As 10 pontes mais famosas do mundo

Algumas das estruturas servem de passagens de veículos, e levam de um lugar ao outro. Porém, na lista de as 10 pontes mais famosas do mundo, algumas são apenas estruturas turísticas, servindo para garantir ao viajante uma vista diferenciada de lugares incríveis. Viajar pelo mundo e observar paisagens a partir das pontes é garantia de ótimas experiências e recordações para o resto da vida.

Neste post, o Viajar é Vida destaca as 10 pontes mais famosas do mundo, mas há muitas outras ainda a serem destacadas. Por isso, após terminar a leitura, nos ajude a melhorar esta lista.

Reinaugurada, Hercílio Luz é cartão-postal de Florianópolis

Foto: Eder Mauro

Ela ficou 28 anos fechada e tinha, inclusive o risco de cair. Mas houve um esforço coletivo, e a Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, foi reformada e recém-aberta ao público no final de 2019. A festa recebeu milhares de visitantes, moradores e visitantes, que agora querem que o espaço seja mesmo um marco do turismo no Brasil.

Há uma expectativa de consolidar a ponte Hercílio Luz como atração turística que priorize espaços coletivos e humanizados, além de ser uma possibilidade para ajudar a melhorar a mobilidade na capital catarinense. Isso porque a estrutura deverá ser aberta para o transporte coletivo no intuito de desafogar as outras duas pontes que dão acesso à Ilha de Santa Catarina, onde está parte da cidade de Florianópolis. Já a partir da próxima semana, uma linha de ônibus deve fazer o trajeto, como teste.

A reforma da Ponte Hercílio Luz serviu para garantir a manutenção da estrutura corroída pelo tempo e pela ação do mar, mas também para criar um espaço novo para uso de pedestres e ciclistas. São duas passarelas, uma em cada lado da pista. Durante as obras também, em vez de asfalto, o projeto trouxe tabuleiro rodoviário, uma espécie de tela de aço, que é mais leve.

A Ponte Hercílio Luz compõe a paisagem catarinense desde 13 de maio de 1926, quando foi inaugurada. De lá para cá, passou por duas interdições totais. Segundo o Governo do Estado, na época, os materiais disponíveis estavam entre os fatores para que a ponte fosse construída com ferro, mesmo estando na beira do mar. E isso acelerou a deterioração da ponte, associada à falta de manutenção ao longo dos anos.

Rialto tem quase 840 anos e é ícone em Veneza, na Itália

Foto: Ruth Archer

Entre os canais da cidade das águas, a Ponte de Rialto é a estrutura em arco mais antiga e mais famosa sobre o Grande Canal, na cidade italiana de Veneza. Durante anos ela foi a única ligação permanente entre os dois lados do Grande Canal, até abrirem as restantes travessias. 

Em 1181 (já são 839 anos!), uma estrutura de madeira foi a primeira a contribuir com o ir e vir dos moradores de Veneza. Porém, a evolução do mercado de Rialto na margem oriental do canal aumentou o tráfego fluvial consideravelmente perto da ponte que era uma estrutura flutuante, mas já um marco na Itália. Com isso, acabou sendo substituída em 1250 por uma ponte de madeira. Mas acabou sendo pega pelo fogo, reformada, e depois caiu com o peso de milhares de pedestres. Foram alguns perrengues até 1550, quando as autoridades locais resolveram investir na versão de pedra.

A ponte de pedra que hoje existe é formada por um único arco, desenhado por Antonio da Ponte, e construída entre 1588 e 1591, baseado no desenho da anterior ponte de madeira: duas rampas inclinadas cruzam-se num pórtico central. Depois das histórias trágicas, a Ponte de Rialto se manteve como um ícone da arquitetura mundial.

Tower Bridge foi construída sobre o Rio Tâmisa, em Londres, na Inglaterra

Foto: Jessica Crawford

Viajar para Londres é se deparar com este ícone sobre o Rio Tâmisa. Inaugurada em 1894, é um dos pontos turísticos mais visitados da Inglaterra e por isso figura na lista de as 10 pontes mais famosas do mundo.  

