Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA?

A notícia é fresca e responde à pergunta sobre quando brasileiro vai poder entrar nos EUA novamente, sem a necessidade do período de quarentena em outro país que tem acesso facilitado para entrada em solo norte-americano. Será a partir de novembro de 2021, segundo comunicado do governo do país.

Fechado desde maio de 2020, o país será reaberto com algumas ressalvas. O coordenador de resposta ao coronavírus da Casa Branca, Jeff Zients, afirmou que a comprovação de vacina será pedida aos viajantes antes do embarque, no momento da apresentação do passaporte e do visto à companhia aérea.

A partir de 1º de novembro, todos os brasileiros com visto e completamente vacinados poderão ingressar nos EUA sem a necessidade de fazer quarentena de 15 dias em um terceiro país, como vinha sendo exigido. Apesar da liberação, os Estados Unidos estão enfrentando nova onda de contágio e também mortes por covid.

Mesmo com a vacina, o viajante terá que apresentar um exame PCR realizado no dia anterior à viagem e deverá se submeter a novo exame na chegada ao país. O governo americano não deixou claro se haverá restrição a alguma marca de vacina. Além do Brasil, outros 32 países tiveram restrição de entrada durante a pandemia.

Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA?
Foto: Ronile/Pixabay

Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA? E a lista de outros países onde já é possível viajar

  • Importante: em razão do andamento da pandemia, esta lista pode ser modificada a qualquer tempo! Preste atenção na data de atualização: 21 de setembro de 2021.

Não estão autorizados brasileiros ainda

– Argentina: prevê abertura em 1o de outubro. Para não fazer isolamento após a chegada, os turistas precisarão ter o esquema completo de vacinação, fazer PCR antes da viagem, um teste de antígenos na chegada à Argentina e outro PCR entre 5 e 7 dias após a chegada ao país.

– Alguns países da União Europeia

Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA? As orientações do governo brasileiro

A recomendação do Itamaraty é: antes de viajar para o exterior, consulte os detalhes de cada país, as restrições impostas e as datas de aplicação. As informações podem ser obtidas aqui. Outra dica importante é baixar o Aplicativo Conecte SUS para emitir o certificado de vacinação contra a Covid-19. Além de trazer as informações em idiomas como inglês e espanhol, o App registra data da aplicação das doses, lotes, nome dos fabricantes, e outras informações que são cobradas nos outros países. Para agilizar, você também pode imprimir o certificado antes da viagem.

De uma maneira geral, entenda que as regras podem ser alteradas a qualquer momento, de acordo com o andamento da pandemia em cada lugar do mundo. Por isso, esteja de olho. Confira agora a lista de quais países estão abertos para brasileiros?

Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA? As orientações do governo brasileiro
Foto: David Mark/Pixabay

