Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu

Um dos destinos mais procurados por brasileiros e estrangeiros, Foz do Iguaçu possui atrações que estão entre as mais bem avaliadas e também em especiais sobre a natureza. Há uma infinidade de roteiros possíveis, mas hoje o Viajar é Vida apresenta um roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu com crianças.

A cidade fica no Extremo Oeste do Paraná, a uma distância de aproximadamente 643 quilômetros da capital Curitiba. Integra uma região com mais de 700 mil habitantes, somando moradores de Ciudad del Este, no Paraguai, e Puerto Iguazu, na Argentina, países com os quais Foz do Iguaçu forma a Tríplice Fronteira.

Foto: álbum de viagem

Há diversos voos em direção a Foz do Iguaçu, mas fomos de carro

Uma viagem de carro pode ser bastante cansativa, principalmente porque não há muito o que fazer ou onde parar no trajeto. Por isso, as companhias aéreas têm investido em alguns voos diretos de cidades estratégicas para Foz do Iguaçu, mas a maioria das opções com preço acessível parte de São Paulo. O custo de uma passagem de ida e volta está custando, em média, R$ 400.

A nossa experiência foi de carro, partindo de Blumenau (SC). Como estávamos com uma criança de dois anos e meio, optamos por fazer o trajeto de ida em duas partes. Paramos para pernoitar em Mafra (SC) e, no dia seguinte, acordamos às 4h para seguir viagem. Vale ressaltar que, neste nosso roteiro de três dias em Foz do Iguaçu, não incluímos os deslocamentos, sendo que no nosso caso seria necessário um dia para ir e um para voltar. Com esse planejamento, chegamos em Foz do Iguaçu às 14h.

Foto: Pixabay

Pesquise antes de fazer compras no Paraguai

No primeiro dia, aproveitamos a localização para uma passagem pelo Paraguai. Os principais shoppings ficam logo após a fronteira e o ideal é que você vá de taxi. Há muitas opções de estacionamento próximos à aduana, onde você pode deixar o carro e escolher um taxista. A ida ao Paraguai, na nossa opinião, só vale se a cotação do dólar estiver muito boa e você tiver uns dias a mais na programação. Nós, como queríamos um produto que valia muito a pena, mas tínhamos apenas o roteiro de três dias em Foz do Iguaçu, fizemos o seguinte: mamãe e bebê aproveitaram para conhecer o Centro da cidade, onde o hotel estava localizado, enquanto o papai foi até Ciudad del Este. Se você pretende aproveitar para fazer o mesmo, uma dica é, converse com quem já foi e fez compras, peça indicações, avalie preços antes, só assim vai realmente valer a pena.

Assista ao pôr-do-sol no Marco das Três Fronteiras

Foto: álbum de viagem

Em seguida, para fechar o primeiro dos três dias em Foz do Iguaçu, nos preparamos para visitar o Marco das Três Fronteiras, uma das principais atrações para quem quer conhecer a história da cidade. Nós chegamos por volta das 17h30min para dar tempo de apreciar o pôr-do-sol com vista para os rios Iguaçu e Paraná. No local, há o obelisco que marca a divisão territorial entre Brasil, Argentina e Paraguai e foi inaugurado em 1903 pelo Marechal Cândido Rondon e Dionísio Cerqueira.

É um espaço muito bonito, tranquilo e com opções para entreter os pequenos, como um labirinto com imagens que retratam a fauna e a flora da região e um parque infantil. Na loja de souvenires, que você passa obrigatoriamente na entrada e na saída, há muitas opções de artesanato local.

De alimentação, você pode escolher entre as opções de lanches disponíveis em carrinhos ou pelo jantar do Cabeza de Vaca, com um preço mais salgado. Para conhecer a história de Foz do Iguaçu, há a sala de vídeo, com horários de exibição pré-estabelecidos, e também a apresentação cultural, que começa às 19h30min e vale muito a pena. Os bailarinos retratam a colonização da cidade por meio de coreografias e figurinos que valorizam os estilos de música e dança dos três países. A entrada no Marco das Três Fronteiras custa R$ 18 por pessoa.

Foto: álbum de viagem

Muita natureza no Parque das Aves

Em um roteiro de três dias em Foz do Iguaçu não pode faltar o Parque das Aves e as Cataratas do Iguaçu principalmente se você estiver com crianças. Além dos dois lugares serem muito bonitos e estarem na lista de desejo de todo viajante que vai até a cidade, eles permitem que os pequenos se sintam livres para correr e brincar, enquanto os papais podem desfrutar das belezas naturais.

O Parque das Aves abre às 8h30min e a entrada custa R$ 40 por pessoa. O ideal é chegar bem próximo a abertura dos portões mesmo, assim você pode aproveitar tudo que tem e ainda consegue ter tempo para conhecer as Cataratas no mesmo dia. E não tente inverter os passeios, a não ser que você leve toalha e roupa extra, pois a chance de se molhar nas Cataratas é grande.

Ainda no Parque das Aves, é possível encontrar um quiosque com opções de lanche em meio à trilha e também bancos para você desfrutar de algum snack que levou, mas atenção para descartar o lixo corretamente e contribuir com toda a preservação que é trabalhada no local.

