes vindos da Ilha dos Açores, em Portugal. Além dessa herança, tem ainda características indígenas na arte da cozinha. Desse encontro dos antepassados, mais os elementos da cozinha contemporânea, se firma o modo local de “tocar as panelas”.

Nos cardápios locais, o visitante vai ter uma mostra da variedade, embora alguns pratos sejam bem famosos e já darem uma tônica do que é a culinária da capital catarinense. Pirão de peixe e pirão d’água, bolinho e casquinha de siri, filé de peixe ao molho de camarão, pastel de berbigão, tainha frita ou assada e as ostras gratinadas ou até mesmo cruas estão entre as receitas mais pedidas.

Todos esses pratos com essas iguarias, podem ser encontrados com facilidade nos diversos polos gastronômicos da cidade, como Santo Antônio de Lisboa, Ribeirão da Ilha, Coqueiros, Lagoa da Conceição e é claro, no Mercado Público Municipal. Além disso, essa fartura alimentar, que atrai turistas e paladares de todos os cantos do Brasil e do mundo, também são festejados nos tradicionais eventos gastronômicos anuais como a Fenaostra e o Berbigão do Boca, que tem por objetivo estimular o turismo e demonstrar aos participantes uma parte da história e tradições da ilha.

Um pouco da gastronomia florianopolitana
Foto: Adriano Gadini/Pixabay

Florianópolis ganha título de cidade criativa Unesco da gastronomia. Um pouco mais sobre a cidade

Não é à toa que a capital catarinense é conhecida como Ilha da Magia. A beleza natural de Florianópolis encanta à primeira vista. A cidade possui cerca de 100 praias tanto na ilha costeira quanto na península continental que formam a cidade. Há ainda muitas outras atrações para conhecer, como a Lagoa da Conceição, a tranquila Lagoa do Peri, o tradicional Centro Histórico, a cosmopolita Avenida Beira-Mar, os bucólicos bairros açorianos de Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha, além de fortalezas portuguesas, museus, igrejas, teatros e do cartão-postal da cidade: a Ponte Hercílio Luz.

Você já conhece a comida típica de Florianópolis e de outras cidades litorâneas de Santa Catarina? Qual prato você mais gosta ou qual gostaria de experimentar? Conte nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*