Os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021

Segurança, liberdade, diversão sem riscos. Os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021 são cidades que respeitam a diversidade e atuam em favor da igualdade entre gêneros, orientação sexual, cor, raça ou credo. São locais que entendem que o mundo é diverso e que apoiar a diversidade é um caminho saudável e mais humano.

As cidades foram citadas pelo blog Viagens Cinematográficas baseadas em eventos em que o casal viajante participou, como o Fórum de Turismo LGBT do Brasil e a Conferência Internacional da Diversidade e Turismo LGBT. E o Viajar é Vida reproduz a lista, trazendo informações também das nossas viagens para estes destinos.

Entre os critérios que pontuam estão direitos civis (que inclui casamento, adoção de filhos e existência de leis anti discriminação para casais do mesmo sexo no país), risco de discriminação (como restringir a entrada de pessoas com HIV ou se as paradas LGBTs são proibidas) e se o país trata a homossexualidade como crime. Passadas estas informações, hora de conhecer os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021.

Os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021
Foto: PublicDomainPictures

Espanha no topo da lista dos destinos mais LGBTQ Friendly em 2021

Barcelona, Madri e até as ilhas baleares como Ibiza. A Espanha é um país aberto, realiza festivais e paradas LGBTQs e desde 2005 aprova o casamento de pessoas do mesmo sexo. Foi o terceiro país do planeta a autorizar, atrás apenas de Holanda e Bélgica.

Vários locais concentram a comunidade. Bares, restaurantes, saunas, atrativos turísticos…. todo mundo está preparado para receber este público sem qualquer objeção. Ao contrário, com respeito e dedicação merecidos.

Barcelona, Madri e tantas outras cidades da Espanha são ideais para o público LGBTQ
Foto: Ana Campillo/Pixabay

Canadá também é um ótimo representante

O exemplo no Canadá vem de cima. O primeiro-ministro Justin Trudeau participa ativamente das Paradas de Orgulho LGBTQ de lá. Porque a equidade de direitos é premissa do país e por isso o Canadá sempre está à frente nas listas de melhores países do mundo.

A diversidade é algo forte em território canadense, seja em qual área. No quesito orientação sexual, o próprio site do governo que apresenta o turismo aponta as alternativas para o público LGBTQ.

Toronto e Montreal realizam paradas famosas, que movimentam as duas cidades. A primeira geralmente é realizada em junho. E a outra em agosto. Logo depois da Espanha, o Canadá legalizou o casamento de pessoas do mesmo sexo em 2005, tornando-se o quarto país do mundo a realizar a façanha.

O Canadá tem muito respeito pela diversidade
Foto: Tomas Buchan/Pixabay

Portugal se posiciona entre os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021

Portugal é um país simpático e também aberto à diversidade. O governo e a cultura local aceitam com tranquilidade e existem inclusive campanhas publicitárias que incluem a realidade de casais homoafetivos sem estigmatizar a imagem apenas de homens sarados, como esta fosse a única realidade no meio.

Em vez de uma parada, existe a Arraial Lisboa Pride que é um grande evento do gênero realizado na capital geralmente em junho. Lisboa é também a cidade mais LGBTQ Friendly de lá. O país legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2010. Foi o oitavo do mundo.

Portugal também se orgulha e respeita as diferentes orientações sexuais
Foto: Steffen Zimmermann/Pixabay

México tem sol, calor e lugares especiais para este tipo de viajantes

Cancun, Guadalajara, Puerto Vallarta. O clima caribenho e a proximidade com os Estados Unidos fazem do México um destino ideal para o público LGBTQ. Anualmente 35 milhões de turistas desembarcam no país, sendo cerca de 6 milhões da comunidade. Para atender a demanda de público o governo investe e incentiva treinamentos para garantir um atendimento dedicado, sem preconceitos.

No México a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexto ocorreu por partes em alguns locais. Desde 2011 em Cancun, desde 2015 em Nayarit e desde 2016 em Puerto Vallarta.

No México, a legalização do casamento homoafetivo seguiu em etapas e o país é destino LGBTQ Friendly certo
Foto: Superjiom/Pixabay

San Francisco e Las Vegas são ótimos destinos nos EUA

Foi em San Francisco que o conceito Gay Power ganhou força, no bairro de Castro, nos anos 1970. É aqui neste bairro que se mantém forte o orgulho LGBTQ. A manifestação pública há cerca de 50 anos sobre igualdade e liberdade fez com que durante todas estas décadas San Francisco atraísse muitos visitantes.

A parada da diversidade ocorre geralmente em junho, mas há eventos durante outros meses também. Na Califórnia o casamento homoafetivo é legalizado desde 2008.

Em Vegas há uma série de atrativos para este público, que desde 2014 tem permissão para casar. A cidade fica no estado de Nevada. Entre as atrações, sempre há um grande show de artistas que representam ou lutam pela causa.

Os Estados Unidos são berço da luta pela igualdade e respeito do público LGBTQ e por isso estão na lista de os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021
Foto: Ben Kerckx/Pixabay            

Os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021: Israel está na lista há alguns anos

Apesar de possuir uma imagem muito mais atrelada à religiosidade, Israel é um forte destino ao público LGBTQ. Elementos como as semelhanças culturais, praia e até o câmbio favorável são importantes para convencer para uma viagem até o Oriente Médio. Em 2017, por exemplo, o crescimento no número de visitantes brasileiros em Israel de 60% em relação ao ano anterior. TelAviv é uma das cidades principais para o público. E é lá que se realiza uma das maiores paradas da diversidade do mundo, na beira da praia. Apesar de não ser permitido o casamento entre pessoas do mesmo sexo, o país reconhece o casamento de estrangeiros.

TelAviv está entre os destinos mais LGBTQ Friendly
Foto: Freeshot

O que achou desta lista de os destinos mais LGBTQ Friendly em 2021 e que promete ser tendência? Muitos dos destinos vêm construindo essa imagem e recebendo apoio governamental e da iniciativa privada que entende que este é um público que consome, gasta mais do que a média tradicional, e está disposta a retornar. Qual destes locais você indicaria ou adoraria conhecer? Deixe nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*