O que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia

Claro que o clima praiano existe e move o dia a dia de quem visita a cidade. Mas o Viajar é Vida pontua neste post o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia. A ideia é mostrar algumas opções para quem viaja até o mais famoso município de Santa Catarina e acha que por aqui só se é feliz ou se diverte se ficar estarrado na areia ou tomando banho de mar.

Não que isso não seja maravilhoso, mas é para você ter noção que a cidade é muito preparada para receber os viajantes e que nos arredores, num raio de 30 quilômetros, as possiblidades se multiplicam se considerarmos os municípios que integram a chamada Costa Verde & Mar. Mas vamos nos ater sobre o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia!  

Comece pelo contato com a natureza, com a aventura e com a tecnologia do Parque Unipraias

Vamos começar a lista sobre o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia com os atrativos da Barra Sul, em Balneário Camboriú. Aqui na ponta da Praia Central fica o Parque Unipraias. É um complexo turístico que interliga 3 estações de teleférico através de 47 modernas cabines com capacidade para até 8 pessoas cada uma. Em todo o mundo, é o único teleférico que interliga duas praias.

O percurso pode começar tanto na estação Barra Sul quanto na estação Laranjeiras, que é outra praia de Balneário Camboriú. Ambas levam até a estação Mata Atlântica, local onde existem diferentes atrações turísticas, além da bela vista da cidade litorânea. Por lá é possível experimentar o Youhooo! (um trenó de montanha com 710 metros de percurso) a Fantástica Floresta (cenário encantando para adultos e crianças) e o Zip Rider (descida alucinante em cadeiras amarradas que podem chegar a 60 quilômetros por hora).

ATENÇÃO: já está funcionando com todas as normas recomendadas pelo Ministério do Turismo para garantia de atendimento seguro.

Parque Unipraias entre os atrativos da cidade
Foto: divulgação

Na água, mas sem ficar parado? Barco pirata e Oceanic Aquarium

Já que você está na Barra Sul, vale o passeio no Barco Pirata. É uma verdadeira aventura navegando pelo mar de Balneário Camboriú e suas belas praias. São quase 40 oferecendo o passeio em escunas em formato de barco pirata com a presença dos próprios, em um espetáculo que diverte toda a família. Os personagens interagem com os visitantes e em 4 diferentes embarcações com capacidade que vai de 280 a 400 passageiros. Todos os barcos possuem banheiros, guia pirata (que além do espetáculo teatral ainda trazem informações importantes sobre a cidade), bar e som ambiente. É uma festa a bordo e pessoas de todas as idades saem encantadas do passeio.

ATENÇÃO: já está funcionando com todas as normas recomendadas pelo Ministério do Turismo para garantia de atendimento seguro.

Perto da praia, mas sem ficar parado na areia, apenas tomando sol está o Barco Pirata
Foto: divulgação

Outro atrativo bem recente de Balneário Camboriú e que está localizado na Barra Sul é o Oceanic Aquarium. Desenvolvido para a preservação dos animais, ele apresenta uma estrutura totalmente equipada para a sua diversão e o bem-estar dos animais. São mais de 100 espécies de todo o mundo em 25 recintos que retratam o habitat de cada um deles.

ATENÇÃO: já está funcionando com todas as normas recomendadas pelo Ministério do Turismo para garantia de atendimento seguro.

O que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia: Bairro da Barra

Também na região Sul de Balneário Camboriú está o bairro da Barra. Para chegar lá, o viajante pode atravessar a pé a novíssima passarela da barra, um moderno projeto arquitetônico que praticamente serve de portal entre a Praia Central e seu estilo moderno e com cara de metrópole, ao tradicional bairro da Barra, onde a cidade nasceu.

Com cara de colônia de pescadores, vale circular a pé, conhecer as casas, a igreja centenária feita a partir de pedras e óleo de baleia e até experimentar a culinária local. Tudo isso apenas separado pelo Rio Camboriú, que divide os dois bairros da cidade. Aproveite para ver Balneário Camboriú sob este ponto de vista.

Se estiver de carro, ônibus ou Uber, suba pela Avenida Interpraias mais para fim do dia. De lá do mirante, encante-se com o pôr-do-sol. É o espetáculo que ocorre com o skyline da cidade como cenário.

O bairro da Barra traz história para os viajantes além da praia em Balneário Camboriú
Foto: divulgação

A gastronomia é um atrativo muito rico de Balneário Camboriú

A partir da Barra Sul em direção ao Centro de Balneário Camboriú, vale circular pelos molhes, uma estrutura de pedras e urbanizada que serve para conter a erosão e manter o assoreamento do Rio Camboriú, sem a interferência das águas do mar. Ele também serve de paragem dos transatlânticos que chegam na cidade. Os grandes navios atracam em alto mar e os viajantes descem em embarcações menores até o molhe. Faça fotos, aprecie a natureza, sente-se e contemple a paisagem.

A partir daqui, caminhe pela areia ou pelo calçadão da Avenida Atlântica e observe a quantidade de restaurantes, bares, cafés… até o Pontal Norte, 6 quilômetros adiante, você terá uma lista infindável de possibilidades de gastronomia. O Viajar é Vida sugere que você experimente o milho e o churros nos quiosques da beira da praia. E que avalie bem o cardápio oferecido em Balneário Camboriú: do simples prato feito aos elaborados pratos com frutos do mar, tem para absolutamente todos os gostos. Certeza que este é um dos tens da lista sobre o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia.

ATENÇÃO: os restaurantes já está funcionando com todas as normas recomendadas pelo governo local para garantia de atendimento seguro.

