Porto Belo abre a temporada de cruzeiros em SC

Com a chegada do MSC Fantasia nesta quinta-feira (21/1), Porto Belo abre a temporada de cruzeiros em SC. O primeiro navio irá viajar pelo litoral sul e sudeste, com escalas alternadas em Porto Belo, Balneário Camboriú, Búzios, Ilha Grande, Ubatuba e Ilhabela.

Com capacidade para 4,3 mil hóspedes, o MSC Fantasia conta com cinco piscinas, 12 hidromassagens, tobogã, teatro, 18 bares e lounges, discoteca, cinema 4D, simulador de Fórmula 1, diversas lojas, cinco restaurantes, dentre eles uma churrascaria ao estilo americano. Há ainda atividades recreacionais para os pequenos com idades entre 7 e 11 anos e até um espaço jovem. O transatlântico ainda oferece quadra poliesportiva, quadra de squash, academia com aparelhos de ginástica, spa e salão de beleza internacional.  

É histórica a relação de Porto Belo com os transatlânticos

Porto Belo tem uma longa história com os cruzeiros marítimos. E por isso também conquistou alguns feitos, como a atracação do maior navio da história catarinense. O MSC Seaview é o maior navio em atividade na costa brasileira e trouxe de uma única vez cinco mil pessoas para a cidade, no começo deste ano.

Para receber o gigante dos mares, Porto Belo precisou adequar a estrutura. Por exemplo, o canal foi dragado para poder receber escunas com maior número de turistas, procedimento que agiliza o embarque e desembarque dos visitantes. Para se ter uma noção do tamanho do navio, o MSC Seaview possui teatro, duas tirolesas, oito restaurantes, cinema, cassino, seis piscinas e outros atrativos.

Outras cidades catarinenses se preparam para receber cruzeiros marítimos

Na região da chamada Costa Verde & Mar, são três cidades na rota dos transatlânticos: Porto Belo, Balneário Camboriú e Itajaí. Em todo o Brasil, o estado já é o segundo em número de destinos, atrás apenas do Rio de Janeiro. E pelo ritmo, outras quatro cidades podem fazer parte desta lista.

São elas, Florianópolis, Imbituba, São Francisco do Sul e Penha. É um procedimento que pode levar meses, mas que já estão sendo fortemente estudados.

Florianópolis já foi utilizada para fazer manobra-teste no verão passado. Nesta temporada, quem deverá passar por um teste parecido é Penha, cidade onde fica o Beto Carrero World. A previsão é de uma manobra em janeiro, tão logo seja finalizada a reforma no píer, na Praia da Armação.

Balneário Camboriú terá cruzeiros até 18 de março

Outro cartão postal catarinense, Balneário Camboriú está pronta para receber o primeiro transatlântico. A estreia também é com o MSC Fantasia, que atraca nesta sexta-feira (22/11), às 7h, no Atracadouro Barra Sul. Serão quase 4 mil passageiros e  1,3 mil tripulantes. Até o dia 18 de março de 2020, a cidade receberá dezenas de paradas. Ao todo, são esperados 26 navios de quatro diferentes companhias (MSC, Costa, Pullmantur e Bernard S./BSCS). Elas trarão 90 mil passageiros.

O sofisticado e ecológico MSC Fantasia fará duas escalas em Balneário Camboriú: agora no dia 22 e depois no dia 28 de novembro. Ele virá de Porto Belo (também em Santa Catarina) com destino a Santos. O navio ficará em Balneário das 7h às 17h.

Em Itajaí serão 13 escalas do MSC Sinfonia

Se Porto Belo abre a temporada de cruzeiros em SC, Itajaí também está no páreo para receber cerca de 30 mil turistas de transatlânticos durante a temporada 2019/2020. A cidade receberá os cruzeiros da empresa MSC. A partir de dezembro, serão 13 escalas do sofisticado navio MSC Sinfonia. A expectativa é de uma movimentação de mais de R$ 10 milhões na economia local.

O município faz parte do plano de expansão da MSC Cruzeiros e passa a ser o quarto porto do Brasil a receber navios da empresa. Os turistas poderão embarcar na cidade para realizar cruzeiros de sete dias. A rota passará também por Santos (SP), Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai. As escalas iniciam em 14 de dezembro e os pacotes partindo de Itajaí já estão sendo vendidos pelas operadoras.

Entrada de dinheiro e reconhecimento internacional dos destinos catarinenses

Mais do que o impacto econômico da geração de emprego e renda, graças ao consumo dos visitantes, a expectativa é a de que a cidade passe a ter mais reconhecimento internacional, tendo em vista a gama de turistas estrangeiros que fazem estes cruzeiros.

No último verão, foram injetados na economia brasileira cerca de R$ 2 bilhões. Cada visitante deixa em média R$ 581 em cada cidade que recebe o navio. Com 53 escalas previstas, Santa Catarina deverá ter uma movimentação econômica de R$ 87 milhões, comenta a colunista Dagmara Spautz, do portal NSC Total.

Você já teve alguma experiência nos mares, viajando num cruzeiro? O que foi mais interessante? Revele para os leitores do Viajar é Vida!

2 comentários

  1. Pingback: As 10 praias para crianças em Santa Catarina

  2. Pingback: Cruzeiro mais longo do mundo viaja por 8 meses em 59 países

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*