Quais as estradas com mais curvas no mundo

Cenários de beleza e verdadeiros projetos da engenharia, as vias terrestres ou mistas contribuem com o tráfego, ligam regiões e garantem a sobrevida de muitos lugares. O Viajar é Vida destaca quais as estradas com mais curvas no mundo. Além de curiosas, são pontos de observação e verdadeiros atrativos turísticos. Para quem viaja, um prato cheio para começar a se planejar para – em um futuro breve – conhecer estas maravilhas.

Serra do Rio do Rastro tem curvas e beleza

A Serra do Rio do Rastro é a representante brasileira nesta lista de quais as estradas com mais curvas no mundo. Obviamente que a serra é todo o composto do relevo local, e a via mais sinuosa é a SC-390, uma rodovia estadual que está localizada no município de Lauro Müller, em Santa Catarina,  a 1400 metros de altitude.

No alto, um mirante garante uma vista incrível de praticamente toda a estrada. Nesta região há cânions e outros morros que acabam sendo os locais mais gelados de todo o Brasil. É o caso do Morro da Igreja, que fica em Urubici, e tem cerca de 1826 metros de altitude. As curvas da Serra do Rio do Rastro são bem acentuadas e as subidas íngremes. Ladeada pela Mata Atlântica, além da atenção no trânsito é preciso estar atento à fauna local. Muitos animais podem cruzar a estrada de uma hora para outra, como felinos de pequeno, médio e grande portes, macacos e aves. Se não conseguir viajar até Santa Catarina, pode acompanhar o lugar em câmeras  ao vivo disponibilizadas para observação desta que está na lista de quais as estradas com mais curvas no mundo.  

Foto: fer2016/Pixabay

Na Itália, a Passo do Stelvio é uma das mais sinuosas

Localizada a mais de 2700 metros de altitude, a Passo do Stelvio responde à pergunta: quais as estradas com mais curvas no mundo. Ela cruza os alpes italianos. São 75 quilômetros de extensão, que vai da fronteira entre Trentino-Alto Ádige e a Lombardia, na Itália. São 60 curvas (48 delas fechadíssimas) de uma via criada em 1820 e é a estrada em maior altitude em toda a Itália.

Essa era uma trilha muito comum e utilizada desde a Idade Média, já que facilitava o trânsito (e o comércio) com os postos de Veneza. A velocidade permitida é de 60 quilômetros por hora, embora dificilmente alguém consiga passar dos 15 quilômetros horários.

Foto: Erich Westendarp/Pixabay

Planejada para ser uma ferrovia, a Estrada do Atlântico virou uma rodovia na Noruega

A Estrada do Atlântico fica na Noruega e os seus 8 quilômetros de extensão ligam Molde e Kristiansund, passando por um arquipélago de pequenas ilhas por meio de pontes que fazem a conexão que dão a unidade à estrada.A mais famosa é a ponte curva de Storseisundet, a mais longa de percurso com seus 260 metros.

A obra chama muito a atenção e foi, inclusive, considerada a mais bonita construção norueguesa do século 20. Muitas montadoras de carros utilizam a via como cenário para suas campanhas comerciais, tendo em vista a beleza cinematográfica do local. Originalmente ela foi planejada para ser uma linha ferroviária. Mas a proposta acabou abandonada e a retomada para ser uma rodovia foi em 1983. A inauguração foi em 1989.

Foto: Ivar Ødegaard/Pixabay

Quais as estradas com mais curvas no mundo? TianMen na China

É na montanha de mesmo nome que a está localizada a Estrada de TianMen. Depois de 8 anos de obras, ela foi inaugurada com suas 99 curvas muito fechadas. A celebração foi em 2006, com a entrega da via que começa a 200 m de altitude e chega a 1300. Essa diferença em relação ao nível do mar faz com que a Estrada de TianMen tenha muita diversidade de flora e fauna.

Toda a região da montanha TianMen virou um complexo turístico. Além da estrada e sua curva, há um arco natural de pedras por onde passam os veículos, um teleférico que leva passageiros para o alto como alternativa de transporte e outras atrações no topo, como pontes com piso de vidro.

Vale destacar o Templo de Tianmenshan que fica no cume, com acesso por teleférico ou trilha. A versão original foi erguida durante a dinastia Tang e destruído durante a primeira parte do século 20. Em 1949, quando a Revolução Comunista Chinesa se aproximava do fim, começou a construção de um novo templo, com arquitetura semelhante à antiga.

Foto: Wikipedia

Túnel Guoliang também está na lista de quais as estradas com mais curvas no mundo

Os 1.200 metros do túnel parecem pouco em termos de proporção. Mas ao observar as imagens, você entenderá como é uma obra incrível o Túnel Guoliang, construído na China. Ele foi aberto em meio às rochas e, segundo consta, foi resultado de apenas 5 anos de trabalho de 13 moradores locais. E eles sozinhos construíram esta que integra a lista: quais as estradas com mais curvas no mundo.

O túnel liga um vilarejo praticamente escondido e sem acesso ao restante do país. Dizem os nativos que ali vivia um fugitivo rebelde durante a dinastia Han. Ele encontrou esse local praticamente com um único acesso por trilha e por lá viveu escondido por anos, de maneira isolada do restante da civilização. Até que em 1972 começaram a planejar uma estrada para facilitar o acesso dos poucos moradores locais. Sem acesso a ferramentas elétricas, eles próprios empunharam martelos e outras ferramentas e praticamente esculpiram o túnel nas rochas. A abertura foi em 1977.

Foto: Wikipedia

Direto da Romênia, mais uma via que responde: quais as estradas com mais curvas no mundo

Na Romênia, a Transfagarasan sobe a uma altitude de 2 042 metros com muitas curvas íngremes e fechadas, outras em longos S, além de descidas. É uma atração e um desafio para quem circula por lá sejam trilheiros a pé, ciclistas, condutores e motociclistas. Esta topografia faz com que a velocidade média não ultrapasse 40 quilômetros por hora. As pessoas frequentam a Transfagarasan para acessar a Bâlea Lago e a Bâlea Cachoeira. Em períodos muito frios, em que há acúmulo de neve, a via é mantida fechada. E isso pode ocorrer inclusive no Verão, caso a neblina esteja muito alta. Vale destacar que a estrada tem cinco túneis e mais viadutos do que qualquer outra via da Romênia. Ah, sabe o que mais tem por lá? É na região que está o castelo que era a residência de Vlad, o Empalador, que inspirou o personagem de Conde Drácula. Na parte mais ao norte, é comum o uso de parte da Transfagarasan como pista de ciclismo. É lá que ocorre, por exemplo, o Tour da Romênia em 22 quilômetros. Foi inaugurada em 1974.

Foto: Walter Kärcher/Pixabay

Essas estaria na sua lista de quais as estradas com mais curvas no mundo? Que outras vias (mesmo que não tão extensas) você citaria como bons exemplos de engenharia e turismo. Conte nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*