Por que visitar Anguilla no Caribe?

O arquipélago de Anguilla, no mar do Caribe, não tem casos registrados de Covid-19 e está aberta a visitantes. Mas há regras para realizar esta visita. A notícia é interessante e o Viajar é Vida aponta por que visitar Anguilla no Caribe com as dicas do que ver, fazer e conhecer por lá.

O território britânico compreende a ilha de Anguilla e algumas ilhas menores próximas. Faz fronteira marítima com a ilha de São Martinho (dividida em uma parte neerlandesa, Sint Maarten, e uma parte francesa, Saint-Martin). A oeste os vizinhos mais próximos são as Ilhas Virgens Britânicas. A capital de Anguilla é The Valley e o Estado é chefiado pela monarca do Reino Unido, Isabel II, designada pela própria rainha.

O mar azul turquesa é um dos chamarizes de Anguilla no Caribe
Foto: Lapping/Pixabay

Arquipélago está reaberto aos visitantes, mas com vários critérios

A reabertura aos visitantes começou em 1º de novembro de 2020 e está com critérios para aceitação dos viajantes. Há um forte estímulo ao turismo, embora com regras para evitar o contágio no território. Cada candidato deverá preencher um endereço residencial e as datas de viagem desejadas e deverá apresentar um teste PCR negativo feito de 3 a 5 dias antes da chegada, juntamente com o comprovante de seguro de saúde que cobriria despesas médicas relacionadas ao tratamento de Covid-19.

Outra questão: visitantes de países considerados de baixo risco terão preferência no aceite. Ainda assim, outro teste PCR será administrado na chegada e um segundo teste será dado no dia 10 ou 14.

Com entrada permitida, o Viajar é Vida aponta por que visitar Anguilla no Caribe.
Foto: Sabrina Fabri/Pixabay

Além das regras, há taxas. Mas vale para poder ver de perto “por que visitar Anguilla no Caribe?”

Nesta fase de agora, os hotéis e resorts estão mantendo precauções para garantir acomodações certificadas para os visitantes. Os meios de hospedagem que estiverem registrados e aprovados serão listados no portal de turismo, incluindo as vilas que são comuns pela Anguilla e ideais para distanciamento social.

Embora nenhuma estadia de duração mínima seja exigida, a ilha introduziu uma estrutura de taxas de inscrição para os viajantes dependendo da duração de sua visita. Os preços começam em US$ 300 para viajantes individuais com estadia de cinco dias ou menos. Os casais, por outro lado, deverão pagar US$ 500, enquanto as famílias terão que desembolsar US$ 300 para o viajante principal e US$ 250 para cada membro adicional da família.

Também há taxas para visitantes que ficam até três meses (começando em US$ 400 por pessoa para viajantes individuais) e aqueles que ficam de três meses a um ano (começando em US$ 2.000 por pessoa para indivíduos). Estes valores estão sendo cobrados para cobrir os custos dos testes para o coronavírus. O arquipélago está sem registro de casos e apenas 3 foram registrados desde o começo da pandemia.

Os cenários são indescritíveis neste arquipélago que fica no mar do Caribe
Foto: ziggybobolo/Pixabay

Por que visitar Anguilla no Caribe? Por inúmeras razões!

O mar azul turquesa de um tom impressionante e a areia branca que mais parece açúcar refinado são cenários comuns por aqui. Mas por que visitar Anguilla no Caribe? Para aproveitar a gastronomia local, à base de peixes ou frutos do mar fresquinhos e feitos cozidos no vapor conforme manda a tradição. Se for escolher uma sobremesa, saiba que o sorvete de Cracked Coconut (coco rachado) é um dos mais pedidos e faz sucesso entre moradores e viajantes. A bebida preferida na ilha é o rum, mas também há algumas cervejas.

Se você for amante dos esportes, vale velejar pelas águas tranquilas das praias locais. Este é o esporte nacional da ilha. Corajosos de plantão saltarão nas pedras de Little Bay. Também como aventura, mas mais amena, está o passeio de quadriciclo pela ilha ou um passeio de cavalo pela praia com a ajuda de guias locais.

Entre as atividades históricas, está a visita ao centro histórico e suas casas muito antigas. O viajante também poderá ver a lagoa de sal e visitar o Museu do Patrimônio Histórico. Por lá também vale a visita ao memorial de James Ronald Webster, o nome forte na independência de Anguilla e que também foi ministro-chefe do território. Outra coisa bacana é conhecer as igrejas. O nativo da Anguilla é muito religioso e vê nos templos um importante refúgio.

Sabe quem é famoso por aqui?  O cantor de reggae Bankie Banx. Ele vive em Dune Preserve e pode ser visto com frequência circulando pela vizinhança. Quem sabe você encontra com ele em um bar e até joga uma partida de dominó, outra atividade que os nativos fazem muito.

A parte histórica é muito interessante em Anguilla no Caribe
Foto: Valter Cirillo/Pixabay

Como chegar ao arquipélago

Para chegar até Anguilla o viajante tem algumas opções. Pelo ar, até o Aeroporto Internacional Clayton J. Lloyd que recebe aeronaves de médio ou pequeno portes. Existem voos que operam para vários destinos do Caribe através da LIAT. Não há voos direto dos Estados Unidos. É preciso fazer escala em ilhas maiores do Caribe.

Ao chegar lá, fique atento porque não há serviço de transporte público na ilha. Apenas táxis que utilizam o sistema inglês de trânsito, ou seja, circulam pela esquerda. A melhor dica é alugar um carro. A diária gira em torno de US$ 35.

Outra alternativa de chegar lá é via marítima, partindo de Sint Maarten para Anguilla. Há cerca de vinte minutos de travessia de Marigot, St. Martin a Blowing Point, Anguilla. As balsas começam às 7h. Há também um serviço de fretamento de Blowing Point ao Aeroporto Princesa Juliana que fica na ilha vizinha. Este meio de viagem é o método mais comum de transporte entre Anguilla e Sint Maarten.

Praias azuis e areias bem claras praticamente respondem à pergunta: Por que visitar Anguilla no Caribe
Foto: jaegeranna1/Pixabay

O Viajar é Vida conseguiu responder a você por que visitar Anguilla no Caribe? Se você se convenceu e vai programar sua viagem, não se esqueça de contar como foi a experiência nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*