O que fazer na Bolívia

O país sul-americano faz fronteira com 3 estados brasileiros (Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e o Viajar é Vida mostra o que fazer na Bolívia, num roteiro de viagem com dicas da Civitatis. A Civitatis é uma é uma agência de turismo on-line, um portal com atividades, excursões e visitas guiadas em mais de 600 destinos. A empresa possui fornecedores e parceiros locais em todos os continentes, guias de viagens gratuitos e visitas guiadas nas principais cidades do mundo. E, claro que a Civitatis é parceira do Viajar é Vida. Acesse os links ao longo do texto e adquira seus melhores momentos de viagem à Bolívia.

O país é encantador com seu variado relevo que inclui a cordilheira dos Andes, o deserto de Atacama e a floresta tropical da bacia do Rio Amazonas. La Paz é a capital administrativa e fica a mais de 3.500 metros de altitude, mas as dicas aqui serão em Cochabamba, Potosí e Santa Cruz de La Sierra. Boa viagem!

O que fazer na Bolívia
Foto: OscarFloresBolivia/Pixabay

Tour panorâmico por Cochabamba com degustação entre o que fazer na Bolívia

Com guia falando espanhol ou inglês, este passeio leva cerca de 8 horas. Com este tour panorâmico por Cochabamba, você verá lugares como o Cristo da Concórdia, Tupuraya ou o Teatro Achá, além de desfrutar de uma degustação da autêntica gastronomia local. Logo às 9h da manhã você começará o percurso com o guia, com início na Praça 14 de Septiembre, onde verá a bela arquitetura eclética da catedral de San Sebastián, que data do século 18.

Em seguida, você seguira de ônibus e verá alguns dos lugares mais representativos de Cochabamba: o Teatro Achá; o tradicional bairro de Tupuraya, mais conhecido como povoado de Tupuraya e o Cristo da Concórdia. Com seus 40 metros, é a segunda estátua de Jesus Cristo mais alta do mundo.

Na metade do caminho, o grupo parará para fazer uma degustação da gastronomia mais tradicional da llatja, termo em língua quéchua que a própria comunidade utiliza para se definir. Você provará os sabores mais intensos. Em seguida, irá ao Palácio Portales, um belo edifício que abriga o centro cultural de Cochabamba. Após o dia inteiro descobrindo tudo o que Cochabamba pode oferecer, você será levado de volta ao hotel.

Tour panorâmico por Cochabamba com degustação entre o que fazer na Bolívia
Foto: Bolívia Travel Site

Visita guiada pelo Museu Convento de Santa Teresa

Outro atrativo de Cochabamba e que você poderá fazer com guias falando em espanhol e inglês é a visita guiada pelo Museu Convento de Santa Teresa. Você conhecerá um dos monumentos religiosos mais antigos de Cochabamba, joia do patrimônio arquitetônico e cultural da cidade.

Na hora combinada com o guia, você o encontrará na Plaza de Colón, de onde caminhará até uma das construções mais antigas de Cochabamba: o Convento de Santa Teresa.

Fundado em 1760, este mosteiro de estilo barroco foi a residência das irmãs Carmelitas Descalças desde a sua construção. Constitui um importante exemplo do patrimônio arquitetônico e cultural da cidade boliviana e foi recentemente restaurado para permitir aos visitantes desfrutar ainda mais da sua beleza.

Você percorrerá pelas suas diferentes salas, mergulhando na introspecção e silêncio do convento. Poderá admirar também as obras de arte religiosas que se conservam no altar maior, como o retábulo central, com decorações em folha de ouro. Verá ainda o claustro do convento, composto por uma bela arcada de pedra. Finalizada a visita de cerca de duas horas, está encerrado o tour.

Visita guiada pelo Museu Convento de Santa Teresa
Foto: Civitatis

Visita guiada pela Casa Nacional da Moeda

Com cerca de 1 hora e meia de duração e com guia falando em espanhol ou inglês, você vai fazer uma visita guiada pela Casa Nacional da Moeda para entender o passado próspero da Villa Imperial de Potosí.  Ao chegar ao prédio, a primeira coisa que chamará sua atenção será o majestoso claustro de entrada. Você sabia que este é apenas um dos 15 pátios que a Casa Nacional da Moeda abriga?

Através das diferentes salas, conhecerá a importância que esta instituição teve durante a época colonial, na qual a Villa Imperial de Potosí se converteu numa das cidades mais ricas do mundo. No museu são exibidas pinturas, coleções de numismática, fornos de fundição e máquinas de diferentes séculos que foram usadas para cunhar valiosas moedas. Você verá exemplos de reais, marcos, moedas de ouro e de prata.

