O que fazer em Capitólio?

Capitólio é um município de Minas Gerais que ganhou visibilidade graças às belas paisagens naturais e o cenário modificado a partir do alagamento do Lago de Furnas. Mas o que fazer em Capitólio? Se você gosta de trilhas, montes, ecoturismo, contato com a natureza, mergulhos em locais diferenciados ou aproveitar uma pousada mais roots, Capitólio é o lugar. O Viajar é Vida aponta neste conteúdo algumas dicas do que fazer, quando ir, como é a viagem e os melhores passeios.

Para começar, vale deixar claro que estamos em Minas Gerais e, como tal, a gastronomia não pode ficar de fora. Do pão de queijo ao doce de leite, passando pelo tutu à mineira e pelo frango com quiabo. Ou seja, você vai gastar energia caminhando, porém logo vai repor com essas iguarias maravilhosas mineiras. Capitólio fica na região da Serra da Canastra, parque nacional onde fica a nascente do Rio São Francisco, no município de São Roque de Minas.

O local tem o formato de um baú, daí a origem do nome já que canastra é um tipo de baú mais antigo. Entre os grandes atrativos está a cachoeira Casca d’Anta com 186 metros de altura. Ela sai de um corte natural da serra.

Vale destacar que a vegetação é transitória, num misto de Mata Atlântica e o início do Cerrado, onde se predominam os campos de altitude que abrigam inúmeras espécies da fauna e da flora do cerrado, como o lobo guará, o tamanduá-bandeira, o veado-campeiro, diversos gaviões e espécies ameaçadas de extinção como o pato mergulhão e o tatu-canastra.

O que fazer em Capitólio, Minas Gerais?  A lista é bem grande
Foto: Wikimedia/divulgação

O que fazer em Capitólio? A lista é comprida

Muitas vezes para formar uma hidrelétrica é necessário inundar algumas áreas. Foi o que aconteceu nesta região de Minas Gerais. A Usina Hidrelétrica de Furnas está localizada entre São José da Barra e São João Batista do Glória e possui 8 unidades geradoras com um total instalado de 1 216 megawatts. Na época de sua construção, 1958, foi a maior obra da América Latina em execução.

A formação da represa ocorreu em 1961 e a inauguração oficial somente em 1965. O reservatório mudou a paisagem da região sul de Minas Gerais, fornecendo novas possibilidades de exploração econômica, principalmente através do turismo e da piscicultura. Com um lago enorme e com uma vista totalmente diferente, Capitólio passou a monetizar ao autorizar que profissionais passagem a fazer passeios com os viajantes.

Apesar de Capitólio ser o nosso foco neste material, importante destacar que o Lago de Furnas abrange 34 cidades de Minas Gerais. E os passeios de lancha partem geralmente da Ponte do Turvo, mas você precisa comprar antes nas várias agências de viagem ou nos hotéis e pousadas da cidade.

São passeios de 2 ou 4 horas e que passam por lugares como a Lagoa Azul, os Cânions, o Vale dos Tucanos, a Cascatinha e termina no bar flutuante. Aos finais de semana é o pico, ou seja, grande movimento e locais repletos de turistas. Durante a semana os passeios são bem mais tranquilos e até mais baratos.

Diferentes quedas d'água e muita natureza fazem de Capitólio uma das regiões mais lindas do Brasil
Foto: Wikimedia/divulgação

Cachoeiras, quedas d’água e piscinas naturais aos montes

A cachoeira da Lagoa Azul é gratuita, mas há outra um pouco adiante que você precisa pagar um ingresso para entrar. Apesar do nome, costumeiramente você verá a Lagoa Azul em tons esverdeados. Nem por isso menos espetacular.

Outra região por onde segue o passeio são os cânions. Enormes paredões de pedra e o barco lá no meio, bem próximo a outras duas cachoeiras com suas quedas d’água que parecem cortinas. Além deste passeio de barco pelas águas, para observar os cânions de baixo para cima, também é possível seguir por trilhas e fazer o caminho inverso, observando do alto esta maravilha cênica de Capitólio.

O passeio de barco ainda leva o viajante para o Vale dos Tucanos. Esse nome não é à toa, embora nem sempre se consiga avistar os pássaros. A formação rochosa aqui também é bem interessante e a região é ótima para um mergulho.