Com 125 anos, serviu inicialmente para atender os habitantes da região leste de Londres, já que todas as pontes da cidade se localizavam à oeste da London Bridge. O desafio, obviamente, era manter o fluxo de navios do porto, sem prejudicar o comércio marítimo. Acabou sendo projetada como uma ponte-báscula, a maior e mais sofisticada do mundo naquela época. Funciona por meio de um sistema hidráulico que elevam o piso em 86 graus em cerca de um minuto. Para acompanhar a Tower Bridge aberta, este site local mantém a agenda dos navios e horário de passagem.  

Com quase 3km, Golden Gate liga San Francisco a Sausalito nos Estados Unidos

Foto: David Mark

Apesar de vermelha, a Golden Gate tem como tradução literal “Portão Dourado” e figura não apenas aqui na lista de as 10 pontes mais famosas do mundo, como também entre as 7 maravilhas do mundo moderno.

Está localizada sobre o estreito de Golden Gate, ligando San Francisco a Sausalito, na Califórnia, nos Estados Unidos. Foi construída quando a região ascendeu economicamente após um grande terremoto em 1906. Para conectar San Francisco às cidades vizinhas ao redor da baía de San Francisco, acabou sendo necessário o projeto de estímulo ao crescimento rodoviário.

A assinatura da Golden Gate é do engenheiro alemão Joseph Strauss. Ele não tinha experiência alguma em obras de pontes suspensas, ainda assim, a prefeitura fechou contrato com ele e a obra começou a ser erguida em 1933, sendo finalizada em 1937.

Ela é uma ponte pênsil que tem 2737 metros de comprimento (aqui contam-se os acessos) e e 1966 metros de comprimento suspenso. A distância máxima entre as duas torres é de 1280 metros. As torres içam os cabos a 227 metros acima do nível do mar e eles fazem toda a sustentação da estrutura.

Em Singapura, Helix Bridge imita o formato do DNA

Foto: Pixabay

Este é um exemplo claro de ponte utilizada apenas por pedestres. A Helix Bridge é uma ponte para pedestres que liga o Marina Center à Marina South na área de Marina Bay, em Singapura. Aberta em 2010, está acompanhada por uma ponte para veículos, conhecida como Ponte Bayfront.

São 280 metros de comprimento, com duas estruturas helicoidais delicadas que atuam juntas como uma treliça tubular para resistir às cargas do projeto. Essa abordagem foi inspirada na forma da estrutura de DNA. Os tubos se tocam em uma única posição, sob o convés da ponte. Os dois membros em espiral são mantidos separados por uma série de suportes e hastes leves, bem como anéis mais rígidos que garantem a segurança da  Helix Bridge. A ponte pesa 1700 toneladas.

Cenário de filmes, a Brooklyn Bridge é a queridinha de quem viaja para Nova York

Foto: RGY 23

Cenário de filmes, a Brooklyn Bridge faz parte do imaginário de viajantes dos quatro cantos do planeta. Viajar para Nova York é atravessar a pé a estrutura e fazer milhares de fotos em cada uma das cabeceiras. Tanto em Manhattan quanto no Brooklyn, há dezenas de ângulos para os melhores registros de viagem.

Considerada uma das mais antigas pontes de suspensão dos Estados Unidos, tem 1834 metros de extensão e fica sobre o Rio East. Foi a primeira ponte de aço suspensa do mundo e suas imensas torres de suporte já foram as estruturas mais altas de toda a cidade de Nova York.

A obra foi iniciada em 1869, porém a Brooklyn Bridge ficou pronta apenas 14 anos depois e aberta para o uso em 1883.

Atualmente, cerca de 120 mil carros, 4 mil pedestres e 2.600 ciclistas atravessam a Brooklyn Bridge todos os dias e fazem dela uma das 10 mais famosas pontes do mundo.