Existem animais que você só avista de longe, mas são muitos os viveiros que permitem a entrada para que você fique bem pertinho das aves, como no caso das lindas Araras. No fim do passeio, você também encontra uma loja de souvenires e um restaurante, onde é possível almoçar antes de seguir para o próximo passeio.

Foto: álbum de viagem

No roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu as Cataratas do Iguaçu não podem ficar de fora

As Cataras do Iguaçu ficam em frente ao Parque das Aves, é só atravessar a rua, portanto você pode optar por um dos estacionamentos que ficam ali por perto e curtir o dia sem preocupação. A diária custa, em média, R$ 20. Só esteja preparado para a fila, são dois momentos um pouco cansativos: primeiro para comprar os tíquetes, que custam R$ 37 por pessoa e R$ 10 por criança, e depois para aguardar o transporte até as Cataratas.

Nós optamos em ir direto ao ponto que deixava mais próximo à famosa Garganta do Diabo e depois seguimos a pé até o ponto final, onde há lojas de souvenires e algumas opções de lanches. O local é realmente espetacular, uma obra natural impressionante e que faz jus em estar entre as 7 maravilhas da natureza. Pela proximidade com o Parque das Aves e por ser uma região muito arborizada, é muito comum encontrar espécies exóticas também, como tucanos. Além de estar preparado para se molhar, esteja disposto a ser paciente, pois é possível ver as Cataratas de muitos ângulos, mas para chegar ao ponto principal existe um só caminho. Porém, podemos garantir que vale muito a pena!

Foto: álbum de viagem

Aproveite um típico jantar argentino indo até Puerto Iguazu

Para quem curte gastronomia e um bom churrasco argentino, uma ótima opção é encerrar o segundo dia do roteiro de três dias em Foz do Iguaçu indo até a Argentina. A passagem pela aduana é super tranquila e antes do jantar você pode fazer uma parada no Duty Free. Assim como no Paraguai, as compras dependem da cotação do dólar, principalmente porque neste caso os produtos são de marcas mais famosas e conceituadas. Como opção de restaurante, tem o El Quincho del Tio Querido que, além de servir os pratos típicos, ainda possui uma apresentação de tango.

Se impressione com a engenharia da Usina de Itaipu

Foto: álbum de viagem

Construída entre os anos de 1975 e 1982 após um acordo entre Brasil e Paraguai, a Itaipu Binacional é líder mundial na produção de energia limpa e renovável. Para os mais técnicos, a usina ainda apresenta outros detalhes que surpreendem e podem ser conhecidos em passeios especiais, como Itaipu Especial (R$ 51) e Itaipu Iluminada (R$ 45).

Mas para turistas mais leigos como nós, visitar o local no roteiro de três dias em Foz do Iguaçu impressiona pela grandiosidade da obra. Depois de passear por locais onde o cuidado ambiental é predominante, a ida à Itaipu nos faz pensar em como a vida humana interfere na natureza. Neste caso, um lago foi construído e alguns pontos são utilizados por moradores da região para diversão.

Uma das visitas oferecidas, inclusive, é um Passeio de Kattamaran pelo lago (R$ 80 com almoço incluso). Nós escolhemos a Visita Panorâmica (42), que dura aproximadamente uma hora e percorre toda a usina em um ônibus panorâmico com três paradas estratégicas para fotos, apreciação da obra e lanche. Vale destacar que há toda uma compensação ambiental e que pode ser conhecida através das atividades no Ecomuseu (R$ 18) ou no passeio pelo Refúgio Ecológico Bela Vista, uma unidade de proteção à fauna e à flora da região que abriga 960 gêneros de plantas e 50 espécies de animais como jaguatirica, quati, jacaré, urubu-rei e serpentes.

Conheça uma nova cultura visitando uma mesquita ou um templo budista

Para fechar o roteiro de três dias em Foz do Iguaçu, você pode aproveitar a última tarde para fazer turismo religioso. Na cidade, ficam localizados o Templo Budista Chen Tien e a Mesquisa OmarIbn Al-Khattab. Nós, que gostamos de conhecer novas culturas com através desses passeios, optamos por ir até a mesquita, pois já havíamos conhecido um templo budista em Três Coroas (RS).

A entrada é gratuita, mas é preciso chegar até às 16h e evitar roupas curtas e decotadas. As mulheres recebem um véu que deve ser vestido antes de entrar no local. E, pra iniciar o passeio, você deve esperar o momento de oração terminar, ele acontece em alguns horários durante o dia, seguindo a Palestina, conforme mostra a TV que fica dentro da mesquita.

Já no interior, há uma guia que nos apresenta a mesquita rapidamente e fala um pouco da religião como forma de quebrar estereótipos. Depois da visita, vale um café na Albayan Doceria Árabe eles são pequenos, perfeitos para experimentar mais de um sabor. Aposte no bolo de semolina e em qualquer docinho com pistache, são maravilhosos!

Foto: álbum de viagem

Já esteve em Foz do Iguaçu? Como você planejou seu roteiro? Conte para o Viajar é Vida e compartilhe nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*