O que fazer no Equador

O país foi batizado com o mesmo nome da linha imaginária que é um marco geográfico mundial. E em seu território há muito o que ser visitado. O Viajar é Vida mostra agora o que fazer no Equador, país que tem paisagem de floresta amazônica, montanhas andinas e até as famosas e incríveis Ilhas Galápagos. História, cultura, gastronomia e diversos sabores, aventura, tranquilidade… prepare-se para esta viagem ao país da América do Sul que está na lista dos mais baratos para se conhecer.

Neste período de quarentena, para entrar no Equador será necessário apresentar teste PCR-RT negativo, realizado até 10 dias antes da entrada no país. Galápagos tem regra própria: para este destino o teste deve ser realizado até 4 dias antes da entrada.

Caso não tenha levado o documento, o turista fará na chegada ao país e deverá ficar em isolamento até que os resultados estejam disponíveis.

Quito está localizada cerca de 2.850 metros de altitude e está na lista sobre o que fazer no Equador
Foto: divulgação

Veja também

O que fazer no Equador: começar visitando a capital Quito

A capital do Equador é Quito e ela fica a 2.850 metros de altitude e muito reconhecida por manter seu centro colonial espanhol praticamente intacto com palácios e templos religiosos datados dos séculos 16 e 17, período da chegada dos colonizadores. O Centro Histórico de Quito é considerado o maior de todas as Américas e o primeiro a ser considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Entre os monumentos históricos está a Igreja da Companhia de Jesus, que começou a ser construída em 1605, mas só foi entregue mais de um século depois. Estima-se que os ornamentos das paredes tenham sido feitos com 7 toneladas de ouro.

Outro atrativo é o teleférico que leva ao topo do Morro Cruz Loma. Somando a altitude da cidade, o passeio que dura cerca de 20 minutos até o alto deixa o viajante a 4.050 metros de altitude. Além da cidade inteira, dá para ver os vulcões localizados bem perto da capital. O equipamento turístico funciona todos os dias, entre 8h e 18h3min. O ingresso custa US$ 8,50.

As cidades equatorianas carregam história e cultura
Foto: divulgação

Mais atrativos de Quito

Fica em Quito a Cidade da Metade do Mundo, um marco divisório que representa o exato local onde o planeta terra se dividiria. No local existe um monumento, com uma linha simulando dividir os dois hemisférios, além de lojinhas de souvenires. Aqui é ponto da latitude 0 0′ 0” é o que torna esta cidade um lugar ainda mais especial. Diz a história local que no século 18, uma missão geodésica da França trabalhou durante 8 anos para definir onde cruza a linha do Equador e, em 1836, o monumento foi construído neste lugar.

Nos arredores de Quito estão vários vulcões e um deles é o Cotopaxi, considerado o segundo maior do mundo e um dos vulcões ativos mais alto do planeta. São 5.900 metros acima do nível do mar com cume nevado. Ele fica cerca de 90 quilômetros de distância da cidade.

Outro vulcão famoso e onde é possível chegar até o cume em 3.900 metros de altitude é o Quilotoa. Na caldeira existe um lago com uma água que chama atenção pela cor que mescla tons de azuis e verdes. A distância de Quito é de cerca de 180 quilômetros. É possível visitar ambos os vulcões no mesmo dia.

Os vulcões estão entre as coisas para se fazer no Equador
Foto: divulgação

Gastronomia equatoriana mostra aos viajantes o sabor do Equador

A gastronomia equatoriana é outro fator que responde à pergunta: o que fazer no Equador. Porque comer é um dos grandes atrativos de viagem de qualquer lugar. Entre as delícias está o Encebollado, que leva albacora, mandioca, cebola, coentro e condimentos. Esta sopa surgiu no século 18 em meio a estaleiros, portos e companhias marítimas. As mulheres preparavam essa sopa nos portos para acalmar a fome dos trabalhadores.

Sabe outra iguaria gastronômica do Equador? O chocolate! O país é conhecido por seu chocolate de origem única. A produção de cacau tem se fortalecido graças às práticas sustentáveis ​​dos setores locais. Por muitos anos, o Equador foi reconhecido como o maior produtor de Cacau de Aroma Fino e por mais de 500 anos forneceu ao mundo um cacau especial com perfis aromáticos florais que os historiadores chamaram de Cacau Arriba. Atualmente, responde por mais de 60% de toda a produção mundial de cacau de “aroma fino”, matéria-prima necessária e cobiçada nos mercados europeu e norte-americano.

