7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália

Para aqueles que sonham com uma viagem para a Itália, mas têm crianças, o Viajar é Vida lista hoje 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália. Não se tratam de lugares específicos para os pequenos turistas e, sim, de pontos turísticos ou cidades que são imperdíveis para um viajante e que não são entediantes para uma criança. Afinal, a Itália tem os pontos turísticos favoritos dos brasileiros, sendo que grande parte está ligada à arte e à história e podem ser pouco atraentes para quem ainda não as conhece. Então, anote estes 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália e carimbe o passaporte da família toda.

Tarde de descanso nos Jardins da Villa Borghese, em Roma

            Muito famosa pelos turistas e presente na lista de todo viajante que se propõe a conhecer Roma por completo, a Galleria Borghese é um museu com esculturas e pinturas de Bernini, Caravaggio, Leonardo da Vinci, Raffaello, Rubens, Ticiano e outros. Está instalado na Villa Borghese Pinciana, um palácio construído no início do século 17. Se você fez esse tour, ou foi conhecer outra parte histórica da cidade de Rômulo, inclua na lista de 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália os Jardins da Villa Borghese na parte vespertina do seu roteiro. É o segundo maior do país e possui um conjunto paisagístico de tirar o fôlego, parque infantil e muito espaço para as crianças se sentirem livres. Deixe o destino ainda mais perfeito tomando um gelato enquanto aprecia o sol se pondo em frente à Piazza del Popolo, uma das famosas praças romanas.

Noite encantada na Piazza Navona, também em Roma

            Roma é a cidade das praças. Em cada esquina você encontra uma cheia de história e lendas que te fazem parar a viagem para apreciar e aprender um pouco mais. Dentre as mais famosas e bonitas, está a Piazza Navona. No ano de 86 d.C, o local era conhecido como estádio de Domiciano, onde os romanos assistiam aos jogos atléticos gregos. Também é um acervo a céu aberto de obras barrocas, como a Fontana del Moro, a Fontana del Nettuno e a mais célebre, construída por Bernini, a Fontana dei Quattro Fiumi (Fontada dos Quatro Rios). É na Piazza Navona que fica o Palazzo Pamphilli, sede da embaixada brasileira na Itália desde 1920.

Portanto, é um local cheio de história para os adultos e com muito espaço para as brincadeiras de crianças. E, se a sua viagem for durante as férias de dezembro, este destino fica ainda mais especial por conta do Natal, já que além das luzes, é instalado um grande carrossel no centro da praça e o cheiro de castanhas quentinhas toma conta do ambiente, chamando a atenção da criançada. Você pode aproveitar para jantar em um dos inúmeros restaurantes localizados ao redor da praça, com cardápios bem italianos e preços acessíveis.

Gênova tem opções ao ar livre e também com muito conhecimento

            Quem vai a Gênova tem muitas opções, seja Verão ou Inverno, e por isso é um dos 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália. No calor, além das atrações pagas, você viaja e pode pegar uma praia, além de estar próximo de outro paraíso, Cinque Terre. Já no frio, você pode aproveitar para caminhar admirando o mar saindo do Bairro de Boccadasse até chegar no Jardim Gilberto Govi, onde há parque infantil, quadra de futebol e pista para patinar ou andar de skate e bicicleta. Ou, você pode aproveitar para conhecer espécies marinhas daquela e de outras regiões no Aquário de Gênova, um dos maiores do mundo, com 27 mil metros quadrados e cerca de 12 mil animais. Prepare-se para entreter a criançada de duas a três horas. Existem alguns formatos diferenciados para explorar o local, sendo assim, o ingresso mais barato parte de 18 euros. Para crianças até três anos, a entrada é gratuita.

