7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo

Sem poder circular ou formar aglomerações, pelo menos é possível matar a vontade de ver como andam as cidades dos vários continentes. O Viajar é Vida destaca 7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo, para uma viagem incrível, mesmo de dentro da sua casa. De Nova York ao Quênia, passando por Santa Catarina e sua belíssima Serra do Rio do Rastro, descobrimos equipamentos disponíveis pela internet.

Nova York tem câmera mostrando a Times Square

A cidade mais cosmopolita do mundo vem reagindo à quarentena. E enquanto ficam em casa, os moradores de Nova York (e todo mundo que ama viajar) ficam de olho nas câmeras ao vivo que mostram o andamento da cidade. Nesta câmera ao vivo, o internauta tem uma imagem da Times Square.

Este trecho da cidade, que é um conglomerado de ruas e esquinas, cujos prédios possuem luminosos publicitários da mais alta definição e tornou-se um cartão posta de Nova York, está sendo mostrado 24 horas por dia. Especificamente nesta câmera, é possível aproximar a imagem e ver a movimentação na bilheteria do TKS (empresa que vende os ingressos para a Broadway). Claro que neste momento o movimento é zero! Mas dá para colocar nos favoritos quando quiser observar os visitantes ávidos por uma entrada para os grandes musicais. E é claro que Nova York não poderia ficar de fora da nossa listinha de 7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo.

Foto: StockSnap/Pixabay

7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo: Fontana Di Trevi

Um dos símbolos de Roma, a Fontana Di Trevi já foi cenário de diferentes filmes, mas sua relação histórica e os vários restauros é o que mais chamam a atenção. Ela é o ponto final do cruzamento de três vias de aquedutos que abasteciam a Roma antiga. No século 19 a.C. foi descoberta uma fonte e esses aquedutos foram criados para levar a água cerca de 22km de distância para abastecer a cidade. E ficou assim durante cerca de 400 anos!

Até que os invasores durante as Guerras Góticas destruíram os aquedutos e colocaram a população em situação calamitosa, sem água potável. O tempo passu e em celebração ao antigo costume romano de erguer uma bela fonte no final de cada aqueduto foi retomado. Este onde está a Fontana Di Trevi foi reavivado no século 15, projetado por Leon Battista Alberti. E esta câmera mostra um dos pontos da Fontana Di Trevi, num dos mais belos cartões postais de Roma.

Foto: Miriam Ramos-Warth

Câmera ao vivo na terceira maior torre do mundo

Durante 32 anos a CN Tower, em Toronto, no Canadá, foi a construção mais alta do mundo. Tem 553 metros de altura, ocupando agora a terceira posição entre as maiores torres do planeta. A CN Tower recebe dois milhões de viajantes todos os anos e é onde estão localizadas as antenas de radiofusão de boa parte das emissoras da cidade.

Do alto de suas centenas de metros é possível, além de ter uma vista panorâmica de Toronto e arredores, aproveitar o restaurante que tem um cardápio maravilhoso com uma vista estonteante. Para entrar, há um ingresso. O visitante sobre de elevador (super rápido, diga-se de passagem) e conhece os dois andares feitos exclusivamente para aproveitar a visão em 360º da região. Em uma parte, um piso de vidro mostra a altura em que se está para fotos bem corajosas. A câmera ao vivo está localizada no alto da torre, de onde se tem a mesma visão de quem a visita pessoalmente. Pode até não ser a mesma emoção, mas que já mata a curiosidade, ah, isso mata!

Foto: Purple Sparrow Art/Pixabay

Tem câmera ao vivo direto de um parque de leões na África

Um dos maiores e mais antigos parques nacionais do Quênia, o Tsavo East tem 13 mil km quadrados localizados em uma região semiárida e que já foi inclusive chamada de Deserto de Taru. O nome é uma referência ao Rio Tsavo que corta a região. O Tsavo East faz fronteira com o o Parque Nacional Chyulu Hills e com a Reserva de Caça Mkomazi na Tanzânia.

Pessoalmente é possível ver um relevo totalmente diferenciado, como o platô de Yatta que tem o maior fluxo de lava do mundo. Ou a Lugard Falls, que é uma série de corredeiras de água branca no Rio Galan. O Tsavo East National Park tem ainda uma das maiores reservas de caça do mundo, fornecendo casas selvagens não desenvolvidas a um grande número de animais. Existem atualmente 675 leões no ecossistema. E se tiver sorte, você consegue ver estes animais na câmera que fica ao vivo 24 horas por dia.

Foto: Murad Swaleh

Diga olé!, você está ao vivo na câmera de Madri

A magia da Espanha com todos os encantos de Madri pode ser conferida nestas câmera on-line direto da Porta do Sol. É por aqui que se encontra desde 1950 o quilômetro zero das estradas espanholas. O edifício mais antigo da Puerta del Sol é a Real Casa de Correios e nele destaca-se o relógio da torre que foi construído e doado no século 19. A Puerta del Sol é um local de encontro, um lugar de passagem entre várias zonas de Madrid. É visita obrigatória para todos os que se deslocam à capital espanhola. Vale a visita tanto pessoal quanto virtualmente. E Madri, claro, não pode ficaria de fora da lista das 7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo.

Foto: Liandra/Pixabay

Basílica do Sagrado Coração de Paris pode ser vista ao vivo 24 horas por dia

A Torre Eiffel é um dos maiores cartões postais do mundo, embora Paris tenha tantos outros atrativos. Por isso, na lista das 7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo, o Viajar é Vida optou por escolher a câmera da Basílica do Sagrado Coração (Sacré Coeur) como o local que merece ser visitado de caso, olhando a tela do computador. Ela fica no ponto mais alto do Bairro Montemartre. Para chegar ao templo é preciso subir algumas escadas ou pegar um carro que o conduza morro acima até a entrada da igreja. A grande cúpula e as paredes de pedra chamam a atenção pela beleza. A basílica também tem horário de visitação presencial, mas, enquanto não é possível aglomerações, vale o tour virtual.

Foto: Peggy und Marco Lachmann-Anke/Pixabay

Representante brasileira, Serra do Rio do Rastro também tem câmera ao vivo

Umas das vias mais encurvadas do mundo, a Serra do Rio do Rastro é um dos cartões postais em meio à natureza de Santa Catarina. A região é a mais fria do Brasil e, no inverno, recebe a neve de braços abertos. O frio, aliás, é a grande companhia do turismo local. Mas, enquanto é necessário fazer uma pausa, vale conferir como anda o tempo e observar o que acontece na câmera ao vivo instalada em um dos mirantes do lugar. A Serra do Rio do Rastro fica nos limites do município de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra.

O que você achou deste post falando sobre as 7 câmeras turísticas ao vivo pelo mundo? Você já visitou algumas delas agora pela internet? Se pudesse escolher um único ponto do mundo para ter uma câmera on-line 24 horas, qual seria? Divida com o Viajar é Vida aqui nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*