Em cada parte do país uma cultura gastronômica diferente
Foto: divulgação
A gastronomia está na lista sobre o que fazer no Equador
Foto: divulgação

Veja também

Galápagos está na lista sobre o que fazer no Equador

A estação quente e úmida vai de janeiro a junho. Já a estação fria e seca vai de julho a dezembro e traz temperaturas de água mais amenas, período ideal para levar a roupa de mergulho. O arquipélago de Galápagos está localizado em ambos os lados da linha equinocial, distante cerca de 970 quilômetros a oeste do Equador continental. Para entrar em Galápagos, todos os viajantes precisam apresentar seu passaporte. Também é necessário obter o cartão de trânsito INGALA no aeroporto de Quito ou Guayaquil antes de entrar nas ilhas. A maioria dos voos comerciais chega à ilha de Baltra, após um voo de 2 horas de Quito ou 1 hora e meia de Guayaquil.

Galápagos é conhecida por suas inúmeras espécies endêmicas e pelos estudos de Charles Darwin que o levaram a estabelecer sua teoria da evolução. Hoje as ilhas contêm um dos grupos vulcânicos mais ativos do mundo.

Nas Ilhas Galápagos você pode praticar caiaque, surfe, mergulho nas profundezas, passeio de bicicleta e mergulho com snorkel superficialmente. E todas essas atividades emocionantes dentro de um ambiente seguro e paisagens únicas.

Galápagos tem uma biodiversidade única no mundo
Foto:  pen_ash/Pixabay

As maravilhas da Costa do Pacífico

A cidade mais conhecida é Guayaquil que fica às margens do Rio Guayas e é um dos mais importantes portos do país. Entre as atrações está o Malecón Simón Bolívar, um dos projetos mais bem sucedidos de renovação urbana na América. Ali perto está o Cerro Santa Ana com seus 444 degraus. Suba para chegar ao farol e você terá uma vista única da cidade.

Também na Costa do Pacífico está o Parque Nacional Machalilla que é uma das mais extensas áreas protegidas da costa equatoriana. Fica na cidade de Manabí e tem trecho de proteção terrestre e marinha. Não bastasse a incrível natureza, o lugar também possui sítios arqueológicos de 500 aC até 1.500 dC.

Na Costa do Pacífico há cidades lindas e repletas de belas paisagens
Foto:  williamslay/Pixabay

O que fazer no Equador? Conhecer as cidades da região amazônica

Tena é o nome da cidade que fica na Amazônia equatoriana, distante cerca de 3 horas e meia de Quito. A atividade principal por aqui é o turismo. Há uma diversidade de atrações naturais e manifestações culturais que se localizam em cada uma das freguesias que possuem características especiais. Elas permitem ao visitante conhecer sua história e tradições dos Kichwa e de outros grupos étnicos.

Nesta mesma região do Equador está o Parque Nacional Yasuní, que fica no centro oriental das províncias amazônicas de Orellana e Pastaza e é a maior área protegida do Equador continental. Foi criado em 26 de julho de 1979, com um milhão de hectares abrigando um importante patrimônio natural e cultural. As selvas tropicais de Yasuní são consideradas as mais biodiversas e mais ricas do planeta, não há outra região no mundo que ofereça as condições necessárias para um desenvolvimento tão vasto e complexo da vida.

Entre os atrativos de Equador estão as cidades da região amazônica
Foto: Gabriel Vera/Pixabay

Como chegar e se deslocar de avião no Equador

O país do centro do mundo se conecta com o viajante estrangeiro através dos aeroportos internacionais Mariscal Sucre (Quito) e José Joaquín de Olmedo (Guayaquil). Além disso, Equador possui vários aeroportos locais que facilitam a conectividade com destinos internos incluindo Mariscal Lamar (Cuenca), Baltra e San Cristóbal (Arquipélago de Galápagos), Catamayo (Loja), Manta e outros.

O chocolate é uma das iguarias e tornou Equador reconhecida mundialmente
Foto: divulgação

Curtiu estas dicas sobre o que fazer em Equador? Você já viajou para este destino? Conte como foi sua experiência nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*