O que fazer na região de Gramado na Serra Gaúcha

A cidade gaúcha tem se consolidado como destino perfeito para quem vai viajar em família, ou pretende curtir momentos românticos. Mas além dela, o que fazer na região de Gramado na Serra Gaúcha. São inúmeras atrações, belezas naturais e gastronomia que só de pensar já dá água na boca.

Em Canela, que fica a 108km da capital Porto Alegre, o turista que quiser explorar mais da serra gaúcha e até fugir um pouco da badalação de Gramado, tem inúmeras opções que prometem agradar a todos os públicos.

O Viajar é Vida lista algumas cidades para explorar na região de Gramado na Serra Gaúcha e que são um verdadeiro encanto, cheio de atrações, aventura, belezas naturais e até passeios por vinícolas que garantem uma experiência completa tanto para os amantes da bebida quanto para os leigos.

Canela fica do ladinho e quem viaja tem cenários naturais incríveis

Canela fica a cerca de 10km de Gramado e possui o segundo ponto turístico mais visitado do Sul do Brasil: o Parque Estadual do Caracol, uma unidade de conservação com matas fechadas e um riacho de mesmo nome que tem uma queda livre de 131m que passa por rochas basálticas da formação Serra Geral, formando a cascata que também da nome ao parque. 

Com a fauna é possível se deparar com mata silvestre e o visitante pode até ver de perto animais como veado, graxaim, cotias, e vários outros. O parque é de fácil visitação possuindo placas indicativas por todos os lados, além de mapas. O horário de visitação é das 9h às 17h30min durante todos os dias e os valores podem ser conferidos diretamente no telefone (54) 3278-3035.

Foto: Antônia Felipe

Também em Canela fica o Museu Egípcio

            O mais novo atrativo para os viajantes em Canela é o Museu Egípcio que inaugurou em novembro de 2019. O museu fica no caminho para o Parque do Caracol e apresenta uma visão ampla da história egípcia que ficou durante milhares de anos escondida em ruínas. Além disso, o local conta com um acervo que, segundo o seu proprietário, o artista plástico egípcio Essam Elbattal, é o maior da América Latina. As peças contidas foram produzidas pelo próprio artista e é possível encontrar, por exemplo, uma pirâmide com mais de 8m de altura, com câmara mortuária no seu interior.

            São cerca de 400 peças entre múmias, sarcófagos, esculturas de deuses, coleção do faraó Tutankhmaon e muito mais que fazem parte da estrutura de mil metros quadrados. O museu egípcio já circulou por muitos países como Japão, Estados Unidos, Nova Zelândia, Alemanha e África do Sul. As visitas são acompanhadas por um guia. O horário de atendimento ao público é de segunda a domingo das 9h às 18h. Os ingressos custam R$ 40 inteira e R$ 20 a meia que é válida para crianças de seis a 12 anos e idosos a partir de 60 anos. Crianças até 5 anos não pagam. Os valores estão sujeitos à alteração, então é bom conferir antes no site.

Saiba mais o que fazer em Canela, RS

            Para os apaixonados por automóvel, o Museu do Automóvel de Canela é parada obrigatória para apreciar os belos veículos antigos. A visita é guiada, e o visitante poderá viajar na história de cada automóvel, sua criação, peças, etc. Os viajantes podem também voltar no tempo e fazer um passeio no Mundo a Vapor através de locomotivas. A atração é ideal para quem viaja com crianças. O funcionamento é das 9h às 17h todos os dias da semana.

            Outra ótima opção são os Bondinhos Aéreos Parque da Serra. Com eles a cidade de Canela pode ser apreciada de forma panorâmica, perfeito para que curte um pouco mais de aventura, mas com conforto e uma ótima vista.

Cânions e natureza chamam a atenção dos turistas em Cambará do Sul

            Essa cidade é encantadora e integra a lista sobre o que fazer na região de Gramado na Serra Gaúcha. Cambará do Sul é considerada a cidade dos cânions, já que lá se encontram diversas dessas formações geológicas já tão famosas no Brasil. É o caso do cânion Itaimbézinho que significa “pedra afiada” em tupi-guarani e é um dos maiores do país. O trajeto mais conhecido para chegar nesse ponto é a trilha do Vértice, com vista para as cachoeiras Andorinha e Véu da Noiva. Uma caminhada de cerca de 45min, ida e volta.

            Para quem ama natureza e suas belezas, o município é o destino certo. Os pontos turísticos de Cambará do Sul são repletos também de cachoeiras, além dos cânions, lugar mais do que ideal para o ecoturismo. As trilhas e os mirantes proporcionam experiências inesquecíveis e paisagens de arrancar o fôlego.

            Na cidade é possível fazer passeios de barco contemplativo, começando na ponte do Rio Camisa, navegando pelo leito do rio com 4,5km de extensão e finalizando a aventura no Lageado das Margaridas. Em média, o passeio tem cerca de 3 horas de duração.

            Mas não é apenas de barco que o viajante pode curtir as aventuras de Cambará do Sul. É possível fazer passeio a cavalo, bike na cachoeira e ainda circuito das águas: um trajeto feito de veículo com tração 4×4 para toda a família, passando por rios, fazendas, Parque Estadual do Tainhas, tudo com muita emoção e uma paisagem encantadora.

A região é realmente incrível e há diferentes cidades para ter o que fazer na região de Gramado na Serra Gaúcha. O Viajar é Vida já tem novos roteiros para contar a vocês. Se tiver alguma sugestão, conta aí pra gente.


Conteúdos Relacionados


3 comentários

  1. Pingback: Mais cidades para explorar na região de Gramado na Serra Gaúcha

  2. Pingback: O que fazer em um dia em Gramado (RS)

  3. Pingback: O que fazer numa viagem de 4 dias aos cânions do Sul do Brasil Viajar é Vida!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*