Quais as melhores vinícolas do Brasil

Cada vez mais o brasileiro tem se atentado ao consumo do vinho e o país tem sido um ótimo produtor da bebida. O que pouca gente sabe é que a maioria delas estão abertas à visitação. O Viajar é Vida destaca agora quais as melhores vinícolas do Brasil.

Vale ressaltar que, em todo o país, o maior produtor de uvas é o Rio Grande do Sul, principalmente pela geografia e clima. O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) informa que o Brasil possui cerca de 1.200 vinícolas, com 61% deste total no Rio Grande do Sul e outros 30% se dividem entre Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Pernambuco e Bahia.

Em Santa Catarina, outro forte polo da produção de uvas, a falta de chuva de 2020 contribuiu para a melhor qualidade dos frutos dispensando pulverizações para controle de pragas. A colheita começa agora em janeiro e fevereiro, bom período para visitar os parreirais que produzem as chamadas uvas de mesa que são as variedades mais rústicas e que caracterizam o maior negócio vitivinícola do estado. A principal variedade é a Isabel, seguida da Bordô e da Niágara, que têm a maioria da produção transformada em suco ou vinho de mesa no Meio Oeste, mais precisamente no Alto Vale do Rio do Peixe, a maior região produtora. 

Sabendo dessas possibilidades, vamos à lista de quais as melhores vinícolas do Brasil.

Em diferentes estados há produção de vinho. Veja quais as melhores vinícolas do Brasil
Foto: divulgação

Veja também

Quais as melhores vinícolas do Brasil? Casa Valduga, na Serra Gaúcha

Pelo menos 20 diferentes países estão na lista dos que recebem os vinhos da Casa Valduga, sem contar o mercado nacional. Desde 1875 o primeiro imigrante da família que veio do Norte da Itália cultiva uvas na região que hoje é conhecida como o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul. Já são 140 anos de tradição e a quarta geração da família conduzindo os negócios que transformaram o desejo de estar próximo de sua terra natal numa lucrativa fonte de renda.

Os rótulos são premiadíssimos e destaque para a produção dos espumantes. O processo de maturação é realizado na cave subterrânea de espumantes da vinícola, considerada a maior da América Latina com capacidade para mais de 6 milhões de garrafas. Entre as estrelas do portfólio, dois rótulos são mundialmente reconhecidos: o Brut 130, ícone da marca, e o Maria Valduga, consagrado como a joia do espumante brasileiro.

O Rio Grande do Sul tem a maior produção brasileira de vinho e está na lista de quais as melhores vinícolas do Brasil
Foto: divulgação
O vinho gaúcho está entre os melhores de todo o mundo
Foto: divulgação

Também no Rio Grande do Sul está a Vinícola Aurora

A história da Aurora vem desde 1875, com a chegada de imigrantes do Norte da Itália que se estabeleceram na Serra Gaúcha, cujo clima era muito próximo de sua origem. Mas foi somente em 1931 que 16 famílias que já produziam uvas se uniram em forma de cooperativa para lançar a pedra fundamental do que seria hoje uma das maiores vinícolas do Brasil.

Mais de 1.100 famílias se associaram à cooperativa, sendo a produção orientada por técnicos que diariamente estão em contato com o produtor fornecendo toda a assistência necessária. Eta posição de maior do país foi conquistada há mais de 20 anos, graças ao foco na modernização constante do parque industrial, na alta tecnologia de suas unidades e aos rigorosos padrões de produção. A Vinícola Aurora fica em Bento Gonçalves e recebe diariamente viajantes interessados em conhecer a estrutura e experimentar os ótimos vinhos.

A Aurora é uma cooperativa de vários produtores que a transformaram na maior vinícolas do Brasil
Foto: divulgação
Os produtos da Vinícola Aurora são bastante premiados
Foto: divulgação

Santa Catarina tem diferentes polos com diferentes produções de uva

Em Campo Belo do Sul, no Sul de Santa Catarina, a Fazenda Campo Belo desenvolve vinhos a partir de uvas trazidas de viveiros da Itália e do sul de Minas Gerais (Vitácea Brasil). São uvas certificadas na França e que ocupam uma área de 10 hectares. Os vinhedos se dividem em diferentes tipos de uva, como merlot, malbec, pinot noir, cabernet sauvignon, sauvignon blanc, chardonnay e vermentino. Desde 2006 a vinícola está em funcionamento, aproveitando a privilegiada exposição ao sol, o clima europeu e a altitude necessária para um bom vinho.

E neste espaço criou-se a Vinícola Abreu Garcia, um lugar para aproveitar o melhor dos vinhos de altitude além de aproveitar a paisagem, a gastronomia e o aconchego da estrutura localizada a 950 metros em relação ao nível do mar. São rótulos premiados e de muita qualidade para quem aprecia um bom vinho. No site você pode agendar para fazer a visitação guiada ou mesmo um piquenique com uma vista incrível.

