As melhores atrações de Nova York

Uma retomada por cima, com investimentos, vacinação em massa (inclusive aos visitantes) e o retorno à vida normal. Assim está a Big Apple e o Viajar é Vida mostra agora as melhores atrações de Nova York. Se tiver a chance de visitar a cidade, este guia mostra as novidades para viajantes e moradores, além dos atrativos que nunca saem de moda.

As melhores atrações de Nova York
Foto: Jo Wiggijo/Pixabay

Leia também

A mais cara e uma das mais belas estações de metrô do mundo fica em Nova York

A nova estação de metrô do World Trade Center é um marco para a cidade, porque além de celebrar a memória de quem se foi no atentado de 11 de setembro, é também a estação ferroviária mais cara do mundo. Atende a 12 linhas de metrô e o trem PATH e, no meio disso tudo, possui um confortável e bonito shopping center com lojas como Apple Store, Aesop, Kate Spade, John Varvatos e outras. O projeto arquitetônico externo é de autoria de Santiago Calatrava. A estrutura está alinhada com os ângulos solares do Sol a cada 11 de setembro, das 8h46min, quando o primeiro avião bateu, até as 10h28min, quando a segunda torre desabou.  

A mais cara e uma das mais belas estações de metrô do mundo fica em Nova York
Foto: Elias Roviello/Flickr

One World Observatory está entre as melhores atrações de Nova York

Mesmo que o One World Observatory ocupe os andares 100 a 102 do edifício mais alto do hemisfério ocidental, chegar lá em cima leva apenas 1 minuto. É que os tecnológicos elevadores possuem a velocidade necessária e telas de LED do chão ao teto que fazem você ter uma experiência imersiva enquanto sobe. Ao chegar no topo, o vídeo termina e a tela se abre para uma incrível vista de 360 ​​graus do horizonte de Manhattan. Aproveite para conhecer o One Café para pratos casuais, One Mix para pequenos pratos e coquetéis ou o One Dine para uma experiência gastronômica completa. A reserva é obrigatória.

One World Observatory está entre as melhores atrações de Nova York
Foto: Katia Katia/Pixabay

Atração mais recente, o Edge Observation Deck foi inaugurado em 2021

O Edge Observation Deck é outro ponto elevado para uma visão única de Nova York. Foi recém-aberto e já é o maior deck de observação ao ar livre do Hemisfério Ocidental e fica no Hudson Yards. Nele você tem a sensação de estar suspenso no ar, dando a sensação de flutuar no céu com vistas de 360 graus que não existem em nenhum outro lugar. Olhe 100 andares para baixo do arrepiante piso de vidro, incline-se sobre a cidade em paredes de vidro em ângulo e beba champanhe pertinho do céu.

Atração mais recente, o Edge Observation Deck foi inaugurado em 2021
Foto: divulgação

Little Island também é nova atração nova-iorquina

Essa nova atração também recém-inaugurada (para coroar este período de retomada pós-covid) fica flutuando no Rio Hudson, próximo à costa de Chelsea. Chamada de Little Island, o parque tem por trás o bilionário Barry Diller, que está financiando o projeto com a esposa e a estilista Diane von Furstenberg. “O que estava em minha mente era construir algo para o povo de Nova York e para todos os que me visitam – um espaço que à primeira vista era deslumbrante e, ao ser usado, deixava as pessoas felizes”, diz o empreendedor. A obra surgiu em 2013, como forma de reparo e reativação do Pier 54, recentemente danificado pelo furacão Sandy. Diller escolheu reimaginar um tipo inteiramente novo de espaço público para Nova York, que criaria uma experiência imersiva com a natureza e a arte.

Little Island também é nova atração nova-iorquina
Foto: divulgação

Novidade próximo do Rio Hudson é o Vessel Hudson Yards

O Vessel Hudson Yards é mais um recente atrativo desta incrível cidade que não para de inventar moda para sair à frente. A estrutura de 60 toneladas, localizada no elegante destino cultural Hudson Yards, lembra um favo de mel. A instalação foi projetada pelo arquiteto britânico Thomas Heatherwick. Quem visita terá que subir a escada em espiral principal composta por 154 trechos de degraus interligados, somando quase 2.500 degraus individuais e 80 patamares diferentes. A abertura foi em março de 2020 e a dica é ir curtir o final do dia, já que os vários pontos de vista oferecem vistas deslumbrantes do Rio Hudson que ficam ainda mais interessante no pôr-do-sol. Para visitar é necessário reservar um horário e obter os ingressos com antecedência. Todas as manhãs, às 8h, os bilhetes para o mesmo dia estão à sua disposição, se você não conseguir fazer uma reserva com antecedência.

Novidade próximo do Rio Hudson é o Vessel Hudson Yards
Foto: Wikipedia

As tradicionais entre as melhores estações de Nova York

É praticamente impossível imaginar o horizonte de Nova York sem o icônico Empire State Building. Uma famosa peça de arquitetura Art Déco que levou mais de 400 dias para ser concluída e, mesmo não sendo o prédio mais alto da cidade (já foi, até 1931), tem o seu charme tradicional. Aproveite algum tempo no deque de observação com a bela paisagem urbana de Nova York. Mesmo que haja fila (a atração é recomendadíssima), faça este sacrifício. O Empire State está aberto 365 dias por ano.

