Como se planejar para um período sabático?

Eita perguntinha: Como se planejar para um período sabático? Aprender como se planejar para um período sabático é algo muito em evidência hoje em dia. O verbo viajar lidera a lista de desejos da grande maioria das pessoas, não é mesmo? Viajar por um longo período + viajar barato, então, virou o sonho de consumo dos mochileiros de plantão. “Ah, mas não tenho dinheiro”. Calma, vamos te apresentar o planejamento necessário para encarar uma viagem barata, dentro dos sonhos de muita gente.  Conosco não foi diferente! Então, pra te ajudar a tirar esse sonho do papel, vamos contar como fizemos isso acontecer.

O grande passo que você precisa seguir é transformar o sonho em um plano:

  1. Crie um rascunho. Pode ser uma cartolina ou planilha de Excel, aquilo que você sentir mais confortável para fazer anotações e ir materializando todas as suas ideias. Isso vai te ajudar a visualizar o tamanho do seu sonho. Pense que está criando um projeto para um chefe importante da empresa, que na verdade é você a diretoria executiva da sua própria vida. Quanto mais cara de projeto, mais importância você vai dar pra ele, quase que como uma meta. Não parece legal, mas pensar dessa forma no começo funciona para levarmos a sério que nosso sonho é tão importante quanto uma entrega de relatório executivo.
  2. Comece anotando porque você quer viajar. Assim é possível definir que tipo de sonho você tem. Poder ser um mochilão, um intercâmbio de estudos, um intercâmbio de trabalho voluntário… existem muitas variedades e você precisa começar ouvindo suas vontades. 

Traçar uma rota inicial é um ponto-chave para iniciar o planejamento do período sabático

  1. Depois liste os países que gostaria de conhecer e onde valeria viver as experiências escolhidas acima. Assim vai visualizando todas as possibilidades. 
  2. Trace uma rota inicial, com base nos países escolhidos. Para analisar o que faz sentido, ou fazer uma subclassificação por ordem de importância. Por exemplo, nós queremos conhecer o mundo, mas começamos pelas Américas, pois estava mais alinhado com nosso objetivo de aprender inglês, que era a nossa meta definida no item 2. Como iríamos ficar um tempo viajando, achamos viável investir para aprender o idioma universal e passar da fase “The book is on the table”. 
  3. Olhando para o seu esboço inicial imagine quanto tempo você gostaria de ficar em cada local, para ter uma ideia de o quão longa pode ser a sua viagem. Nós começamos pensando em uma viagem de três anos, mas à medida que vamos refazendo as rotas, muita coisa muda pelo caminho. Por isso é importante no item anterior definir as categorias por importância, Assim você vai materializando a sua viagem por etapas. 

Economizar antes para aproveitar depois

  1. Após pensar no tempo que levaria o seu projeto, será necessário ter em mente uma estimativa da quantidade de gastos para medir o quanto de dinheiro você vai precisar e passar para a segunda etapa do plano. Na nossa humilde opinião, chegou a hora mais difícil: o que você é capaz de abdicar para realizar um sonho? Não precisa fazer um voto de restrição de consumo, mas fazer uso dele com mais consciência, nos moldes do minimalismo já vai te fazer economizar um dinheirinho para viajar e pode fazer sua viagem durar mais tempo. Como esse tema é bem abrangente, vamos falar desse no próximo post. 

Dicas para calcular todos os gastos futuros

  1. Mas como vou calcular os gastos? Quanto mais você souber administrar seu orçamento, mais longe ele pode te levar. As principais despesas de uma viagem são transporte, hospedagem e alimentação, não necessariamente nessa ordem. Isso vai depender do seu estilo, porém essas dicas podem te ajudar:

a) Transporte: você deve considerar primeiro quantos trechos aéreos pretende fazer, se vai usar ônibus, táxi, pegar carona ou todos eles. No site Rome2Rio você pode ter uma ideia dos valores. 

b) Alimentação: Opte por cozinhar sua própria refeição. Não significa que de vez em quando não possa beber aquela cervejinha, ou saborear aquele prato típico, mas estando atento aos gastos diários você evita extrapolar demais e ter que voltar pra casa mais cedo. Geralmente nas viagens a gente reforça o café da manhã, passa o dia enganando o estômago com snacks e, à noite, cozinha nossa própria janta. 