No final do percurso, visitará a loja de souvenires, onde você poderá adquirir uma peça de latão, cobre ou prata e poderá até estampar a sua própria moeda.

Visita guiada pela Casa Nacional da Moeda
Foto: Bolívia Travel Site

Entre o que fazer na Bolívia está uma excursão à fazenda Cayara e Villacolo

Este passeio de cerca de 8 horas de duração pode ser feito com guia falando em espanhol e também em inglês. Por meio dele, você conhecerá o legado colonial dos arredores de Potosí e fará uma visita à impressionante reserva de água da represa de Villacolo.

Você se reunirá para começa o trajeto em frente à Casa da Moeda. De lá, seguirá adiante, com parada para visitar a gruta do Diablo, um dos atrativos naturais da região. Depois, irá à histórica Hacienda Cayara, cuja origem remonta ao ano 1557. Você sabia que foi a primeira construída na Bolívia?

Atualmente, a fazenda também funciona como hostel e abriga um museu. Você conhecerá a interessante história visitando a casa e os seus salões cheios de objetos valiosos. Além disso, poderá apreciar as belas pinturas que decoram os cômodos e admirar a sua arquitetura colonial.

Depois da visita à fazenda, irá a Villacolo, a uma hora de trajeto, onde visitará a sua represa, um impressionante depósito natural de água rodeado de uma bela paisagem. Em seguida, passará por uma gruta onde contemplará pinturas rupestres e fará uma parada para recarregar as energias com um almoço tipo piquenique, que inclui hambúrguer, fruta e água. Finalmente, regressará a Potosí, onde chegará por volta das 16 horas.

Entre o que fazer na Bolívia está uma excursão à fazenda Cayara e Villacolo
Foto: Civitatis

Leia também

Excursão ao Parque Regional Lomas de Arena é outro na lista do que fazer na Bolívia

O guia fala em português nesta excursão que leva ao Parque Regional Lomas de Arena, um dos espaços naturais protegidos da Bolívia. Por aqui, você descobrirá uma paisagem espetacular formada por dunas de até 12 metros.

Situado a 12 quilômetros ao sudeste de Santa Cruz, o Parque Regional Lomas de Arena é uma área protegida formada por belíssimas lagoas e dunas. Ao chegar lá, você percorrerá as diferentes paisagens do parque. Verá as altíssimas dunas de areia e pequenos bosques onde habitam macacos, bichos-preguiça, além de diversas espécies de aves endêmicas.

Depois da visita, será servido um almoço tipo piquenique e você terá tempo livre para tirar fotos, nadar nas águas das lagoas e realizar todo tipo de atividades como sandboard ou passeios de quadriciclo. Finalmente, será levado com o grupo de ônibus a Santa Cruz de la Sierra onde será deixado no ponto de partida.

Excursão ao Parque Regional Lomas de Arena é outro na lista do que fazer na Bolívia
Foto: Wikimedia

Passeio a cavalo por San Lorenzo

Nesta excursão o guia encontra você no hotel e, falando espanhol ou inglês, leva você para uma experiência que pode durar até 5 horas. Não há melhor durante a sua estadia em Tarija do que dar um relaxante passeio a cavalo por San Lorenzo enquanto você contempla as vistas deste povoado encantador da província de Méndez.

Antes de ir ao destino, no entanto, haverá uma parada no povoado de San Lorenzo, capital da província. Esta vila é conhecida por ter sido o lar de dom Eustáquio Méndez, um dos líderes da independência da Bolívia e que deu nome à região.

Depois, chegará a uma fazenda local especializada na criação e cuidados de cavalos. Depois das boas-vindas, os trabalhadores acompanharão você em um tour pela fazenda para conhecer os estábulos das zonas de treino desses animais.

Depois, você assistirá uma demonstração das técnicas básicas para aprender a cavalgar. Até que se sinta confortável para montar os cavalos. Será feito um passeio, enquanto um fotógrafo tira fotos que você poderá guardar em formato digital como recordação desta fantástica experiência. Na volta, fará uma degustação de masitas e alojas de cevada, doces típicos desta zona da Bolívia, acompanhados por um refresco de frutas.

Passeio a cavalo por San Lorenzo
Foto: Civitatis

Curtiu todas estas dicas sobre o que fazer na Bolívia? Você já teve alguma experiência por lá? Compartilhe nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Um comentário

  1. Pingback: O que fazer na Bolívia – Blog do Raimundo Cunha – Jornalismo político com responsabilidade

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*