O que fazer em Veneza na Itália

“O que fazer em Veneza na Itália”

Uma das cidades muito reconhecida da Itália é Veneza. A capital da região de Vêneto, no Norte do país, é formada por mais de 100 pequenas ilhas em uma lagoa no Mar Adriático. Engana-se quem acha que por Veneza existam estradas. Todo o trânsito é feito pelos canais ou pelas calçadas e pontes para pedestres. Ao longo das vias, o visitante se encanta com palácios góticos e renascentistas. Na praça central fica a Basílica de São Marcos que é coberta de mosaicos bizantinos e o campanário com sua vista para os telhados vermelhos da cidade.

A jornalista Camile Magalhães Grosch esteve em Veneza há anos atrás, como um dos destinos de sua lua de mel. E sobre como foi a viagem e o que fazer em Veneza na Itália, ela conta para o Viajar é Vida neste post.

O que fazer em Veneza na Itália
Foto: Gerhard G./Pixabay

O que fazer em Veneza na Itália: a viagem de lua de mel de uma jornalista

Nunca sonhei em estar em Veneza. Mas estar em Veneza foi um sonho. Viajei para lá em lua de mel e me surpreendi com cada detalhe dessa cidade maravilhosa, especial e romântica. Passear por Veneza é diferente de tudo o que já vi e senti. Nada de carro. Para se locomover por lá só de barco ou caminhando. Aliás, como é bom caminhar e se perder por aquelas ruas. Os canais, as gôndolas, os sons… Cada paisagem! Para mim foi tudo encantador. Encantamento que divido com vocês agora aqui no Viajar é Vida. Vamos dar uma voltinha por alguns pontos turísticos desse lugar tão impressionante?

Visitar as pontes, passear pelas calçadas, observar esta cidade tão diferente está entre o que fazer em Veneza na Itália
Foto: TravelSpot/Pixabay

O que fazer em Veneza na Itália: visitar a Piazza San Marco

A praça de San Marco é o centro turístico da cidade e nela encontramos prédios históricos como a Basílica de São Marco. Tem também a Campanile que é a torre que abriga os sinos da basílica, o Palazzo Ducale e a Torre do Relógio, que é um prédio do século 15 e abriga um dos maiores relógios astronômicos do mundo.  

Majestosos prédios cercam a praça. Eles foram construídos originalmente para abrigar os escritórios do procurador da cidade. Ali você encontra  lojas caríssimas e restaurantes como o Café Florian, o mais famoso café de Veneza. No dia que passamos pela praça pudemos acompanhar uma apresentação linda de música. Emocionante. Vale a pena sentar e curtir. Muita gente fala sobre a quantidade de pombos no lugar. Sinceramente não me incomodei com isso com tantas coisas lindas para ver. E creio ser este algo imprescindível para a lista do que fazer em Veneza na Itália.

Arquitetura histórica faz parte do dia a dia desta cidade italiana
Foto: Pexels 

Visitar o Campanile ou Torre Veneziana  e o Grande Canal

A Campanile, ou o Campanário de Veneza, fica na Praça San Marco e tem 98,6 metros de altura. É aí que você pode ter a melhor vista de Veneza. Quando estive lá a entrada não era muito barata, mas vale cada centavo pela vista deslumbrante.

O Grande Canal forma a maior via aquática de tráfego da cidade e tem uma profundidade média de cinco metros. Vaporetti e táxis aquáticos movimentam o transporte público. Mas nenhuma palavra traduz como é lindo ficar olhando o vai e vem nesse lugar. Eu tive a sorte de ficar em um hotel de frente para o Grande Canal e para a ponte de Rialto que se chamava Antica Locanda Sturium. Sugiro que quem visite Veneza faça o mesmo, é maravilhoso o amanhecer e o anoitecer de uma vista assim.

Como no trânsito convencional, Veneza possui o Grande Canal, que seria algo como uma grande avenida de barcos
Foto: Neil Morrell/Pixabay

Apreciar a ponte de Rialto

A Ponte di Rialto é um dos principais pontos turísticos de Veneza e por isso integra esta lista sobre o que fazer em Veneza na Itália. É a ponte mais velha que cruza o Grande Canal. Essa joia da arquitetura foi construída originalmente em madeira, por volta do século 12. Após vários colapsos, a ponte foi reconstruída em pedra em 1591, em um estilo parecido com a original.

Hoje não é apenas uma ponte, é repleta de lojas. Entre em uma delas e compre uma máscara. São lindas. O que também não faltam são bons restaurantes pertinho dela. A bebida não é barata (pagamos €7 por uma taça de cerveja em 2009), mas vale a pena. A vista é maravilhosa.

As gôndolas ajudam nos meios de transporte na cidade repleta de canais
Foto: TravelSpot/Pixabay 

Murano é um arquipélago que integra nossa lista sobre o que fazer em Veneza na Itália

Embora descrita como uma ilha da lagoa de Veneza, Murano é de fato um arquipélago de sete ilhas menores, das quais duas são artificiais (Sacca Serenella e Sacca San Mattia), unidas por pontes. Tem aproximadamente 5,5 mil habitantes e fica a somente um quilômetro de Veneza.

Murano é um local famoso pelas obras em vidro. É possível encontrar artigos de decoração, de mesa e até lustres. São diversas lojas com os mais variados preços. Uma dica: existem excursões guiadas para Murano, Burano e Torcello, que te levam de barco direto para os pontos turísticos de cada ilha por preços bastante acessíveis.

Pra onde quer que se olhe você encontra charme em Veneza
Foto: Valter Cirillo/Pixabay 

Gostou do passeio? Então vá até Veneza, uma terra realmente encantada. Deixe seus comentários se você já teve experiências por lá. O Viajar é Vida agradece.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*