Quais os museus mais diferentes do mundo?

A lista é grande, principalmente porque cada vez mais os turistas se empenham em conhecer detalhes das regiões onde irão visitar. Neste post o Viajar é Vida responde à pergunta “quais os museus mais diferentes do mundo?”. De espaço específico para cultuar o órgão sexual masculino ou para empoderar com o poder da quebra de tabus sobre o órgão sexual feminino, há muitos museus diferentes em todo o planeta. Conheça a nossa lista.

Um museu que desmistifica os tabus sobre a vagina

O Museu da Vagina fica no Camden Market, em Londres. Foi criado em novembro deste ano como o primeiro museu dedicado exclusivamente ao órgão sexual feminino.  A ideia é quebrar tabus por meio do empoderamento e da informação. Idealizado por Florence Schechler, profissional que já fazia eventos de sucesso com foco no potencial da mulher, o espaço conta com voluntárias que respondem dúvidas dos visitantes. Desenhos, notícias e instalações reforçam a importância do conhecer o corpo. A entrada é gratuita.

Muitos pênis conservados em formol no Museu do Falo

Na Islândia há um museu dedicado ao órgão sexual masculino. O Phallus Museum possui 215 exemplares de espécies de animais, conservadas em formol e colocadas em recipientes de vidro. Há ainda a mostra de pênis de diversas espécies que estão ameaçadas ou extintas tanto no mar da Islândia quanto em outros lugares do planeta. A coleção teve início em 1974, embora o museu só tenha aberto as portas em 1990. O espaço dedicado aos falos está entre os museus mais diferentes do mundo.

Museu da dissecação tem cadáveres na Alemanha

Com cerca de 40 anos de estudo na ciência de dissecação de corpos, o médico alemão Gunther von Hagens criou um método de preservação especial de corpos humanos. Com a aplicação de um polímero sintético, ele consegue tirar a água e os lipídios fazendo com que não haja a decomposição dos tecidos. A técnica chamada de plastinação e é o mote principal do museu situado em Guben, na Alemanha. O Museu Plastinarium foi todo criado nesta concepção e, no local, os visitantes aprendem sobre esta técnica de 1977, além de ver diversos corpos plastinados.

Museu indiano foca nas privadas

A quantidade de habitantes e o caos urbano são motivos mais do que especiais para a manutenção deste museu de Nova Delhi. Ele retrata a história da higiene e saneamento de 2500 a.C. até hoje. Foi criado há quase 50 anos e conta com mais de 50 mil voluntários dedicados a difundir o uso de vasos sanitários pela Índia. Isso ocorre por conta da falta de saneamento em muitas cidades indianas e o projeto foca, então, na disseminação da importância do uso dos sanitários para as organizações familiares.

Quais os museus mais diferentes do mundo?

Direto do Japão, o Museu do Macarrão

A técnica japonesa do macarrão instantâneo, criada em 1958 por Momofuku Ando, até hoje é representação certa da cultura alimentar do Japão em todo o mundo. E esta relação do país com os lamém está apresentada no Momofuku Ando Instant Ramen Museum. O lugar conta a história, a evolução e tem também diversos pacotes de macarrão instantâneo existentes pelo mundo.

Corpos humanos reais no Museu das Múmias

Parece macabro, mas é uma forma de preservar a história e até ficar impressionado com a técnica milenar de mumificação. E é para isso que servem os museus mais diferentes do mundo: explicar coisas diferentes ao restante da população. A pequena cidade mexicana de Guanajuato mantém expostos centenas de corpos que haviam sido enterrados nas criptas do panteão de Santa Paula em meados do século 19. Naquela época, diz a história, se as famílias não conseguissem pagar os impostos funerários de seus entes queridos, teriam de exumar os corpos e darem seu próprio destino. Ao desenterrarem, no entanto, descobriram que todos estavam mumificados através de um processo natural, acredita-se que por fatores climáticos da região. Todos estes corpos estão até hoje expostos no Museu das Múmias de Guanajuato.

Você considera estes entre os museus mais diferentes do mundo? Quais os museus mais diferentes do mundo? Que outros a gente poderia aumentar nesta lista?


Conteúdos Relacionados


2 comentários

  1. Pingback: As 9 cidades que dão nome aos personagens de La Casa de Papel Viajar é Vida!

  2. Pingback: Quais os 5 maiores museus do mundo? Viajar é Vida!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*