Viagens de trem até Paranapiacaba

Viajar agora pelo Expresso Paranapiacaba será ainda mais fácil. Viagens de trem até Paranapiacaba terão mais horários a partir de setembro. Semanas atrás, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos aumentou o número de passeios para atender a demanda do Festival de Inverno e foi um sucesso.

Todos os bilhetes foram vendidos com antecedência. A companhia fez as contas e, de janeiro a julho deste ano, 6.109 passageiros realizaram as viagens de trem, enquanto que no ano anterior, foram 8.673 pessoas interessadas em conhecer de perto o trajeto de trem da capital ao interior paulista.

Viagens de trem até Paranapiacaba estão com novos horários

O passeio do Expresso Turístico é feito por um uma locomotiva com dois carros de passageiros, que comportam 174 pessoas, além de espaço para cadeiras de rodas (com cinto e ancoragem). Ela foi cedida pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF).

O percurso parte da Estação da Luz, uma dos mais importantes marcos arquitetônicos do país, e segue até Paranapiacaba, com opção de embarque e desembarque na Estação Prefeito Celso Daniel, em Santo André. A viagem de trem dura em torno de 1h30min e passa por ruas e construções inspiradas em vilas inglesas, contando como foi a implantação da ferrovia no estado paulista no século 19. É um verdadeiro mergulho na história.

As passagens são vendidas das 9h às 18h nas bilheterias das estações da Luz, por R$ 50 (ida e volta), e Prefeito Celso Daniel-Santo André por R$ 44 (ida e volta).

Mais informações sobre o trajeto e compra de bilhetes você encontra aqui.

Região de São Paulo tem novos horários para fazer o percurso de trem

Paranapiacaba fica na região do ABC paulista. É um bairro de Santo André

E o sobram atrativos turísticos para quem encara os minutos de viagem de trem, seguindo os trilhos da capital apara o interior.  A estação é de 1898, e carrega características inglesas, origem dos imigrantes da região. O relógio no alto da torre é uma reprodução do Big Ben e pode ser avistado há muitos metros de distância.

No mesmo local funciona o Museu do Sistema Funicular, uma verdadeira homenagem às viagens de trem. Apaixonados pelas locomotivas e vagões encontram no local trens que foram utilizados no período imperial para transporte inclusive de personalidades como Dom Pedro II.

Viagens de trem até Paranapiacaba

Dizem os estudiosos que Paranapiacaba é um termo em Tupi que significa “lugar de onde se avista o mar”. A simpática vila colorida com ares ingleses está entre os 100 monumentos mais importantes do mundo de acordo com levantamento World Monuments Fund , entidade que tem papel fundamental na preservação do patrimônio histórico.

Foi criada pela empresa São Paulo Railway para o controle operacional da ferrovia e para moradia dos colaboradores. Logisticamente, o projeto levou em conta a única fissura existente na Serra do Mar, praticamente o mesmo utilizado pelos índios e cujo objetivo era conectar o interior paulista ao porto de Santos. Foi o Barão de Mauá que solicitou a alguns sócios ingleses a tecnologia para realizar o projeto. Deu certo e até hoje é um local de referência turística.

Viagens de trem até Paranapiacaba
Foto: Pixabay

As viagens de trem são muito comuns em outros países do mundo

As viagens de trem são muito comuns em outros países do mundo, como Peru, Holanda, Inglaterra, Itália,  Portugal, Alemanha e por toda a Europa. E os trilhos de trem são ainda muito usados até hoje em São Paulo. Por isso, a Estação da Luz está entre as mais importantes estações ferroviárias do estado. Toda a parte arquitetônica que encanta os visitantes foi projetada por Charles Henry Driver, arquiteto britânico reconhecido em todo o planeta por ter feito o projeto de outras estações em diferentes  países.

Se você tem interesse em conhecer e até encarar esta viagem de trem, a estação está localizada no Bom Retiro e faz parte da rede de transportes sobre trilhos da CPTM. Por aqui é possível fazer a transferência gratuita para a Estação Luz do Metrô de São Paulo. Como tudo em São Paulo é gigante, a Estação da Luz é a segunda mais movimentada da rede metro-ferroviária, com até 147 mil passageiros todos os dias.

Para fazer a viagem com os metrôs, vale ressaltar que a estação conecta às linhas 1-Azul e 4-Amarela, por uma passagem subterrânea. Também é o ponto inicial de duas linhas de ônibus (chamados Expresso Leste – linhas 7 e 11).

Para os amantes dos museus, a viagem até São Paulo pode ser mais um motivo para algumas horas a mais no Museu da Língua Portuguesa, que está localizado junto da Estação da Luz e foi inaugurado em 2006.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*