Quais os atrativos turísticos do Cazaquistão

Estimulado pelo lançamento do filme Borat 2, cujo personagem principal nasceu por lá, o governo local está aproveitando a repercussão para fazer sua nova campanha de divulgação turística. Mas quais os atrativos turísticos do Cazaquistão? O que os viajantes vão poder ver por lá? O Viajar é Vida vai destacar os melhores lugares, antes vale dizer que por ser um país islâmico, o Cazaquistão é repleto de restrições. Tanto que na primeira edição do filme de Borat, governo baniu o material por divulgar uma imagem misógina, primitiva e antissemita do país. Mas a coisa agora mudou e o responsável pelo turismo do país considera que o Cazaquistão está de portas abertas e com um rico potencial turístico.

O Cazaquistão é um país da Ásia Central e antiga república soviética. Estende-se do Mar Cáspio, a oeste, até as montanhas de Altai, na fronteira leste com a China e a Rússia. Sua maior metrópole, Almaty, é um tradicional centro de comércio, cujos principais monumentos são a Catedral da Ascensão, igreja ortodoxa russa da era czarista e o Museu Estatal Central do Cazaquistão, que exibe milhares de artefatos cazaques.

Quem trilhou o Cazaquistão foi Alexandre, o Grande, rei da Macedônia e discípulo de Aristóteles. Seu território integrou a rota mundial da seda e a cidade de Baikonour foi o ponto de partida do primeiro foguete ao espaço com o soviético Yuri Gagarin, em 1961.

Há várias paisagens naturais como atrativos turísticos do Cazaquistão
Foto: divulgação

Dicas para entender melhor sobre o país

Sem a necessidade de visto para brasileiros, com passaporte com 6 meses de validade e sem a necessidade de nenhuma vacina específica para entrar no país, o Cazaquistão tem como idioma oficial o cazaque e o russo. A capital é Astana, uma metrópole que vem se destacando, graças à modernização e foco na arquitetura grandiosa que logo passou a atrair milhares de viajantes.

A riqueza e desenvolvimento estão ligados principalmente à extração de petróleo e gás. Além disso, territorialmente, o Cazaquistão é o maior país da Ásia Central e o mais desenvolvido. E apesar desta lado tão moderno, há ainda boa parte da população que vive como os antepassados, sem moradia fixa, dormindo em cabanas montadas onde bem entenderem e tendo como fonte de renda apenas a própria subsistência por meio da agricultura, adestramento de animais como cavalos e águias e pastoreio. Para visitar o Cazaquistão é importante entender que é uma região de frio intenso e que, por isso, o ideal é fazer a viagem entre maio e setembro, para evitar as temperaturas tão sofridas.

Apesar de ter uma capital moderna, há também trechos praticamente intocados no território do Cazaquistão
Foto: divulgação

Quais os atrativos turísticos do Cazaquistão? Há vários em Astana

A capital recente é Astana, uma cidade que em 30 anos conseguiu estar entre as metrópoles mais avançadas de todo o mundo. Ela começou a ser construída em 1997, no lugar da antiga chamada Almaty e projetada pelas mãos do famoso arquiteto japonês Kisho Kurokawa. Pelas ruas, o viajante logo percebe a suntuosidade e até, em alguns pontos, o exagero das obras. Uma das mais famosas é a Torre Bayterek.

O monumento tem o objetivo de representar um conto folclórico sobre uma árvore mítica da vida e um pássaro mágico da felicidade, símbolos locais. A estrutura tem 105 metros de altura e é uma estrutura estreita e cilíndrica que termina alargando-se em direção ao topo em braços mais largos onde está uma esfera dourada e espelhada de 22 metros que contém o mirante. A altura do mirante é de 97 metros, simbolizando o ano da transferência da capital para Astana (1997). De seu topo é possível ver boa parte da cidade. Na plataforma há uma placa dourada, na qual há o contorno da mão direita de Nursultan Nazarbayev, o primeiro presidente da independente República do Cazaquistão. Um aviso sugere aos visitantes colocar a própria mão na placa e fazerem um desejo: quando alguém o faz, o Hino Nacional do Cazaquistão começa a tocar. Além do mirante, a torre contém um grande aquário e uma galeria de arte.

