O que fazer em Porto Alegre

A capital gaúcha é cultural, geograficamente bem servida de cenários e mantém firme a tradicional rivalidade futebolística. Por isso, ganha espaço entre os viajantes. O Viajar é Vida traz agora dicas sobre o que fazer em Porto Alegre. Não é difícil escolher se você ama a parte gastronômica e cultural, visitar parques e também gosta de conhecer estádios pelo mundo. Prepare-se para esta viagem em terras gaúchas, porque o Rio Grande do Sul te espera.  

O que fazer em Porto Alegre? Experiências científicas no museu da PUC

Este programa é quase uma unanimidade. O Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS fica junto à universidade e se mantém desde 1982. Ele sucede o antigo Museu de Ciências que havia sido inaugurado em 1967. Desde muito cedo, a PUC mantém viva a chama do conhecimento científico, instigando o senso comum por meio de instalações, peças e diferentes apelos para chamar a atenção do público sobre o tema.

O Museu de Ciências e Tecnologia é um dos mais interativos do gênero e apresenta novidades sobre o universo, a Terra, o meio ambiente e o ser humano. São cerca de 700 experiências interativas e um acervo permanente de 5 milhões de peças.

Foto: PUCRS

Futebol é rivalidade, mas ajuda no turismo

Se o desejo for por conhecer de perto a estrutura dos clubes de futebol com seus estádios monumentais, o Beiro Rio e a Arena do Grêmio devem constar no seu programa de viagem. O Gigante da Beira Rio (cujo nome correto é Estádio José Pinheiro Borda), fica às margens do lago Guaíba em Porto Alegre e é do Internacional Sport Club. Pode receber simultaneamente cerca de 50 mil pessoas e é o 10º maior estádio do país. Inaugurado em 1969, recebeu melhorias para a Copa do Mundo realizada no Brasil em 2014. A exigência da Fifa era para que o estádio fosse adaptado às exigências e padrões internacionais do futebol. Durante o mundial, o Beira Rio recebeu cinco jogos oficiais.

DCIM\100GOPRO

Estádios recebem multidões de viajantes

E além do Estádio do Internacional, a Arena do Grêmio recebe uma multidão de viajantes interessadas em conhecer a estrutura de um dos maiores clubes brasileiros. Fica no Bairro Humaitá, em Porto Alegre, e tem uma capacidade ainda maior do que a do Estádio do Inter: 60.540 lugares. Com este tamanho, figura como o 7º maior estádio do Brasil. A inauguração foi em 2012, também depois de ter sido preparado para  a Copa do Mundo de 2014. Mais adiante, em 2019 o local serviu para a Copa América com a realização de de cinco partidas entre elas a semi-final entre Chile 0 x 3 Peru. Mesmo com esta disputa interna entre os gaúchos, a Arena do Grêmio também entra na nossa lista sobre o que fazer em Porto Alegre.

Foto: Marcelo Campi

Lago Guaíba tem cenários belíssimos

Entre os atrativos naturais, destaque para o Lago Guaíba, que banha além da própria Porto Alegre, as cidades de Eldorado do Sul, Guaíba, Barra do Ribeiro e Viamão. Mais do que seu aspecto ambiental e sua capacidade de abastecimento hídrico da região metropolitana, o Guaíba tem também seu lado econômico e histórico junto à comunidade. Vale destacar que a partir do Guaíba, as águas vão para a Lagoa dos Patos e depois para o Oceano Atlântico.

São 496 quilômetros quadrados de área, com o comprimento máximo de 50 quilômetros. Ao longo da orla, podem ser encontrados diferentes pontos turísticos gaúchos, como a Usina do Gasômetro, a área revitalizada da própria orla, o estádio de futebol Beira-Rio, o Anfiteatro Pôr do Sol, a Fundação Iberê Camargo, as ruínas do Estaleiro Só, entre outros.

Foto: Ana Paula Hirama

O que fazer em Porto Alegre: Parque Moinhos de Vento

Se a lista do que fazer em Porto Alegre já estava interessante, imagine agora que o Viajar é Vida vai destacar os parques. O Moinhos de Vento, também chamado de Parcão (pela sua grandiosidade e por fazer parte da vida dos moradores de Porto Alegre), tem muita ligação com a história e com o dia a dia dos locais. O nome “Moinhos de Vento” está ligado a um equipamento destes, do século 18, que fazia parte da região onde está localizado o parque. Foi em 1960 que, em busca de formalizar as áreas verdes para evitar que as futuras gerações sofressem com a falta da natureza, que foi decretada a região como Parque Moinhos de Vento. O Parque Moinhos de Vento é um lugar amplo, com muito verde e excelente para encontrar os amigos, relaxar, fazer corridas ou caminhadas, aproveitar o principal hábito do gaúcho que é tomar o chimarrão  até fazer um piquenique.

Foto: Wikipedia

Programação do dia: bater perna ou fazer nada!

Neste mesmo clima de parque verdejante e point turístico, o Parque Farroupilha também entra na lista do que fazer em Porto Alegre. Ele também é conhecido como Parque da Redenção e é, com certeza, um dos destinos certos dos moradores de Porto Alegre que querem um momento de lazer, de descanso ou alguma prática esportiva. O que hoje é um parque muito bem servido de verde, já foi uma planície alagadiça. Não se espante ao ver famílias e seus cães circulando por aqui, é que um “cachorródromo” concentra os pets que também aproveitam para se divertir. Pelo Parque Farroupilha você verá muita gente fazendo nada, num momento de descanso que é só deles. E você pode copiar, depois de uma boa circulada por ele.

Foto: Ana Paula Hirama

Mário Quintana é homenageado no centro cultural onde ele próprio viveu

O que hoje é a Casa de Cultura Mario Quintana já foi um Hotel Majestic, com seu auge nos anos 1930 a 1950 em Porto Alegre. Tão famoso que era onde ficavam os presidentes do Brasil, para se ter um exemplo do requinte. A Casa é uma homenagem a um dos mais premiados poetas brasileiros, Mário Quintana, que nasceu em Alegrete (também no Rio Grande do Sul), mas adotou Porto Alegre como cidade de coração. E acredite, ele viveu no hotel de 1968 a 1980, no apartamento 217. O tombamento que levou a centro cultural foi em 1990. O prédio pertence ao governo do estado, e acomoda ampla variedade de espaços culturais, como a Biblioteca Lucília Minssen, a Biblioteca Érico Veríssimo, parte do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul, os Acervos Elis Regina e Mário Quintana, a Discoteca Pública Natho Henn, as Galerias Xico Stockinger e Sotero Cosme, os teatros Bruno Kiefer e Carlos Carvalho, além de três salas de cinema, cafés, livraria e inúmeras salas com destinações específicas e outras tantas de uso múltiplo.

Foto: Rodrigo Argenton

E então, vai descolar este passeio para a capital gaúcha? Claro que a lista do Viajar é Vida sobre o que fazer em Porto Alegre teria muito mais atrações. Mas a gente quer dicas suas também! Conte pra gente nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*