As 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina

Hoje o Viajar é Vida irá falar sobre as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina. Entre os Estados brasileiros, SC é conhecido pelo turismo nas mais diversas formas e oferece um leque de opções para os turistas. Mas, o que fazer em Santa Catarina? Para quem quer conhecer mais sobre a cultura alemã, as alternativas são bem grandes! Será que você já conhece alguma delas? Os roteiros trarão passeios repletos de cultura, comida típica e, é claro, muito chope gelado. Confira quais são as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina.  

Blumenau é terra da Oktoberfest e os turistas vivem a tradição alemã o ano inteiro

Em primeiro lugar entre as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina, destacamos Blumenau. Fundada por alemães em 1850 e localizada no Vale do Itajaí encanta os visitantes com opções de turismo o ano inteiro. No Brasil é conhecida como a terra da Oktoberfest, a festa do chope que está entre as mais tradicionais do mundo, ficando apenas atrás da Alemanha. Realizada em outubro, reúne milhares de turistas durante 19 dias de muita festa e alegria.

Mas, para quem não pode vir nessa época, durante todo o ano a Vila Germânica que abriga a Oktoberfest fica aberta para visitação e ainda conta com lojas de souvenires e restaurantes típicos da cultura alemã.

Fotos: Divulgação

Em janeiro o local ainda recebe a Sommerfest, que é uma Oktoberfest de Verão. Vale destacar a arquitetura do local que rende belos cliques. Mas, a cidade ainda conta com outros pontos turísticos e atrações que a reforçam como destaque entre as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina.

O centro de Blumenau conta uma arquitetura histórica, com belas construções que encantam que passa por ali, são cenários intimistas e aconchegantes ao longo de toda a extensão da Rua XV de Novembro. A cidade ainda conta com museus como o da cerveja, que traz muita história e conhecimento para os visitantes. E, é claro, cervejarias. Algumas delas são: Alles Blau, Bierland, Cervejaria Blumenau, Cervejaria Container, Wunder Bier e Cervejaria Oktobier. Os bares da cidade também contam com chope e cerveja gelada. Ótimas opções não faltam!

Viajar a Pomerode é conhecer a cidade mais alemã do Brasil

Considerada a cidade mais alemã do Brasil, Pomerode fica quase ao lado de Blumenau. Com atrações e opções que fazem você se teletransportar para o universo da cultura alemã é destaque entre as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina. Encanta turistas e moradores o ano inteiro com casas em enxaimel e a presença marcante de área verde.

A cultura alemã está presente em cada detalhe, com museus, restaurantes típicos e cervejarias. Durante a estadia é possível conhecer a Rota Enxaimel, o passeio traz uma coleção de casas alemãs preservadas em que turista faz tours panorâmicos de carro e bicicleta por uma rota rural. Para quem quer algo mais tranquilo. Outra alternativa é o passeio de charrete pelo centro de Pomerode. Precursores dos automóveis e conhecidos como carros de mola, fizeram parte da história da colonização da cidade. Outra escolha certeira se você quer fazer turismo em Santa Catarina.

Brusque tornou-se polo têxtil e turístico de Santa Catarina

Brusque não poderia faltar entre as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina. A cidade é sede da Fenarreco, festa típica alemã consagrada no Estado catarinense. Traz entre os atrativos principais um prato que é o queridinho entre os descendentes de alemães do Vale do Itajaí, o famoso “Ente mit Rotkohl”, conhecido como marreco recheado com repolho roxo. Fica a dica, hein! Se viajar até Brusque, não pode deixar de provar.

Tudo isso é claro, acompanhado daquele chope bem geladinho. Assim como a Oktoberfest, a festa conta com brincadeiras tradicionais da cultura alemã, como o chope em metro e serra serrador. Fundada por colonos alemães em 1860, sob o comando do Barão de Schneeburg, Brusque tornou-se uma das pioneiras na indústria catarinense, em especial no ramo têxtil.

Roteiros de aventura levam turistas à charmosa Ibirama

Localizada no Alto Vale do Itajaí, Ibirama traz diversas casas de campo antigas, os moinhos com rodas-d’água e, é claro, os prédios de arquitetura colonial, uma bela herança deixada pela colonização germânica. Quem passa pela cidade, além de conhecer a cultura alemã, ainda pode visitar e aproveitar as riquezas naturais que ali estão. Ibirama conta com rios, cachoeiras, piscinas naturais, grutas e montanhas. A cidade também é famosa pela aventura com o rafting trazendo mais opções sobre o que fazer em Santa Catarina.

Joinville mantém acervo especializado em alemão para turistas e moradores

Outra cidade entre as 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina é Joinville, no norte do Estado. Com forte descendência alemã, mantém viva a cultura local com a Casa da Memória. O local abriga um acervo com mais de três mil livros em alemão. É aberto ao público para pesquisa e/ou empréstimo. Os materiais disponíveis são doações feitas pela equipe da Sociedade Cultural Alemã.

A cidade ainda conta com a Bierville, festa inspirada na boa cerveja e na cultura germânica. Oferece ao público diversos rótulos de cerveja artesanal, na última edição em 2019 foram mais de 120 opções.  Outras várias atrações da cidade o Viajar é Vida apresentou aqui.

Produtos coloniais são atrativos turísticos em São Martinho

A pequena cidade de São Martinho fica localizada no Sul de Santa Catarina. Há 130 quilômetros de Florianópolis, foi colonizada por imigrantes alemães vindos da Westfália, região noroeste da Alemanha. Em outubro o destaque é a Festa do Produto Colonial, que busca preservar e cultivar a tradição alemã promovendo a integração entre todas as comunidades e, principalmente, a divulgação do município e dos produtos coloniais dos agricultores.

Itapiranga recebe visitantes que se encantam com a cultura alemã

Na divisa com o estado do Rio Grande do Sul e com a República Argentina, Itapiranga é localizada no Extremo Oeste de Santa Catarina. Com forte cultura alemã, todo primeiro sábado de cada mês traz o Dia D Deutschland. O evento oferece gastronomia típica nos restaurantes e padarias, promoções especiais no comércio, atividades recreativas e culturais na praça da figueira com venda de artesanato e exposições temáticas. A cidade, em outubro, também realiza uma Oktoberfest, considerada a mais antiga do país e, claro, integra a lista “As 7 cidades mais alemãs de Santa Catarina”.

Um comentário

  1. Pingback: 10 destinos pouco conhecidos para viajar no Carnaval Viajar é Vida!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*