Quais os principais pratos da culinária árabe?

A culinária sempre marca uma viagem e algumas comidas de diferentes regiões do mundo são amplamente divulgadas e até produzidas pertinho da gente. No Brasil é muito comum vermos comida japonesa, chinesa, mexicana… mais quais os principais pratos da culinária árabe? O Viajar é Vida vai contar alguns dos pratos principais e deixar você com água na boca para querer viajar e experimentar de perto essas delícias em seus países de origem.

Primeiro é importante deixar claro que culinária árabe é aquela produzida do Iraque ao Marrocos passando pelo Egito, Israel, entre outros locais. E ao longo dos anos, ela também sofreu influência das culinárias vizinhas, como da Turquia, Paquistão, Irã e Índia, além dos hábitos alimentares dos berberes e de outros povos e culturas que habitavam estas regiões antes do processo da expansão islâmica. Bora carimbar esse passaporte para conhecer de perto os principais pratos da culinária árabe?

Quais os principais pratos da culinária árabe
Foto: Gert Olesen/Pixabay

Leia também

Quais os principais pratos da culinária árabe? Vamos aos ingredientes tradicionais

Diz a história que originalmente, os árabes da península Arábica baseavam sua alimentação numa dieta de tâmaras, trigo, cevada, arroz e carne, com pouca variedade e uma ênfase em produtos similares ao iogurte, como o labneh. À medida que os povos semitas indígenas da península se expandiram pelo Oriente Médio e pelas regiões vizinhas, seus gostos e ingredientes também se alteraram, além de perceberem outra variedade de alimentos e ingredientes disponíveis.

Hoje, itens como carne de carneiro e de frango fazem muito parte da gastronomia árabe. Também são consumidor outros tipos de aves, além de gado, cabrito e camelo. Nas faixas litorâneas, também é vista a presença de pescado. A carne suína nunca é comida, porque é um tabu religioso, cultural e proibido pela lei islâmica.

Os laticínios também são fazem parte da dieta árabe, principalmente iogurte e queijos brancos. Entre as ervas e especiarias, menta e tomilho são as mais frequentes, usadas na maioria dos pratos. Também é comum o consumo de gergelim, açafrão, açafrão-da-índia, alho, cominho, canela e o sumagre.

No que diz respeito aos grãos, os árabes comem o arroz como alimento base, utilizado na maioria dos pratos. O trigo, o bulgur e a semolina vêm logo depois no cardápio. Já entre os legumes a lentilha é a queridinha, junto com as favas e o grão-de-bico.  Entre os outros vegetais, os mais usados são o pepino, a berinjela, a abobrinha, o quiabo, a cebola além de frutas, especialmente as cítricas.

Ingredientes diversificados fazem parte da culinária árabe
Foto: Nrs_Kitchen/Pixabay

Os molhos estão na lista de quais os principais pratos da culinária árabe

Os molhos são grandes atrativos da gastronomia árabe. E integram a lista de quais os principais pratos da culinária árabe? Por isso, pastas como a de grão-de-bico, também chamada de homus, lideram a preferência e fazem parte do dia a dia dos árabes. Feito com o grão, mais azeite de oliva, água, alho e tahine (que é a pasta do gergelim) ele está em todas as mesas. E outros dois companheiros fieis são a coalhada seca feita com a ricota do leite e iogurte natural temperado; e o babaganouche que é um patê feito com a polpa da berinjela assada e temperada.

Molhos como o homus e o babaganouche estão entre as delícias
Foto: Jeff Velis/Pixabay

Tabule e fatouche já são famosos no Brasil

Com suporta origem na Líbia, o tabule é uma salada feita com alfaces e tomates picados, aromatizados com temperos e ervas, com o acréscimo de trigo demolhado. Saboroso, ganhou o mundo. É bastante popular principalmente no Brasil e na República Dominicana (onde é conhecido como tipili, devido à presença de imigrantes do Mediterrâneo).

Também de origem libanesa, o fatouche é outro tipo de salada muito consumida não apenas na Líbia, mas também na Síria. É produzida com diferentes verduras e legumes, como tomate e rabanete, servidos junto com pão libanês torrado, cortado em cubos ou tiras. A diferença em relação ao tabule é que os ingredientes são cortados em pedaços maiores e o tempero é feito basicamente com sumagre que traz um sabor ácido e suco de limão.

Saladas frescas e saborosas também entre as delícias
Foto: Firas Hassoun/Pixabay

Leia também

Falafel e esfirra também integram a lista de quais os principais pratos da culinária árabe?