c) Hospedagem: tá aí outro grande vilão do seu orçamento. Esqueça hotéis com aquele café da manhã de novela. Eu sei que é maravilhoso, mas se você quer viajar mais tempo isso não te pertence mais! Eles acabam cobrando tarifas bem elevadas para servir um café repleto de opções, as quais você nem vai aguentar comer. Então nada de gastar dinheiro à toa. Se você quer ter mais interação com outros viajantes, escolha ficar em hostel. Além de poder usar a cozinha para preparar suas refeições, a chance de fazer amigos é muito alta! Caso não seja sua vibe, pode alugar um quarto no Airbnb, onde os preços são muito mais atrativos do que os próprios hostels, com a vantagem de ter mais privacidade. Para uma viagem longa você pode mesclar vários tipos de hospedagem, porque nem sempre a gente tá na vibe de dormir ouvindo o ronco e sentindo o chulé dos coleguinhas. Para pesquisar valores você pode usar Booking.com, Hostelworld e Airbnb. Ah, e o Worldpackers e Couchsurfing podem te ajudar a economizar! 

d) Seguro-saúde: Seguro morreu de velho, né, minha gente? Nós usamos o seguro-saúde vinculado ao nosso cartão de crédito, mas existem vários sites onde você pode pesquisar os valores. Não saia de casa sem ele!

e) Diversos: Sempre é bom levar um trocadinho para aquele passeio legal, como subir um vulcão no Atacama, ou o famoso show de Tango na Argentina. Nem sempre dá pra fazer tudo que a gente quer, mas você pode priorizar as experiências que têm mais significado pra você, pois no futuro renderam lindas lembranças no seu coração. Viu, você já deu alguns passos e já sabe como se planejar para um período sabático. 

Após ter uma ideia de todos esses valores, calcule o total e faça uma média dividindo pelo número de dias que pretende viajar. Isso vai te dar um valor diário de orçamento, com sua meta de gastos. Este número vai ser o regente do seu futuro por aquele determinado tempo. Com os dias e o valor estimado agora é só avaliar suas economias e ver quanto tempo você vai levar pra atingir o valor necessário poupando pra poder ir atrás do seu sonho!

Agora que você já sabe várias respostas para a pergunta: Como se planejar para um período sabático?


Conteúdos Relacionados


16 comentários

  1. Avatar

    Show casal, tópicos essenciais para começar um planejamento sabático, logo logo o meu sai do papel.
    Bjus saudades!!

  2. Avatar
    Esadir Arlindo Mendonça

    Parabéns pela matéria. Todo texto escrito por quem conhece e vivência sua experiência de vida, torna-se aprendizado aos que almejam, um dia, realizarem seus sonhos.

  3. Avatar
    Mauricio Codesso

    Ola, gostaria de saber como que voces se preparam com relacao ao Ingles para viajar, vi que voces escolheram comecar pelas americas para aprender o Ingles par adepois ir para outros paises.
    Como que foi a experiencia, voces foram com o Ingles ja fluente ou apenas com o basics? Voces fizeram cursos de Ingles no brasil antes de ir?

    • Avatar

      Oi Mauricio!
      Obrigada pelo comentário! Isso mesmo, escolhemos Canada e Estados Unidos nos primeiros meses pra desenvolver e perder o medo de falar inglês e quem sabe poder viajar mais longe. Eu cheguei a fazer aulas de inglês no Brasil, mas não tinha uma frequência boa por conta do trabalho. Rafa nunca estudou, o que sabe foi jogando video game. Saímos do Brasil falando apenas os cumprimentos básicos, nada muito alem disso. E foi uma experiência incrível!

  4. Avatar

    Parabéns pela iniciativa! Emocionante ver nossos primos queridos relatando suas experiências e vivendo o sonho que planejaram com tanto carinho.

  5. Avatar

    A coragem e a vontade de viver a vida com simplicidade e ainda conhecer as maravilhas do mundo e o q mais admiro na Ana e Rafa…parabéns aos dois. O conhecimento e as experiências não ocupam lugar. São vivências reais…verdadeiras….sempre valerá o sacrifício….

  6. Avatar
    Wilson Vieira Filho

    Muito show, parabéns pela coragem! !!!

  7. Avatar
    Eunice Elisabete dos Santos da Silva

    Nossa estou amando esta viagem de vcs. Quero contunuar recebendo dicas, embora não tenha mais saúde pra fazer uma viagem dessas. Grande beijo pra vcs e continuem informando. Esta excitante. Louca pra conhecer esta prima e “primo” ler mais sobre esta linda aventura.

  8. Pingback: Dicas para ter resiliência e se preparar para os imprevistos de viagem - Viajar é Vida!

  9. Avatar

    Parabéns, são um casal exemplo !

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*