As tradicionais entre as melhores estações de Nova York
Foto: Free-Photos/Pixabay

Ponte do Brooklyn e Time Out Market recebem moradores e visitantes de todo o planeta

A Ponte do Brooklyn é outro ícone de Nova York. Então, programa-se para passear por ela a pé ou de bicicleta, cruzando de uma ponta a outra e curtindo o que há de bastante interessante nas duas cabeceiras. Como dizem os nova-iorquinos, não é uma mera travessia de rio, é um lembrete elegante da história de inovação arquitetônica de Nova York. Quando foi inaugurada em 1883, a Ponte do Brooklyn foi um feito de engenharia: foi a primeira estrutura a cruzar o East River e, na época, a ponte suspensa mais longa do mundo. Tem que estar na sua programação de viagem.

Aos pés da Ponte do Brooklyn, no bairro de mesmo nome, está o Time Out Market. Ali se concentram restaurantes famosos (e não estamos falando só de chiques ou caros) num mesmo espaço. Dá para falar que é a grande Praça de alimentação Dumbo, onde tem de hambúrguer a frango frito, comida japonesa caseira (feita por japoneses imigrantes) e até sorvetes artesanais. São 2 andares com vista para o East River, a Brooklyn Bridge e o horizonte de Manhattan. A reabertura foi com chave de outro agora na primavera no Hemisfério Norte e tende a ser um arraso neste primeiro verão com cara de normalidade.

Ponte do Brooklyn e Time Out Market recebem moradores e visitantes de todo o planeta
Foto: nextvoyage/Pixabay

The High Line e Chelsea Market completam seu passeio nesta região de Manhattan

Este atrativo totalmente gratuito faz você aproveitar boas horas da cidade apenas observando. O The High Line é um parque elevado de Nova York que se tornou uma das atrações mais populares da cidade. Era uma linha ferroviária que foi usada até 1980. Em 2009, a faixa pouco mais de 2 quilômetros foi transformada em um grande parque com arte de rua, plantas e lugares com comida, bebida e até pontos de descanso para os descolados aproveitarem um pouco mais deste trecho da cidade, próximo ao Rio Hudson.

Na mesma região do The High Line Park está o Chelsea Market. O lugar já foi uma fábrica da National Biscuit Company (Nabisco) e hoje é um grande espaço descolado com diferentes restaurantes, o que inclui verdadeiras delícias das culinárias árabe, japonesa, italiana, e várias outras. Aproveite para visitar as lojinhas de souvenires e presentes.

The High Line e Chelsea Market completam seu passeio nesta região de Manhattan
Foto: divulgação

Museu do Brooklyn e Museu Guggenheim na lista das melhores atrações de Nova York

Se você quer fugir um pouco da movimentação dos museus tradicionais, o Museu do Brooklyn pode ser uma boa pedida. Localizado na orla do extenso Prospect Park, possui uma grande coleção de arte egípcia, bem como a famosa peça feminista The Dinner Party, de Judy Chicago. Obras de mestres impressionistas como Cézanne, Monet e Degas também estão incluídas na coleção, juntamente com exemplos importantes da arte americana antiga, salas de época e muito mais.

Além do acervo, o Museu Solomon R. Guggenheim é bem reconhecido também pelo prédio assinado por Frank Lloyd Wright e restaurado em seu 50º aniversário em 2009. Na coleção, exposições temporárias de arte bem ousadas. O museu possui a coleção de obras cubistas, surrealistas e expressionistas abstratas de Peggy Guggenheim, juntamente com a Coleção Panza di Biumo de arte conceitual e minimalista americana dos anos 1960 e 1970. O  Guggenheim fica na 5ª Avenida, entre as ruas 88 e 89.  

Museu do Brooklyn e Museu Guggenheim na lista das melhores atrações de Nova York
Foto: divulgação

Jardim Botânico e Quens Country Farm Museum mostram o lado rural de Nova York

A cidade dos prédios também é a cidade dos espaços verdes. Por isso, o Jardim Botânico de Nova York é um dos exemplos da cidade cosmopolita. Ocupa uma área de mais de um milhão de metros quadrados no Bronx Park, no borough do Bronx, e alberga um dos maiores acervos laboratoriais de espécimes vegetais. Em 1967, o jardim botânico foi designado como Marco Histórico Nacional. E além dos trechos de vegetação, o jardim cultiva uma lista rotativa de shows que apontam para os espaços verdes mais queridos do mundo.

Já pensou em ter uma experiência de fazenda em plena Nova York? Pois no Queens Country Farm Museum isso é possível. Apesar de não ter um acesso tão facilitado pelo transporte público vale visitar este local considerado um dos mais antigos ainda em operação na cidade (desde 1697!). Aqui você poderá alimentar ou acariciar os animais do celeiro, incluindo ovelhas, pôneis e cabras; poderá pular num monte de feno e até comprar abóbora durante a colheita. Tem até um labirinto formato por pés de milho. Vale a visita.

Jardim Botânico e Quens Country Farm Museum mostram o lado rural de Nova York
Foto: divulgação

É claro que esta lista é muito maior, mas o Viajar é Vida destacou algumas das atividades que super combinam com o verão norte-americano e com o clima de alegria que a cidade está vivendo neste momento de reabertura pós-pandemia. Se você quiser engrossar a lista das melhores atrações de Nova York deixe sua sugestão nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*