Monumentos majestosos se espalham pelas ruas da capital do Cazaquistão
Foto: Doris Rieck/Wikipedia

Conheça outros atrativos turísticos de Astana no Cazaquistão

Apesar de plana, Astana é uma cidade que se desenvolveu em distâncias. Circular por aqui é tranquilo, embora tudo seja muito longe e você precisará caminhar muito. A cidade é segura e você poderá se orientar pelos grandes prédios. É o caso do Prédio KazMunayGaz; que é onde é feita a administração do petróleo e gás do país. A Rua Nurzhol Boulevard é um eixo central de dois quilômetros por onde se estende a nova área do governo. Ela vai aqui do Prédio KazMunayGaz até o Palácio do Presidente, Ak Orda.

Logo atrás ficam novas construções que chamam a atenção pela arquitetura, como o Palácio da Paz e da Reconciliação que é uma pirâmide feita em aço e vidro. O projeto foi idealizado pelo arquiteto britânico Norman Foster e foi inaugurado em 2006 para receber o Congresso Mundial de Tradições Religiosas. O local é aberto a visita guiada de meia hora de duração.

Obras modernas e arquitetura diferenciada são pontos turísticos de Astana, a capital do Cazaquistão
Foto: divulgação

Museu de História e Shopping também na lista dos atrativos locais

Construído em 2014, o Museu de História do Cazaquistão é outra construção com arquitetura diferenciada. A fachada feita de mármore branco e vidros azuis. Fica próximo ao Palácio da Independência e possui um acervo todo voltado ao resgate e conservação da história de luta do povo do Cazaquistão.

Mesmo que você não curta compras, precisa conhecer o shopping center Khan Shatyr que chama muito a atenção pela mistura de estilos. São 150 metros de altura, num estilo suntuoso e exótico. Apesar de alto, são quatro andares de espaço com lojas renomadas. Os shoppings são comuns nas maiores cidades do Cazaquistão porque trazem conforto térmico nos períodos de frio intenso (que não são poucos).

Astana é uma cidade realmente interessante e se você curte essa arquitetura, vai encontrar um prato cheio aqui. O Arquivo Nacional do Cazaquistão tem o formato de um ovo, por exemplo. Já o Teatro da Ópera de Astana se mostra em estilo greco-romano e possui uma escola de balé de padrão russo. Já o Central Concert Hall foi projetado para lembrar as pétalas de uma flor, o Circo de Astana no formato de um disco voador e a Biblioteca de Astana na forma de holofote. Chamou sua atenção? Certamente todos eles estão na lista de quais os atrativos turísticos do Cazaquistão.

Saindo de Astana, conheça a cidade de Atyrau

Na lista de quais os atrativos turísticos do Cazaquistão está a bela e antiga Atyrau. Está localizada no lado europeu do Cazaquistão, próximo ao Mar Cáspio. A cidadezinha em si é muito interessante e ainda possui locais como o Museu Regional de História e o Museu das Artes.

Para quem curte ecoturismo e turismo de aventura, encontra no Parque Nacional Ile-Alatau, na cidade de Almaty paisagens de tirar o fôlego. Há uma rica fauna e diferentes espécies de árvores, inclusive frutíferas. O parque tem montanhas, lagos e cascatas nos arredores. Na mesma linha natural, mas no Parque Nacional Sharyn, estão a Cascata do Urso (Bear Waterfall) e o cânion de Turgen Gorge.

As cores de Astana mostram que ela é uma cidade moderna e repleta de atrativos turísticos no Cazaquistão
Foto: divulgação

Você acreditava ter tanta coisa bonita neste trecho da Ásia Central? O que achou da lista de quais os atrativos turísticos do Cazaquistão? Este é um destino mais exótico, mas se você já esteve por lá, compartilhe com os leitores do Viajar é Vida nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*