6 destinos para um detox digital

Dar uma pausa na rotina, se desligar de tudo e apenas relaxar e curtir momentos com você mesmo. Segundo a consultoria WGSN, viajar sozinho e em busca de autoconhecimento e transformação estão entre as principais trends de turismo nos últimos anos. Para quem quer vivenciar uma oportunidade como esta o Viajar é Vida separou 6 destinos para um detox digital. Mas atenção! Na maioria destes locais a internet existe, há conexão wi-fi e o seu comportamento e decisão de ficar off-line é o que mais conta.

Deixe de lado aquilo que você tem no dia a dia e aproveite cada segundo nos 6 destinos para um detox digital. Não viaje com equipamentos, no máximo o celular, e deixe ele guardado. Se tiver dificuldade em largar totalmente, faça um processo escalonado de algumas horas por dia até se sentir livre do vício de olhar o aparelho. De verdade, vai fazer um bem danado. E você vai até estranhar quando retornar à “civilização”.

6 destinos para um detox digital
Foto: Free-Photos/Pixabay

6 destinos para um detox digital? Quem sabe Cabo Polônio?

Localizado dentro do Parque Nacional do Cabo Polônio, no Uruguai, este povoado tem uma vibe natural e isolada que o torna ideal para relaxar e desintoxicar. Mal há energia elétrica no local. Um dos grandes destaques de viagem são os lobos-marinhos, que atraem os turistas para observação e fotos. Os animais vivem em 3 pequenas ilhas chamadas La Rosa, La Encantada e El Islote.

O Farol de Cabo Polônio, atração principal do local, foi construído em 1881 e diz muito sobre a história deste lugar. Vale destacar que o nome da cidade vem de um navio espanhol que naufragou em 1735. Como é cercada por dunas, para chegar ao local é preciso de carro 4×4 ou cavalos. E há uma população fixa muito pequena, formada principalmente por pescadores, artesãos e funcionários do farol.

Cabo Polônio no Uruguai é praticamente sem contato externo ideal para um detox digital
Foto: Lola Seillet/Pixabay

Fernando de Noronha também é um destino bacana para deixar a internet de lado

Referência em preservação ambiental e da biodiversidade, Fernando de Noronha concentra atrações marítimas. Entre elas, navegar perto de golfinhos ou mergulhar com cilindro junto a corais, tartarugas marinhas e pequenos tubarões. Na Praia do Cachorro é possível mergulhar com snorkel e praticar stad up paddle e na Praia do Boldró fica que famosa vista dos dois pontos principais de Noronha: o Morro do Pico e os Dois Irmãos.

Sim, as paisagens vão deixar você louco para encher o feed do Instagram de novidades. Mas controle-se. Faça aquele esquema de entrar apenas uma horinha por dia. Até você esquecer totalmente do celular, da internet e dos problemas e ansiedade que ficaram em sua casa.

Em Fernando de Noronha há rede, mas se você se programar consegue desligar do mundo digital
Foto: Cassio Diniz/Pixabay

Jalapão é ecoturismo na veia

Para os amantes de ecoturismo, é ideal para quem busca um contato próximo com a natureza e descansar longe da agitação dos centros urbanos. Localizado em Tocantins, uma das principais atrações é o Fervedouro do Ceiça uma piscina natural com águas que chegam na pressão dos lençóis freáticos e permitem às pessoas boiar sem dificuldades.

A cada ano, cresce o número de viajantes do Brasil e do restante do mundo que se aventuram rumo ao Norte do Brasil em busca desse que se tornou um dos principais destinos do ecoturismo do país. No meio dos 34 mil quilômetros quadrados de área com paisagem árida, há uma grande teia de rios, riachos e ribeirões, todos de águas transparentes e potáveis. No período de seca, as atividades se voltam ao ciclismo, trilha, caminhadas…. no período das cheias, as atrações passam a ser na água, como rafting e canoagem. Sempre em contato com a natureza, que dá espetáculo em qualquer canto que você olhe no Jalapão. Longe de tudo, encrustado no mato, o lugar é perfeito para você abrir mão do celular, da telefonia e afins. E por isso o Viajar é Vida colocou o Jalapão nesta lista dos 6 destinos para um detox digital.  

Entre os destinos para um detox digital está o Jalapão
Foto: Vanessa Obrzut/Pixabay

Machu Picchu tem clima mágico ideal para abrir mão do contato externo

Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, a cidade inca construída por pedras a 2.450 metros acima do mar é a principal atração do Peru. O nome da cidade significa Velha Montanha na antiga língua local. A região é o símbolo mais típico do Império Inca, não apenas pela localização, mas também pelas características geológicas. Até hoje é um mistério como tudo aquilo foi erguido.

A descoberta da cidade foi em 1911 e apenas 30% é original, o restante precisou ser reconstruído. Ainda assim, a energia que emana no alto da montanha é inigualável. Daí a importância de você deixar de lado a tecnologia para usufruir cada segundo neste clima mágico. Não à toa, Machu Picchu integra esta lista dos 6 destinos para um detox digital.

Cidade perdida de Machu Picchu traz experiências reais para você evitar o virtual
Foto: Mailan Maik/Pixabay

Pantanal brasileiro também é contato com a natureza em sua integralidade

Uma das maiores planícies inundáveis do planeta, o Pantanal é dividido em Norte e Sul, de acordo com o estado em que está inserido (MS ou MT). Passeie pela Estrada Parque e pelo Parque Estadual Encontro das Águas e observe animais como jacarés, capivaras, ariranhas, aves e, se tiver sorte, a onça-pintada. O destino também oferece passeios como trilhas, observação de aves, passeios de barco e a cavalo e safáris fotográficos – um programa obrigatório.

O tempo passa mais lentamente, mas é neste ritmo que o Pantanal espera por você. Para aproveitar cada momento vendo de perto as espécies, seja da flora ou da fauna.

No Pantanal você se livrará das redes sociais por um período
Foto: Skeeze/Pixabay

Galápagos completa a lista dos 6 destinos para um detox digital

Galápagos é um conjunto de ilhas vulcânicas no Oceano Pacífico abriga diversas espécies de animais. É parte integrante do Equador e entre as atividades estão mergulho com tatarugas-marinhas, arraias e lobos-marinhos. E só um passeio para contemplar a paisagem já se torna um passeio ideal e energizante. A região apresenta uma biodiversidade elevada e é o habitat de uma fauna peculiar. Desde a visita de Charles Darwin, Galápagos é o principal laboratório vivo de biologia do mundo.

Ao todo, são 58 ilhas distantes cerca de 965 quilômetros da costa continental do Equador. Quando esteve por lá, Darwin visitou somente 4 ilhas, primeiramente San Cristóbal, depois Floreana, Isabela e Santiago. Foram 35 dias para observar e estudar o comportamento da vida naquele local.

Galápagos é outro destino para um detox digital
Foto: Simon Matzinger/Pixabay

O que achou destas dicas do Viajar é Vida com os 6 destinos para um detox digital? Você acha que conseguiria encarar algum destes roteiros totalmente aberto a deixar de lado o celular e a internet? Se você é corajosx a este ponto ou se tem alguma outra sugestão de destino perfeito para uma viagem destas, deixe nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*