3 motivos para conhecer a Nova Zelândia

Elencar apenas 3 motivos para conhecer a Nova Zelândia é o nosso desafio sobre este país incrível, localizado do outro lado do planeta. A Nova Zelândia é composta pela Ilha Sul e Ilha Norte, e cada uma delas possui sua própria particularidade. A Ilha Sul (South Island) é famosa por abrigar lagos, montanhas e geleiras.

Composta por grandiosos cenários de paisagens naturais, as atrações incluem atividades como trilhas, praias, parques, esportes como canoagem e bungee jump. Já a Ilha Norte (North Island) é mais populosa.  Sede cinematográfica da saga O senhor dos Senhor dos Anéis, também é onde está localizada a importante cidade de Auckland, charmosa pelos bares e cafés à beira-mar.

Foto: Julius Silver

Os turistas interessados em conhecer a Nova Zelândia podem se basear nesta lista para fazer seu roteiro por lá!

  1. Visite a cidade de Auckland.
  2. Conheça a praia de Cathedral Cove.
  3. Veja vermes fluorescentes nas Waitomo Caves.
  4. Explore os gêiseres de Rotorua.
  5. Navegue pelo Lago Taupo.
  6. Atravesse para a ilha sul por Malborough Sound.
  7. Curta as praias do Parque Abel Tasman.
  8. Sobrevoe a Geleira Franz Josef.

“O Viajar é Vida detalha 3 motivos para conhecer a Nova Zelândia”

Pedra em formato de catedral batiza esta praia

Cathedral Cove é uma praia localizada a 170km de Auckland e se tornou famosa porque serviu de locação para o filme “Crônicas de Nárnia”. Imagine quão generosa foi a natureza que esculpiu uma rocha em formato de catedral de frente para a enseada. Daqui, de diferentes pontos, têm-se uma visão especial do lugar. A praia tem areia branca, porém com água gelada. Ideal para os corajosos de plantão.

Foto: Frank Ravizza

Coluna de água quente nos gêiseres de Rotorua

A atividade vulcânica do Pacífico se reflete diretamente em Rotorua, que fica na Ilha Norte da Nova Zelândia, distante cerca de 230km de Auckland. Aqui é possível visitar lagos, fontes, piscinas de lama e gêiseres, presentes da natureza que contribuem com o turismo local. Um dos mais famosos locais é o parque Wai-O-Tapu Thermal Wonderland. Fica aqui o gêiser Lady Knox, que entra em erupção todos os dias no mesmo horário e forma uma coluna de água e vapor que pode chegar aos 20 metros de altura.

Foto: Patrox

Neve e gelo integram o cenário da Nova Zelândia

O país apesar de pequeno tem uma variedade natural de tirar o fôlego. Na Nova Zelândia, nas montanhas, você pode conhecer este Patrimônio Mundial da Humanidade. O glacial Franz Josef possui 12km de comprimento e termina a 19km do Mar da Tasmânia. Este é outro aspecto que chama a atenção, a formação de neve e gelo a apenas 300 metros do nível do mar. A geleira fica a cinco quilômetros do centro da cidade que também foi batizada como Franz Josef.

Foto: Pixabay

Nova Zelândia passa a exigir visto para os brasileiros

Vai para Nova Zelândia? Fique atento às mudanças que entraram em vigor em 1° de outubro de 2019. O governo neozelandês passou a exigir a Autorização Eletrônica de Viagem (o Eletronic Travel Authorization, eTA) para os brasileiros – e mais 59 países – que desejarem passar até 90 dias ou apenas transitar pelo país.

Para realizar a emissão do visto é preciso acessar o site da Imigração da Nova Zelândia. Serão solicitadas informações e documentos, como dados pessoais, passaporte e os antecedentes criminais. A tarifa para emissão é de 9 dólares neozelandeses (R$23,40), para quem baixar o aplicativo e realizar pelo app sai por 12,50 (R$32,50). Sem a autorização, as companhias aéreas podem barrar o embarque do passageiro. Após a solicitação on-line, o eTA pode demorar até 72 para ser enviado. De acordo com a embaixada, essa nova exigência, visa acelerar os procedimentos para o turista e evitar a imigração irregular.

Além dessa nova exigência, o Brasil e mais 59 países terão que pagar a taxa extra de 35 dólares neozelandeses (R$91) referente à  preservação ambiental (International Visitor Conservation and Tourism Levy). A taxa turística e o eTA têm validade de 2 anos.

Foto: Holger Detje

Sim, existem dezenas de outras razões, mas focamos nos 3 motivos para conhecer a Nova Zelândia para convencer você de maneira rápida que o país é, sim, boa razão para encarar as horas de viagem até o outro lado do mundo.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*