As cachoeiras estão por toda parte e fazem parte da lista do que fazer em Capitólio
Foto: Wikimedia/divulgação

O Paraíso Perdido e o Cascata Eco Parque estão na lista sobre o que fazer em Capitólio

Outro passeio lindíssimo e está na lista sobre o que fazer em Capitólio está o Paraíso Perdido. Com este nome, você já sabe onde está chegando, né? O complexo com piscinas naturais e rico em fauna e flora. Esta é uma área particular, porém aberta aos visitantes desde que eles desfrutem do local visando a preservação ambiental.

Além do contato direto com a natureza, você se encanta com lindas paisagens e água pura e cristalina vinda do Ribeirão Quebra Anzol. Ele corta toda a área e deságua no Rio Grande, conhecido como o Mar de Minas. Combinado às pedras, em sua maioria de quartzito branco, você entenderá porque este é chamado de Paraíso Perdido.

Além deste Paraíso Perdido, você poderá conhecer a Trilha do Sol que é uma das melhores opções de Capitólio para quem procura um passeio de dia inteiro com diversas atrações. O circuito conta com a Cachoeira Poço Dourado e a Cachoeira do Grito, além de um lindo mirante e diversos pontos para banho próximos às quedas d’água.

Outro local privado, mas aberto aos viajantes, é o Cânion Cascata Eco Parque. Um paraíso esculpido por Deus com cânions, trilhas, cachoeiras e piscinas naturais às margens do mar de Minas. A grande vantagem deste lugar é que a localização é privilegiada e o acesso bem fácil.

A Cachoeira da Capivara e a Cachoeira da Pedra Ancorada são dois passeios bacanas para quem tem pouco tempo ou quer aproveitar aquele meio período que falta antes de começar a viagem de volta. Fica perto do Mirante do Cânion de Capitólio e são ótimas para banhos refrescantes.

O paraíso é aqui, na região Sul/Sudeste de Minas Gerais
Foto: Wikimedia/divulgação

O que levar para a viagem

Como todo local onde a programação é junto à natureza, alguns itens são indispensáveis na bagagem. A começar por roupas leves, como bermudas e camisetas, além de uma calça jeans e um moletom, porque à noite sempre pode dar uma esfriadinha. Para os programas em meio à natureza, é bacana um tênis bem confortável (sugerimos um outro reserva, para o caso de molhar o primeiro) e boné ou viseira para se proteger do sol.

E para se proteger do sol ainda, leve o protetor solar porque ele será realmente necessário. Outro item importante é o repelente de insetos. Não se esqueça que você está indo para o mato, regiões com muito mosquito. Ah, opte por meias de algodão, de cano mais longo. Elas podem ajudar a proteger as pernas por algumas trilhas mais fechadas.

Outra dica importante, dependendo do local onde vai se hospedar, talvez não tenha toalha de banho reserva. Então, coloque uma na mala. Ou uma canga que sirva para se enxugar também. Você está indo para um lugar onde o banho de lago e cachoeira são comuns. Então, vá preparado.  

Faça os passeios sempre com a roupa de banho já por baixo, porque não há locais para fazer a troca. Coloque o óculo de sol na mochila também. E um lanche rápido ou uma fruta, porque os passeios são longos.

Qual a melhor época para ir

Os meses de abril, maio, setembro e outubro são ideais para pegar calor com menos umidade. No inverno, entre junho e agosto, o período é bem seco, embora faça mais frio e os banhos acabam um pouco comprometidos. Nos outros meses haverá chuva e mais umidade.

A distância em linha reta entre Belo Horizonte e Capitólio é de 276 quilômetros, ou uma viagem de cerca de 4 horas.

Não há aeroporto na região, o mais próximo fica em Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo, distante cerca de 238 quilômetros de Capitólio. A partir de qualquer terminal próximo, você terá que pegar a estrada. Uma boa dica é alugar um carro se estiver em grupo. Sozinho, o melhor é optar por ônibus de linha. Só vai ter que planejar o percurso entre o aeroporto e a rodoviária. A MG-050 é a principal rodovia que leva a Capitólio e também onde está grande parte das atrações da região.

Os passeios de lancha estão entre os atrativos do Capitólio
Foto: Wikimedia/divulgação

O que achou das dicas do Viajar é Vida sobre o que fazer em Capitólio? Você já fez esta viagem? Qual local mais gostou e por quê? Deixe sua opinião nos comentários.  


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*