10 maiores faróis do mundo

Os faróis são torres altas e com foco luminoso que contribuem na navegação. Ele indica às embarcações a proximidade de locais perigosos, da costa ou de um porto, por exemplo. E por servir de referência não apenas para quem está no mar, mas também por aqueles que adoram um cenário em que os faróis fazem parte, o Viajar é Vida separou os 10 maiores faróis do mundo.

Farol de Jidá orienta navios na Arábia Saudita

Feito de concreto e aço, o Farol de Jidá está localizado na Arábia Saudita, na cidade de Jidá. Na lista de maiores do mundo, ele serve de orientação aos navios. E além de contribuir com a navegação no porto local, ele é também um reconhecido ponto turístico. Não à toa está listado no TripAdvisor.  Os viajantes já enxergam o monumento do mercado de peixe. A vista do farol é mais bonita ainda durante a noite. Foi erguido em aço e concreto e tem 133 metros de altura.

Foto: divulgação

Perry Memorial entre os 10 maiores faróis do mundo

O Perry Memorial Monument, erguido em granito, é mais do que um farol, é um marco pela paz que celebra o fim da guerra de 1812, em Ohio, nos Estados Unidos. O memorial celebra a paz duradoura entre a Grã-Bretanha, o Canadá e os Estados Unidos que sucedeu a batalha. O monumento tem 107 metros de altura e é considerada a coluna mais maciça do mundo. A construção foi de 1912 a 1915. É possível visitar parte do seu interior, pagando um ingresso para a entrada.

Foto: divulgação

Japão tem o seu representante na lista dos 10 maiores faróis do mundo

Na segunda maior cidade do Japão fica a torre de treliça e aço chamada de Torre Marítima de Yokohama. O farol tem 106 metros de altura, e foi construído para a celebração do centenário da cidade, em 1959. A inauguração, no entanto, foi apenas em 1961. A orientação às embarcações durou até 2008, quando o espaço foi transformado em ponto turístico. A estrutura possui restaurantes, lojas, observatório. Os andares de observação estão divididos no 29º e 39º, deles se pode observar toda a região de Yokohama num panorama de 360 graus e 100 metros de altura. O meio mais rápido para subir e descer é o elevador, embora tenha quem tente subir os mais de 330 degraus.

Foto: Aunt Masako/Pixabay

Sem função de orientação, este farol da Argentina serve como marco do bicentenário

Em Córdoba, na Argentina, o Farol do Bicentenário efeito em concreto e tem 102 metros de altura. Ele se assemelha a um farol, mas está localizado no Parque Sarmiento. É uma obra feita no estilo do expressionismo estrutural, com uma estrutura em hélice parcial de 80 metros de altura que faz uma torção de noventa graus. No topo desta torre de concreto armado está uma antena que eleva a altura total deste monumento a 102 metros. À noite, a torre é iluminada.

Foto: G. Viramonte

Lanterna de Gênova é o maior farol da Itália

Feito de pedra, a Lanterna de Gênova é considerada a mais alta torre de orientação da Itália e do Mediterrâneo. Com o tempo o farol tornou-se o símbolo da cidade e é uma das mais antigas estruturas do gênero ainda em atividade. Tem 77 metros de altura, foi todo feito em pedra e o alcance da sua luz chega  a 46 quilômetros. A Lanterna de Gênova fica na colina de San Benigno e pode ser chamado ainda de capa de San Benigno, já que na região havia um convento. E ele integra nossa lista de os 10 maiores faróis do mundo.

Itália tem dois faróis representantes nesta lista
Foto: Mirko Bozzato/Pixabay

Primeiro representante do Brasil fica em Fortaleza

Também integrante da lista de 10 maiores faróis do mundo, este fica em Fortaleza, no Ceará. O Farol do Mucuripe foi feito em concreto e é o maior das Américas e, consequentemente, o maior do Brasil. Foi inaugurado em 1846 depois de 6 anos de trabalho escravo para a construção. É uma das mais antigas edificações de Fortaleza e já serviu para abrigar o museu da cidade. Enquanto farol, foi desativado em 1957. Fica próximo ao cais do porto na capital cearense. A obra é tombada pelo patrimônio histórico e está desabitada, servindo apenas para visitação externa.

Foto: divulgação

Itália tem mais um representante na lista de 10 maiores faróis do mundo

Localizado na Itália, o Farol de Punta Penna é uma obra feita em concreto, na região de Vasto. Tem 70 metros e é considerado é o oitavo “farol tradicional” mais alto do mundo e o segundo farol mais alto da Itália, depois da Lanterna de Gênova que também está nesta lista de 10 maiores faróis do mundo. Fica  localizado em local estrategicamente importante na Via Madonna della Penna, no porto de Vasto. A inauguração foi em 1906, e precisou ser repetidamente reconstruído. Como em 1944, quando o exército alemão em retirada destruiu parte do antigo farol e ele precisou ser demolido. Uma escada em espiral de 307 degraus leva ao topo do lugar.

Foto: divulgação

Farol da Polônia precisou ser reconstruído

Este farol, cujo nome mais parece um trava-línguas, é considerado o mais alto da Polônia. O Świnoujście Farol tem 65 metros  e fica na margem leste do Rio Świna. Feito de tijolo, a primeira obra foi em 1828, quando a cidade fazia parte da Alemanha. Entre 1902 e 1903 a torre foi restaurada e novamente mais tarde, depois de danificada durante a Segunda Guerra Mundial, precisou ser reconstruída. Isso já era 1959, 14 anos depois de ter sido prejudicada. Agora, desde o ano 2000, está aberto ao público como um museu.

Este na Polônia está na lista dos 10 maiores faróis do mundo
Foto: divulgação

Em Santa Catarina tem um farol belíssimo

Com paredes de 2 metros de espessura, o Farol de Santa Marta fica no Cabo de Santa Marta, no município de Laguna em Santa Catarina. É uma torre quadrada, em pedra, que possui lanterna e galeria. O farol em si, sobe em meio a um grupo de casas térreas de faroleiros e outros edifícios. Além de ser localizado no ponto mais oriental da região, desde o século 19 o farol serviu para guiar as embarcações para longe da famosa Pedra do Campo Bom. Apesar disso, alguns naufrágios acabaram sendo registrados. De beleza natural única, O Farol de Santa Marta recebe muitos visitantes, em busca de belas fotos e contato com a natureza. Além do Farol e a Capela localizada logo ao lado chama a atenção. E na região, próximo à Prainha, existem enormes sambaquis que são sítios arqueológicos onde as populações pré-históricas usavam como depósito de resíduos.

Santa CAtarina tem o Farol de Santa Marta, em Laguna
Foto: Joel Colman

Apesar de não convencional, Estátua da Liberdade também tem função de farol

Apesar de não ter a aparência de um farol convencional, a Estátua da Liberdade em Nova York tem função similar: orientar as embarcações e servir de símbolo de boas-vindas aos imigrantes que chegam do exterior. Por isso está nesta lista de 10 maiores faróis do mundo. Ela foi administrada pelo Conselho de Faróis dos Estados Unidos até 1901 e, em seguida, pelo Departamento de Guerra; desde 1933 tem sido mantida pelo Serviço Nacional de Parques. O acesso do público ao terraço que cerca a tocha está fechado por razões de segurança desde 1916.

Estátua da Liberdade também é um dos faróis
Foto: Free Photos

O Viajar é Vida aposta que você não conhecia boa parte destes faróis. Qual chamou mais sua atenção? Deixe sua opinião nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*