A gastronomia é um grande elemento que atrai viajantes para Balneário Camboriú
Foto: divulgação

Caminhada para ver Balneário Camboriú do alto

Na parte Norte de Balneário Camboriú, a dica sobre o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia é conhecer a cidade por este outro ângulo, vendo os prédios ao fundo e visitando a Praia do Canto e a Praia do Coco. Você chega até elas caminhando por um deque de madeira que circunda toda a região. Ali próximo também fica o molhe da Barra Norte. A construção ainda vem sendo finalizada, mas já é possível circular por ali. A estrutura foi criada para garantir que o Canal Marambaia se mantenha assoreado. E como tudo em Balneário Camboriú, acaba tendo um apelo turístico.

Venha de tênis e aproveite para subir a pé a Estrada da Rainha em direção ao Morro do Careca. A via é em aclive (mas totalmente possível de se fazer a pé). No topo, olhe para a Praia Central e fique impressionado com a beleza desta cidade.

E já que está caminhando, conheça o Morro do Careca. Também é uma subida, mas quem tem um pouco de fôlego consegue fazer o percurso a pé. Do alto você terá uma visão impressionante do mar, da Praia Central e da vizinha Praia Brava, que fica em Itajaí.

Estrada da Rainha traz outro ângulo da cidade
Foto: divulgação

Diversão no primeiro museu permanente do Brasil para os conectados nas redes sociais

Neste trecho norte de Balneário Camboriú, em breve haverá uma das mais incríveis rodas-gigantes do Brasil. Ela já está tendo a estrutura montada e em breve será mais um ponto turístico da cidade.

Ali perto da Barra Norte, cerca de um quilômetro em direção à Avenida do Estado, fica o Fun Museu. A estrutura também recente é o primeiro museu permanente do Brasil para os conectados nas redes sociais.

São 25 cenários criativos, divertidos e interativos para passar momentos de descontração e garantir fotos belíssimas para as redes sociais. Você interage com os cenários, a equipe de monitores ajuda e ensina os melhores ângulos, poses e truques fotográficos e de quebra ainda dá dicas sobre o melhor uso das redes sociais.

O passeio é incrível e vale para pessoas de todas as idades e que podem estar tanto sozinhas como acompanhadas. O Fun Museu fica na Rua Gaturamo, 63, sala 2 e no site tem todas as informações sobre este atrativo moderno e curioso de Balneário Camboriú e que faz parte da lista sobre o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia.

ATENÇÃO: já está funcionando com todas as normas recomendadas pelo Ministério do Turismo para garantia de atendimento seguro.

O Fun Museu é um dos mais recentes atrativos de Balneário Camboriú
Foto: divulgação

O que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia? Religiosidade e curiosidade chamam a atenção dos visitantes

Na região do Bairro das Nações, no alto do morro, fica o Complexo Cristo Luz. Fica em um dos pontos mais altos de Balneário Camboriú, a 150 metros de altura. Além do monumento “Cristo Luz”, uma estátua de 33 metros de altura, 22m de largura e 528 toneladas, há uma área com restaurantes e casa de eventos.

Desde 1997 ele faz parte da estrutura turística da cidade e seu foco de luz que ilumina Balneário Camboriú serve para trazer paz e votos de boas energias, fé, natureza, saúde, reflexão, amor e felicidade. O facho luminoso tem uma cor por dia e cada uma das cores representando um destes desejos.

Entre os atrativos para fazer além da praia está o Cristo Luz em Balneário Camboriú
Foto: Divulgação

Neste clima de religiosidade, e até pela característica arquitetônica diferenciada, vale visitar a Igreja Matriz Santa Inês. Situada na região central, ela tem formato arredondado caracterizando uma tarrafa em queda, instrumento de pesca usado na região. O teto lembra uma rede e as colunas em volta lembram os pesos de chumbo. Desde a sua fundação, a Paróquia de Santa Inês está sob os cuidados dos Freis Franciscanos e há inclusive uma pastoral do turismo para atender os viajantes que chegam de fora.

Outro atrativo próximo da Igreja Santa Inês é o Museu da Imagem e do Som. Com visitas agendadas, o viajante pode realizar uma viagem pelo tempo conhecendo de perto o acervo de equipamentos de som e imagem. Fazem parte lanternas mágicas, gramofones, projetores de cinema, rádios antigos, filmadoras e outros equipamentos que apresentam a história do cinema e permitem entender a história da humanidade e sua interação com a imagem e o som. São cerca de 1,3 mil metros quadrados de área em 7 andares.

Que tal conhecer quase toda a cidade em um ônibus panorâmico?

Se você quiser curtir a maioria destes atrativos fazendo o circuito de ônibus, o BC By Bus é o city tour oficial de Balneário Camboriú. Você pode comprar os passeios de maneira on-line e aproveitar tudo o que a cidade e a região oferecem. Os ônibus são especiais, projetados para o turismo urbano, conhecidos como Open Bus. Do alto o viajante observa a paisagem em mais de quatro metros de altura do chão, sem janelas ou teto. Assim, tem uma visão privilegiada das ruas, praias e paisagens por onde o ônibus passa, além de experimentar um contato direto com o ambiente.

ATENÇÃO: já está funcionando com todas as normas recomendadas pelo Ministério do Turismo para garantia de atendimento seguro.

O que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia? Passeio de ônibus panorâmico
Foto: divulgação

E aí, o que achou desta lista sobre o que fazer em Balneário Camboriú sem ser praia? Com ela você pode aproveitar a cidade em qualquer época do ano, sem se preocupar com o tédio! Balneário Camboriú é o principal destino turístico do Brasil e todo mundo que chega logo percebe que é bem-vindo. Já esteve por aqui? Conte para o Viajar é Vida nos comentários.


Conteúdos Relacionados


4 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*