7 atrações turísticas mais diferentes do mundo

Todo viajante sabe porque viaja. Ele tem firmemente na cabeça os motivos que o levam pegar uma mochila ou uma mala e se aventurar pelo mundo. Alguns vão pela liberdade, outros para ampliar a criatividade, tem os que viajam por diversão e aqueles que adoram uma atração turística fora do padrão. Por isso o Viajar é Vida destaca as 7 atrações turísticas mais diferentes do mundo.

Muito provavelmente você conseguirá ajudar a aumentar esta lista, porque o que não falta é coisa diferente para se conhecer neste planeta. Quer dizer, a gente acha diferente porque não faz parte da nossa cultura. Mas para os turcos, por exemplo, o Museu do Cabelo é algo comum. A gente é que acha “estranho”. No Brasil algumas festas que celebram ingredientes típicos de uma região são o motivo para atrair tanta gente. Para a comunidade é comum, mas para quem vê de fora, é algo totalmente diferente.

Bora detalhar todos estes elementos e garantir essa lista das 7 atrações turísticas mais diferentes do mundo

Foto: divulgação

Festa do Pirão reúne uma multidão em Barra Velha anualmente

Cidade do litoral de Santa Catarina, Barra Velha tem uma festa anual voltada a um prato típico da região: o pirão. Feito com farinha de mandioca, que é a base principal das receitas, ele pode ter diferentes composições para ganhar diferentes sabores. Na culinária, pirão é a mistura da farinha com algum líquido, até formar uma papa pegajosa, escaldada e quente.

Em Barra Velha, há receitas como pirão de feijão, em que a farinha é misturada no caldo do vegetal. Este caldo pode ser cozido com diferentes carnes e linguiças, que são retiradas antes da farinha entrar. O pirão de peixe é outra iguaria comum em Santa Catarina. Do caldo de peixe, repleto de temperos e pedaços de carne branca dos pescados, faz-se o pirão que vai muito bem se acompanhado de molho de camarão.  A Festa Nacional do Pirão é realizada geralmente em setembro.

Foto: divulgação

Fedor e história no Museu do Esgoto de Paris

A magia de Paris vai por água abaixo (com o perdão do trocadilho) no Museu do Esgoto. Entrar no local é conhecer o interior dos escuros corredores que apresentam desde o sistema antigo até o sistema atual de esgoto da cidade. Além de entender o processo, você está literalmente embaixo da terra, percorrendo as galerias e ouvindo histórias como a inundação que destruiu Paris em 1910. Ah, importante dizer que é estranho e fedorento!!!! E na saída é possível comprar lembrancinhas como ratos de pelúcia. Bem no clima do museu né?

Seattle tem uma parede de chiclete mascado como uma atração turística estranha

Algum “porquinho” começou e desde 1993 esta parede no beco Post Alley vem recebendo chicletes mascados! E virou obra de arte a céu aberto, considerada inclusive como a segunda atração com mais germes do mundo segundo o site TripAdvisor. Reza a lenda que as pessoas passaram a colar seus chicletes antes de entrar num teatro das proximidades. Era ali que elas faziam a fila de entrada e, para não entrar nos espetáculos mascando, deixavam por ali mesmo. Até houve um período em que os doces eram raspados, para tentar manter a parede limpa. Mas chegou um período em que não foi mais possível

Foto: divulgação

Alemanha tem sua estranha regata de abóbora

Na Alemanha, a bizarrice está numa competição anual que é uma corrida de barcos feitos com abóboras gigantes. As embarcações são feitas em abóboras pesando 200 quilos ou mais e os competidores precisam ter, pelo menos, 14 anos de idade e saber nadar.  A regata de abóboras é feita no lago de Krewelshofer, geralmente em outubro. Ganha quem conseguir completar a prova e chegar primeiro no final do percurso de 35 metros. As abóboras são cultivadas especialmente para a corrida.

Foto: divulgação

Tem Museu do Cabelo na Turquia e ele está na lista das 7 atrações turísticas mais diferentes do mundo

Tem gente que não pode ver um fio de cabelo dos outros que até passa mal. Daí realmente não seria para estas pessoas este museu situado em Avanos (na Capadócia). Lá estão expostos os cabelos de mais de 16 mil mulheres. São paredes e paredes cobertas que dariam milhares de perucas. Ele foi criado em 1979 e começou porque uma amiga do criador (até então um ceramista) foi embora da região e deixou uma mecha do cabelo de recordação para ele. Já são mais de 16 mil mechas forrando o espaço. Não há cobrança de ingressos e nem a obrigação de os visitantes deixarem um pedacinho de si por lá. Mas, se quiserem, o museu tem tesouras prontinhas para cortar cabelos dos visitantes.

Foto: divulgação

Que tal uma reserva de gnomos? Essa é uma atração turística do Reino Unido

Tem quem não acredite e tem aqueles que dão forma real à fantasia. A Gnome Reserve (ou Reserva de Gnomos) tem milhares de metros quadrados de área e mais de 250 estatuetas da figura mitológica, que faz parte dos seres elementais da terra. São costumeiramente representados como pequenos humanoides que vivem sob a terra, em minas ou em ocos de troncos de árvores, onde guardam seus tesouros. A reserva possui ainda mais de 250 espécies de flores e o visitante é presenteado com um chapéu de gnomo na entrada.

Foto: divulgação

No Japão, spas temáticos chamam a atenção dos viajantes

Na região de Hakone, no Japão, em vez dos spas para descanso, com água termais e massagens, o que tem por lá são spas temáticos como o spa do vinho tinto ou do chá verde. E claro que o tema é o que tem nas piscinas para se banhar e aproveitar o momento de relaxamento. Já pensou um spa de sakê? Ou de café? Bom, alguns destes produtos têm suas propriedades de benefício à pele. Agora, spa de macarrão lamém (o famoso miojo)? Que benefício traz você mergulhar em uma banheira repleta de massa japonesa???? É estranho ou não é??? Vale muito entrar nesta lista de 7 atrações turísticas mais diferentes do mundo.

Foto: divulgação

O Viajar é Vida destacou 7 atrações turísticas mais diferentes do mundo! Porém, bizarrice pouca é bobagem! Aposto que você já passou por outras atrações tão ou mais estranhas, fala sério?! E compartilhe com a gente nos comentários!


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*