O Sul de Santa Catarina tem empresa na lista de quais as melhores vinícolas do Brasil
Foto: divulgação
Os passeios são muito bem-vindos em vinícolas de todo o país
Foto: divulgação

Conteúdos relacionados

Villa Francioni na lista de quais as melhores vinícolas do Brasil

Também produtor de vinho de altitude a Villa Francioni é uma das mais lindas de São Joaquim, na Serra Catarinense. A ideia do fundador Dilor Freitas era fazer uma vinícola de padrão internacional, por isso viajou o mundo para trazer sugestões e peças dos quatro cantos. Além disso, focou em produzir vinhos de qualidade e hoje a vinícola tem vários rótulos premiados, no Brasil e no Exterior.

É possível visitar as instalações da empresa durante todos os dias do ano. A visita é guiada e realizada em três horários por dia. O passeio dura em média 1 hora e meia e termina com a degustação de alguns vinhos. É uma boa chance de se encantar com a propriedade que está localizada a 1.260 metros em relação ao nível do mar.

Os rótulos da Villa Francioni são muito premiados
Foto: divulgação
Observar o parreiral é uma das atividades ao visitar as melhores vinícolas do Brasil
Foto: divulgação

Vinícola Mazon produz no Sul de Santa Catarina

Em Santa Catarina, mais ao Sul do Estado, há uma região em que é ideal para a produção da uva tipo Goethe. A Vinícola Mazon fica em Urussanga e foifundada pelos irmãos Genésio e Jayme. Eles implantaram os parreirais e o processo de industrialização das uvas, produzindo vinhos de qualidade e serviram de modelo para diversos agricultores que até hoje têm na produção de frutas sua principal atividade econômica. A Mazon foi a primeira vitivinícola de Santa Catarina a produzir uvas e vinhos de uvas viníferas, experimentando as Merlot e Cabernet vindas do Chile e da França.

Aos domingos, o local funciona como um restaurante com a típica comida italiana e, claro, o bom vinho local. Além da degustação dos rótulos, tem menu colonial com antepastos, além de frango ensopado, polenta, morcilha, massas e fortaia. O cardápio é generoso, tal qual nas famílias italianas mais tradicionais.

Em alguns casos, o visitante poderá ajudar a espremer as uvas
Foto: divulgação
Estrutura das melhores vinícolas do Brasil foi feita para receber viajantes
Foto: divulgação

Minas Gerais tem representante na lista de quais as melhores vinícolas do Brasil

A Vinícola Maria Maria é a representante de Boa Esperança, cidade do Sul de Minas Gerais, na lista das melhores vinícolas do Brasil. A família que já atuava na produção cafeeira apostou também no cultivo da uva. Lá havia as condições climáticas ideais para amadurecimento e colheita das uvas durante o outono e o inverno, época também mais seca e com maiores amplitudes térmicas entre os dias e as noites. Essas características climáticas, somadas a princípios de sustentabilidade e respeito socioambientais, proporcionaram um vinho audacioso e singular.

A ideia do nome veio por conta do laço de amizade de Eduardo com o cantor Milton Nascimento em uma de suas frequentes visitas à Fazenda Capetinga durante a plantação do parreiral. Outra curiosidade é que cada vinho leva o nome de uma mulher ligada à família. Na primeira safra, os vinhos se chamaram Agda (syrah 2013), bisavó do proprietário, Ada (branco 2013), tia avó de Eduardo e Anne (rosê 2013), sua cunhada.

Minas Gerais também produz uva e vinho
Foto: divulgação
No Sul de Minas Gerais há condições geográficas e climáticas para colocar o estado entre as melhores vinícolas do Brasil
Foto: divulgação

Produção de vinho em São Paulo fica na Serra da Mantiqueira

A Vinícola Villa Santa Maria está localizada no Vale do Baú, em São Paulo e também tem rótulos premiados. Desde 2021 a empresa produz vinhos. Começou com pequenas quantidades e hoje conta com um parreiral de 85 hectares e 60 mil plantas de 7 variedades de uvas diferentes. Hoje a produção feita na cidade de São Bento do Sapucaí, na Serra da Mantiqueira, é muito visitada. Em parte pela proximidade com Campos do Jordão, destino turístico muito apreciado pelos viajantes. O empreendimento recebe visitantes com reserva, de quinta a domingo. Tem acessibilidade, é ótimo para famílias com crianças e também é pet-friendly.

Em São Paulo, a Serra da Mantiqueira tem o clima adequado para produção de uvas
Foto: divulgação
A visita nas vinícolas leva ao dia a dia do campo
Foto: divulgação

O que achou destas dicas do Viajar é Vida sobre quais as melhores vinícolas do Brasil. Para o seu paladar e conhecimento, que outras vinícolas poderíamos acrescentar nesta lista? Deixe suas sugestões nos comentários.


Conteúdos Relacionados


2 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*