Além do trânsito, Sydney Harbour Bridge é palco de escalada na Austrália

Foto: Moliliv

A Sydney Harbour Bridge compõe o visual mais lindo da cidade australiana. A região marítima com toda a infraestrutura de parques, porto, a famosa Ópera House que é um marco da arquitetura é fotografada por 10 de cada 10 turistas que desembarcam em Sydney. E a Sydney Harbour Bridge liga o centro financeiro com a costa norte, que é residencial e comercial.

A ponte foi inaugurada em 10 de março de 1932 e tem 134 metros de altura no ponto mais elevado. Ao todo, são 1149 metros de extensão. Além do fluxo de trânsito, com trem, ônibus, carros, bikes e pedestres, a Sydney Harbour Bridge também é local de esportes radicais.

Desde 1998 é possível escalar a torre (na companhia de profissionais habilitados e especializados nisso, para garantir a segurança deste que já um dos principais atrativos turísticos da cidade). Cerca de 4 milhões de pessoas já realizaram esta façanha. Por tudo isso, a Sydney Harbour Bridge está na lista de as 10 mais famosas pontes do mundo aqui do Viajar é Vida.

Um único pilar sustenta a Langkawi Sky Bridge em Pulau Langkawi na Malásia

Foto: Density 1

Direto da Ásia, do outro lado do mundo, a Langkawi Sky Bridge integra a lista das 10 mais famosas pontes do mundo. Ela tem apenas 125 metros de comprimento, fica na Malásia, e só pode ser utilizada por pedestres. É que a ponte fica no alto do Gunung Mat Chinchang, uma montanha a 700 metros do nível do mar, na cidade de Pulau Langkawi.

Ela foi erguida apenas para incentivo ao turismo e garantir que os viajantes tenham uma vista privilegiada desta região da Malásia. Com um único pilar de sustentação, é mantida por cabos como uma espécie de guindaste. Muitos turistas ficam com medo de encarar a travessia, embora os construtores garantam a segurança da estrutura.

Pont Du Gard fica em Uzès, na França, e é uma das mais antigas do mundo

Foto: Ira Gorelick

Apesar de ser uma ponte, a Pont du Gard jamais teve um veículo fazendo a travessia sobre ela. É que esta estrutura sobre o Rio Gardon, na França, foi levantada provavelmente no século 1 antes de Cristo para levar água entre as cidades de Uzès e Nîmes, no sul francês. Ela faz parte da nossa lista de as 10 pontes mais famosas do mundo, mas também integra a lista de patrimônio histórico da Unesco. Ela chama a atenção pela arquitetura e também pela longevidade.

Tem 49 metros de extensão e integra um aqueduto romano construído em três diferentes níveis. Acredita-se que cerca de mil trabalhadores tenham ajudado a erguer a Pont Du Gard, cuja obra levou 5 anos para ficar pronta.

Atalho para os moradores e cenário mágico para turistas é a Rainbow Bridge, em Taipei, Taiwan

Foto: Fishopen 770

Com 167 metros de comprimento, a Rainbow Bridge conecta Xinming Road à Raohe Street, em Taipei. Apenas 4 cabos de aço mantém a ponte em forma de S suspensa. Pintada em vermelho (o que torna a estrutura ainda mais chamativa), a ponte taiwanesa é pavimentada com azulejos rosa e azul pálido e só pode ser acessada a pé ou de bicicleta.

Além de ponto turístico, a Rainbow foi uma mão na roda dos moradores, que fazem dela um atalho entre Neihu e o Mercado Noturno de Raohe e a Estação Ferroviária de Songshan, economizando drasticamente o tempo de viagem para quem mora nos distritos de Songshan e Neihu.

O governo de Taipei, na Ásia, afirma que se você olhar para cima na curva Rainbow Bridge, poderá imaginar um dragão nadando na superfície do rio. O corpo curvo da ponte e o arco de aço mostram a beleza de camadas irregulares.

E aí, sua lista de pontes bacanas pelo mundo é parecida com a do Viajar é Vida? Conte pra nós que outras pontes você incluiria?


Conteúdos Relacionados


Um comentário

  1. Pingback: Qual é o melhor réveillon do mundo? Viajar é Vida!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*