Polo Norte cancela celebração de Natal por causa da temperatura

Esta é a primeira vez na história isso acontece. Polo Norte cancela a celebração de Natal por causa da temperatura no Alasca. O famoso “Natal no Gelo” não ganhará formas porque as lagoas não estão congeladas o suficiente para coletar gelo.

Anualmente a região abre ao público o parque de esculturas “Christmas in Ice”, com motivos natalinos transformados em diversas peças esculpidas no gelo. Este, no entanto, será o primeiro ano em 14, desde que o lugar foi aberto, que isso não será possível.

A única tratativa inicial será a decoração dos postes de luzes com os bastões de doces. A Casa do Papai Noel, no Polo Norte, será mantida, assim como a loja de presentes que fica ao lado. A única atividade fora, este ano, será mesmo o parque de esculturas, já que não há gelo suficiente para fazer o entalhe das peças.

Foto: David Mark

Semanas com temperaturas atípicas mudaram o calendário no Polo Norte

Dizem os organizadores que a falta de gelo nos lagos e lagoas do Alasca se deve a um outubro atípico, com temperaturas acima da média. E embora tenha sido registrada uma queda maior no volume de neve, este é outro problema, já que a neve dificulta a formação do gelo mais sólido, ideal para esculpir as estátuas.

O departamento de clima do Alasca comentou que Polo Norte está quase 8 graus mais quente que o normal. Temperaturas similares ou ainda mais quentes foram registradas no ano passado e em 2013, mas em ambos os casos não foi necessário interromper a abertura do parque de esculturas de gelo.

Foto: Jacqueline Schmidt

A baixa temperatura em outubro na região este ano foi de 14 graus, a temperatura mínima mais alta de outubro nos 50 anos de registro no Polo Norte. Os especialistas destacaram que os oceanos quentes e a falta de gelo do mar estão contribuindo com uma quantidade imensa de calor para a atmosfera regionalmente, e não é surpresa que se tenha como reflexo a falta de gelo.

Onde fica o Alasca?

O Alasca (ou em inglês Alaska) é um dos dois estados dos Estados Unidos que não fazem parte do seu território contínuo. Ele e o Havaí ficam fora da área e ainda assim o Alasca é o maior estado norte-americano. Se fosse um país independente seria a 19ª maior nação do mundo.

Também é o estado com a maior linha costeira. A distância do Alasca para a capital Washington é de 800 quilômetros, com o Canadá no meio do caminho. A capital do Alasca é Juneau e é a única capital estadual acessível somente por via naval ou aérea. Não existe qualquer rodovia que conecte a cidade ao restante do continente.

É possível viajar para o Alasca?

Claro que é possível viajar para o Alasca! O local tem principalmente belezas naturais para serem vistas, apreciadas e curtidas. E a natureza é praticamente intocada. Pelo menos 80% do território do Alasca está sob proteção e não foi danificado. Então, a imensidão selvagem é um dos pontos positivos para quem curte uma viagem mais roots.

Se o viajante busca trilhas e escaladas, encontra no Alasca 17 das 20 maiores montanhas de toda a América do Norte. É ali, aliás, que fica o Monte Denali, o ponto mais alto do trecho norte dos Américas com 6.187 metros.

Também é por aqui que estão espetaculares geleiras, os famosos glaciares. São mais de 100 mil deles, verdadeiros paredões de gelo que formam barreiras naturais em rios e lagos. Quem curte aventura, pode experimentar algo como remar em um caiaque bem próximo deste incrível cenário branco.

Com tanto território ainda inóspito, vale destacar a quantidade de animais selvagens no Alasca. Os ursos, por exemplo, estão por toda parte e estima-se uma população de 100 mil exemplares. Outros seres comuns por aqui são os alces. Mas também é possível encontrar lobos, lontras, morsas e bisontes. E nas águas, prepare-se para ver as baleias jubarte ou orca.

Quando é melhor visitar o Alasca?

A melhor época para visitar o Alasca são os meses mais quentes de verão entre maio e setembro, quando os dias não são frios e há longos períodos de luz. É neste período inclusive que estão em alta os navios de passageiros. Anchorage é uma cidade de 286 mil pessoas onde costumam chegar os cruzeiros. Na mesma região é possível avistar a aurora boreal, espetáculo lindíssimo da natureza que risca o céu noturno de cores como o verde. A capital do Alasca é Juneau, considerada a maior cidade em território nos Estados Unidos, já que se espalha por algumas ilhas. Apesar de tão próxima do Polo Norte, faz cerca de 20 graus durante o dia no Verão e até 40 graus negativos no Inverno.

Foto: Skeeze

Polo Norte cancela celebração de Natal por causa da temperatura. E pra você: Natal com neve ou sem neve? Qual sua preferência para esta data que reúne a família e os amigos? Conte pra nossa equipe do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Um comentário

  1. Pingback: Barra Velha tem maior árvore de Natal de garrafa pet do Brasil

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*