Desfrute de um piquenique em Pisa

            Construída entre os séculos 12 e 14 e declarada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1987, a Torre de Pisa é uma das atrações turísticas mais visitadas no mundo e por isso tem que estar no seu roteiro de viagem caso seu destino seja a Itália. Mesmo assim, o acesso é tranquilo e os seus arredores também. O local inspira tanta tranquilidade, que pode ser ideal para um piquenique, entrando para a lista de 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália. Mas atenção: é proibido passar pela maior parte do gramado, principalmente os que você avista logo na chegada, então, escolha um espaço mais na parte de trás da torre, onde é permitido.

Deixe os pequenos curtirem a liberdade em Lucca

Lucca poderia ser uma cidade apenas de passagem, já que não tem muitas atrações quanto outras cidades italianas. Porém, por estar localizada na bela Toscana, ela possui atrações renascentistas que formam uma pintura viva nas vias super arborizadas, o que encanta qualquer viajante e certamente a colocam na lista de um dos 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália. O Centro Histórico é circundado por belos muros e o acesso mais comum é pela Porta San Pietro, mas você também pode adentrar pelos túneis existentes ao longo da muralha.

Se você está com crianças, provavelmente está fazendo o deslocamento de carro, então preste atenção no início da Zona de Tráfego Limitado (ZTL) para evitar uma multa no Velho Continente. Essa limitação é ótima para você curtir um dia delicioso com os pequenos por Lucca, que ficam fascinados criando histórias a cada construção antiga e podem andar livremente pelas ruas.

Sinta-se em uma cidade cenográfica em San Gimignano

            Localizada em uma colina da Toscana, San Gimignano tornou-se para obrigatória para o turista que vai conhecer os belos campos dessa região ou que deseja se deliciar com um dos vinhos mais diferenciados do mundo, o Chianti. É tipo uma cidade cenográfica, já que suas atrações turísticas estão rodeadas por muralhas do século 13, tudo erguido com o mesmo tipo de pedra. O ponto central é a Piazza dela Cisterna e pelas ruelas você encontra muitas lojas de souvenires, de produtos típicos da região e restaurantes aconchegantes. Como não há circulação de carros, é um dos 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália, já que os papais podem aproveitar o dia em um dos lugares mais belos da Itália com as crianças brincando livremente.

Desbrave as invenções de Leonardo Da Vinci, em Florença

            Florença abriga muitas obras de arte e arquitetura renascentistas, mas para quem está com criança, estes podem ser passeios que comprometem a alegria da família. Mas como viajar a Florença é praticamente uma obrigação ao turistas que viaja para a Itália, nossa dica é o Museu Leonardo Da Vinci. Durante a caminhada até o local, os adultos podem fazer um roteiro que inclua passagem pela Santa Maria del Fiore e Duomo, por exemplo.

Chegando lá, deixe seu lado curioso aflorar e encante-se junto com os pequenos com as invenções do gênio do Renascimento. Além de contar a história de Da Vinci, o museu permite que você interaja com algumas réplicas das invenções e até tente montá-las, sendo perfeito para estar na lista dos 7 lugares para visitar com filho pequeno na Itália. Também é possível assistir a um vídeo que mostra onde estão as maiores obras de Leonardo e a outro que fala dos seus estudos na área de anatomia humana. E o melhor: tudo isso por 7 euros por adulto, crianças menores de 7 anos entram gratuitamente.

No mais, seguem três dicas bônus para quem quer viajar com filho pequeno para a Itália:

1) leve carrinho, não importa se seu filho não é mais bebê, o item é indispensável e pode ajudar para aquela soneca que ajuda os papais a descansarem;

2) prepare uma bolsa com mantimentos que o seu filho está acostumado, eles podem estranhar temperos e isso também ajuda que os papais experimentem pratos de rua não tão apreciados e indicados para crianças;

3) faça download de desenhos que seu filho gosta para que ele possa assistir off-line e os papais possam curtir, sem culpa, as belezas e delícias da Itália.

E aí, você já esteve na Itália com filhos pequenos? Conte para nós como fez para entreter as crianças e curtir tudo que esse país tem a oferecer.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*