Leia também

Para onde brasileiros podem viajar

  • África do Sul – PCR negativo e  questionário online
  • Albânia – apenas o uso de máscaras.
  • Alemanha– autorizada entrada para brasileiros vacinados com Astrazeneca, Pfizer e Jansen.
  • Andorra – PCR negativo e quarentena de 14 dias.
  • Armênia – PCR negativo, novo teste na chegada e quarentena de 14 dias por conta do viajante. Vacinados não se aplica.
  • Aruba – PCR negativo, questionário online, seguro saúde para Covid 19 e sujeitos a novo PCR na chegada
  • Bahamas – PCR negativo e questionário. Vacinados autorizados. Não será permitida entrada de quem transitou pelo Haiti
  • Bangladesh – PCR negativo, questionário e quarentena de 14 dias em hotel do governo. Viajantes que passaram por Índia, África do Sul, Botsuana, Mongólia, Namíbia, Nepal, Panamá e Tunísia não poderão entrar.
  • Barbados – PCR negativo, questionário, novo PCR na chegada e quarentena.
  • Belize – PCR negativo e questionário. Hospedagem somente em hotéis do governo. Vacinados estão liberados
  • Bélgica – aberto, mas com restrição de vacinas. Permitidos com Pfizer, AstraZeneca ou Janssen.
  • Bermudas – PCR negativo, quarentena de 14 dias em hotéis do governo, questionário e taxa de US$ 75. Vacinados liberados
  • Bolívia – PCR negativo, questionário e seguro saúde para Covid-19. Sujeitos a quarentena de 10 dias
  • Cabo Verde – PCR ou antígenos negativos
  • Camboja – PCR negativo, seguro saúde para Covid-19 de US$ 50 mil e possibilidade de todos do voo entrarem em quarentena por conta, de 14 dias, caso algum caso seja descoberto. Também depósito de US$ 2 mil para possíveis tratamentos médicos.
  • Canadá – reaberto para brasileiros vacinados desde 7 de setembro de 2021. É necessário apresentar exame PCR negativo e carteira de vacinação com as doses completas.
  • Catar –  PCR negativo, teste na chegada, questionário, e novo teste na chegada.
  • Chile – liberada a entrada de brasileiros completamente vacinados a partir de 1° de outubro.  Todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas. Mesmo vacinados precisam apresentar PCR negativo.
  • Colômbia – Apenas questionário respondido 24 horas antes do embarque
  • Costa do Marfim – PCR negativo e questionário online
  • Costa Rica – Questionário e seguro saúde para Covid-19
  • Croácia – PCR negativo, questionários, acomodação confirmada durante toda a viagem, quarentena de 14 dias que pode ser reduzida caso faça novo exame PCR no 7º dia.
  • Cuba – PCR negativo, questionário e taxa de US$ 30 na chegada
  • Curaçao – PCR negativo, questionário e seguro saúde para Covid-19
  • Egito – PCR negativo ou cartão de vacinação com QR Code e questionário online
  • El Salvador – PCR negativo ou certificado de vacinação
  • Emirados Árabes – PCR negativo, seguro saúde para Covid-19, questionário e novo teste na chegada em Dubai. Vacinados liberados. Viajantes que passaram por Afeganistão, África do Sul, Bangladesh, Congo, Índia, Indonésia, Libéria, Namíbia, Nepal, Paquistão, Serra Leoa, Sri Lanka, Uganda, Vietnã ou Zâmbia nos últimos 14 dias não poderão entrar. 
  • Equador – PCR negativo, questionário ou certificado de vacinação. Brasileiros não vacinados deverão fazer novo PCR na chegada e risco de fazer quarentena.
  • Espanha – autorizada entrada para brasileiros vacinados com todas as vacinas daqui.
  • Etiópia – PCR negativo
  • Finlândia – Liberada entrada apenas para vacinados.
  • França – PCR negativo e certificado de vacinação para Astrazeneca, Pfizer e Jansen.
  • Gabão – PCR negativo, novo PCR na chegada e quarentena de 24 horas em hotel determinado pelo governo. Ou cartão de vacinação
  • Gana – PCR negativo e novo PCR na chegada, além de questionário online
  • Guiana – Autorização prévia de viagem, PCR negativo e questionário. Liberado para vacinados.
  • Guiana Francesa – PCR negativo e questionário. Liberado para vacinados.
  • Honduras – PCR negativo e questionário. Passageiros em trânsito pelo Reino Unido ou África do Sul nos últimos 21 dias não poderão entrar.
  • Ilhas Maurício – mesmo vacinados devem apresentar PCR negativo e fazer outro na chegada. Até setembro deverão ainda ficar em quarentena em hotéis determinados pelo governo. Depois de outubro poderão circular mais livremente.
  • Irlanda – PCR negativo, questionário e quarentena obrigatória de 14 dias por conta do viajante. Vacinados estão liberados.
  • Islândia – PCR negativo, questionário, novo teste na chegada e sujeito à quarentena de 10 dias por conta do viajante. Vacinados estão liberados.
  • Jordânia – PCR negativo, questionário e seguro saúde para Covid-19. Quem passou por Bangladesh, Butão, Nepal, Mianmar, Paquistão ou Sri Lanka não poderá entrar.
  • Líbano – PCR negativo, questionário, novo teste na chegada. Brasileiros vacinados ou recuperados recentes ainda terão que ficar 4 noites em hotéis do governo. Os demais, 14 noites.
  • Maldivas – PCR negativo que deverá ser refeito caso a viagem dure mais de 24 horas, questionário e reserva em hotel para todos os dias em que ficará no país.
  • Marrocos – PCR negativo, sujeito a quarentena exceto para vacinados e questionário online.
  • México – sem exigências, apenas uso de máscaras.
  • Namíbia – PCR negativo, questionário online e seguro viagem para Covid-19
  • Panamá – PCR negativo, questionário e passageiros vindos do Brasil podem ter que fazer novo exame na chegada e até quarentena de 14 dias.
  • Paraguai – PCR negativo e questionário. Brasileiros não vacinados podem ter que fazer quarentena de 5 dias. Viajantes que passaram no Reino Unido nos últimos 21 dias não estão autorizados a entrar.
  • Polinésia Francesa – PCR negativo, questionário, declaração juramentada, novo teste na chegada e quarentena de 10 dias. Vacinados ficam liberados da quarentena.
  • Portugal – PCR feito 72 horas antes ou antígeno negativo feito 48h antes. Vacinados ainda não foram liberados. Previsão é que nova regra saia em 10 de setembro.
  • Quênia – PCR negativo, questionário online e não pode ter estado na Índia até 14 dias antes
  • República Dominicana – PCR negativo e questionário.
  • Saint Martin – PCR negativo e questionário. Vacinados estão liberados. 
  • Senegal – PCR negativo
  • Serra Leoa – PCR negativo e brasileiros sujeitos à quarentena com suas custas, exceto vacinados
  • Sérvia – PCR negativo e sujeitos a novo teste na chegada, além de quarentena de 10 dias.
  • Suíça – Liberado para vacinados.
  • Tailândia – PCR negativo, seguro saúde para Covid-19 de US$ 100 mil; quarentena de 15 dias em hotel do governo, autorização médica de que está apto para voar e questionário.
  • Tanzânia – PCR negativo, novo teste na chegada e questionário online
  • Togo – PCR negativo, questionário e novo PCR na chegada pago antecipadamente. Brasileiros sujeitos à quarentena com suas custas
  • Tunísia – PCR negativo, questionário online, quarentena de 7 dias em hotel do governo. Vacinados ficam livres da quarentena
  • Turks e Caicos  – PCR negativo, autorização prévia de viagem e seguro saúde para Covid-19.
  • Turquia – PCR negativo, questionário, novo teste na chegada e sujeito à quarentena de 14 dias por conta do viajante.
  • Ucrânia – PCR negativo, seguro saúde para Covid-19 e passageiros que passaram pela Índia, Portugal, Rússia ou Reino Unido estão sujeitos à quarentena.
  • Uganda – PCR negativo e brasileiros sujeitos à quarentena
  • Zâmbia – PCR negativo, questionário online, novo PCR na chegada e brasileiros sujeitos à quarentena, exceto vacinados
  • Zimbábue – PCR negativo

Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA?

Quando brasileiro vai poder entrar nos EUA?
Foto: Patrick Blaise/Pixabay

Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*