Saindo do gênero “salada”, chegamos ao falafel que é um salgado frito originário do Oriente Médio. É elaborado com grão-de-bico ou fava moídos e misturados com condimentos e especiarias, incluindo alho, cebolinha, salsa, coentro e cominho. Muitas vezes, são consumidos em pão pita, com homus, tahine e salada. De tão saboroso, ganhou o mundo e é consumidor em praticamente todos os continentes. O falafel tornou-se popular entre os vegetarianos e veganos como uma alternativa à carne. Embora tradicionalmente considerado como “hambúrguer vegetariano”, o seu uso tem-se expandido à medida que mais e mais pessoas têm adotado uma dieta rica em proteína.

Falafel ganhou o mundo
Foto: Ajale/Pixabay

Ela está tão no nosso dia a dia que a gente pouco lembra da origem, mas a esfirra é sim um prato árabe surgido na Síria e difundido a partir do Líbano. A chegada no Brasil foi nos séculos 19 e 20, trazida pelos imigrantes árabes. A massa originalmente era feita com os mesmos ingredientes do pão, mas com a chegada em outros países, passou por alguma adaptações. O que se mantém desde o surgimento é o fato de poder ser feita aberta ou fechada e com recheios típicos como carne  ou de carneiro, queijo, coalhada ou verduras temperadas. Depois de recheada, é assada no forno.

As esfirras também integram a lista de quais os principais pratos da culinária árabe
Foto: Roberto Justo Kabana/Pixabay

Pratos com carne são comuns, principalmente feitos com carne de carneiro

Já que estamos falando de carne, vale destacar a Kafta que seria para os árabes o que é a almondega para os italianos. A diferença está no formato, feito com carne moída compactada e prensada em um palito. É feita basicamente de carne de carneiro ou boi, embora em países como a Grécia tenham ganhado a versão com carne suína. Junto à carne vão temperos como cebola picada, salsa ou hortelã, cominho e canela moídos, pimenta-da-jamaica, sal e pimenta.

Elas podem ser grelhadas, fritas, assadas no forno e até como parte de um cozido. E depois servidas acompanhadas tzatziki (molho de iogurte com pepino cortado bem fininho e temperos).

Também com a carne como estrela, o quibe cru tem sua origem no Iraque e depois se difundiu para outros países de origem árabe como Líbano, Síria, Israel, Egito e Jordânia. É feito com carne e trigo fino e a palavra “kibbeh” significa bola, o que indica que, no início, era preparado em forma de bolinhos.

No Brasil, a versão é feita também em tabuleiro, podendo ser crua, assada ou frita. A dica dos chefs é manter a carne em baixa temperatura durante toda a elaboração do prato, mantendo o ingrediente com pedras de gelo antes de misturar ao trigo. A carne mais indicada é o patinho bovino, totalmente livre das gordurinhas da carne.

Cru, assado ou frito, o quibe é outra iguaria da culinária árabe
Foto: Renata C. F. Correa/Pixabay

Cereais e grãos são ingredientes comuns em parte dos pratos árabes

Na parte dos cereais, a Mjadra é um dos pratos mais conhecidos. Feito com em lentilhas, arroz e decorado com fatias fritas de cebola e carne, dependendo de qual região árabe era feito. O consumo da carne era por povos mais ricos, sendo que a versão do mais pobres utilizava apenas ou outros ingredientes.

O arroz sírio é outro prato típico e muito popular ainda na Síria. É feito com arroz (claro!), macarrão aletria (aquele cabelinho de anjo) e temperos mais especiarias. O macarrão é quebrado com a mão, dourado na panela com azeite, alho e cebolas. Depois do macarrão bem frito, acrescenta-se o arroz, água quente e sal e espera secar.

Quais os principais pratos da culinária árabe? Mjadra é um deles.
Foto: Nrs_Kitchen/Pixabay

Quais os principais pratos da culinária árabe? Conheça 3 sobremesas

No quesito sobremesas, os árabes também têm muito bom gosto. A exemplo da bureka que é uma rosquinha de origem turca feita com massa folhada assada e pode ter diversos recheios. O consumo também é comum pelos judeus e em algumas regiões da Europa.

Também tem o Irmik Tatlisi que é simples de ser preparado. Feito à base de semolina, ele também leva açúcar, manteiga e água. Você pode servir com nozes ou amendoins. Já o baklava é basicamente uma massa folhada recheada com mix delicioso de castanha de caju, nozes, amendoim e pistache. Serve-se com uma calda de açúcar.

Nem as sobremesas escapam. Elas fazem parte da lista dos principais pratos da culinária árabe
Foto: Baklava7_de/Pixabay

Ficou com água da boca com todas estas delícias? Curtiu  esta lista de quais os principais pratos da culinária árabe? Deixe nos comentários do Viajar é Vida se tiver alguma sugestão.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*