Como ir para as Ilhas Maldivas?

Sabe quando a água do mar e o céu são tão azuis que parecem ser uma única coisa? Pois é assim nas Maldivas, pequeno país localizado no meio do Oceano Índico, cuja referência geográfica é o Sri Lanka e a Índia. Mas, como ir para as Ilhas Maldivas? Bem, primeiro é preciso saber queo arquipélago da República das Maldivas (este é o nome oficial do país) é formado por exatas 1.196 ilhas de pequeno porte e apenas 200 delas são habitadas.

O ritmo de vida é mais lento, em contato com o mar, com o sol, com a natureza exuberante que mescla o verde da vegetação com o intenso azul do céu e do mar. O azul só perde um pouco do tom quando o sol começa a se por. As nuances azuladas dão espaço para mesclas de amarelo e rosa (dependendo do dia), até que a escuridão da noite traga o brilho da lua e das estrelas. Quer clima mais romântico do que todo este cenário?  Por isso as Ilhas Maldivas estão na lista de desejos dos casais em lua de mel.

Porém é importante saber a distância e os valores de passagem e hospedagem para não ter um susto. Viajar até as Maldivas, partindo do Brasil, é caro mesmo. Em média, se programando e comprando as passagens com antecedência, o valor gira em torno de R$ 7.900 por pessoa.

Foto: Andreas Schau

“Como ir para as Ilhas Maldivas?”

Foto: Pasja 1000

Como chegar às Maldivas?

Os voos partem de Guarulhos, em São Paulo, com destino a Malé, a capital das Maldivas. Os voos são feitos pela Emirates (ótima companhia aérea), com conexão em Dubai. Dependendo do tempo de conexão, a viagem dura de 24 a 30 horas. A chegada na capital das Maldivas não é o fim da viagem. Dica importante: pelas pesquisas feitas pelo  Viajar é Vida, fevereiro e março são os meses com valores mais em conta para as passagens. Julho, dezembro e janeiro os valores sobem um pouco.

Vale destacar, no entanto, que o clima é quente e ensolarado o ano todo, com temperaturas médias de 23 a 31 graus. Mas o melhor clima é entre novembro e abril. A alta temporada vai de dezembro e março (preços mais salgados) e a temporada de chuvas é entre maio e outubro. Algumas respostas já dadas. Ainda tem dúvidas sobre como ir para as Ilhas Maldivas?

Foto: Gattak 123

O que fazer na capital das Maldivas

Malé é uma cidade de médio porte (no que diz respeito à construção civil), tem menos de 7km quadrados de área e uma elevada densidade populacional. É reconhecida pelas mesquitas e edifícios coloridos, tem infraestrutura bacana, alguns arranha-céus e diferentes atividades que não apenas aquelas das praias paradisíacas. Convenhamos que o foco de quem viaja para as Maldivas é mesmo o contato com os cenários de filme, embora as praias da capital também terem o mesmo tom azulado das  águas.

Por Malé, aproveite para conhecer Huraa uma ilhota local com casas coloridas e alguns pequenos restaurantes perfeitos. Para chegar utilize o ferry público de US$ 2 ou faça a travessia com uma embarcação privada por US$ 10.

A produção local de frutas e verduras é muito pequena, mas ainda existe. Circule pelo mercado público de Malé, capital das Maldivas, para conhecer produtos frescos locais, como bananas e coco.

Se em vez de ficar tanto tempo descansando você optar por fazer alguma atividade aquática, o Mulah Surt Retreat ajuda no cronograma de aventura. Faça aulas de surfe, snorkeling ou mergulho, ou apenas saia para pescar ou observar golfinhos. Partindo de Malé, você consegue agendar excursões por dia.

Para conhecer é um pouco do estilo de vida local, a Artificial Beach é a dica. Nela você encontra moradores para uma conversa e é também o lugar prefeito para o por-do-sol. E ele sempre vem acompanhando de alguma atividade como dança, desfiles, música… a região é bem favorecida de restaurantes. Também na capital das Maldivas, a Mesquita Velha (ou Hukuru Misky) é um ponto turístico interessante. Ela foi esculpida com algo que a região tem de sobra: corais! Foi erguida em 1656.

Quanto custa se hospedar nas Maldivas

Existe hospedagem barata nas Maldivas. Principalmente se você ficar em Malé. Há hotéis padrão 3 estrelas com diárias que variam de R$ 200  a R$ 500. Procure nos sites de busca e faça comparação na cotação e leia com calma as avaliações de cada hospedagem. Caso opte pelos resorts, daí o preço sobe (em alguns, consideravelmente). Mas vale o investimento para férias inesquecíveis. Um dos mais famosos é o Centara Grand Island Resort & Spa Maldives, chamado de paraíso descalço com uma praia de palmeiras e uma lagoa cintilante que oferece as férias perfeitas.

O Centara possui 112 cabanas sobre as águas que para chegar é necessário caminhar sobre as plataformas. Com conceito all inclusive, a estadia na ilha tropical é 100% sem preocupação, apenas descansando, comendo, rejuvenescendo e aproveitando cada segundo. Se a viagem for mais econômica, uma dica é se hospedar em locais mais baratos e apenas pagar o passaporte para usufruir os vários atrativos dos resorts. São diárias, chamadas Day Use, que dão a possiblidade de experimentar e vivenciar toda a estrutura do local.

Foto: Jose Aitor Buiges

Você está lendo sobre “Como ir para as Ilhas Maldivas?”

Foto: Pasja 1000

O que mais fazer nas Maldivas?

Se você cansou de descansar (que contrassenso, ahahah), você pode agitar o corpo e a mente em algumas atividades diferentes. Como o passeio de submarino (de verdade, daqueles que submergem). As Maldivas têm o maior submarino de passageiros do mundo. Outra sugestão é caminhar. Faça trilhas acompanhadas de guias locais, que além de trazer explicações, garante a segurança no passeio. Ah, você sabia que apenas 2% de todo o território das Maldivas é terrestre?

Em local tão praiano e com vento sempre a favor, também vale aproveitar para passear de barco à vela, ou pedalar uma bicicleta aquática. Se preferir algo mais animado (e com adrenalina) tem o banana boat e os passeios de parasail e jet-ski. Ou seja, seus dias serão muito bem aproveitados. Ah, e uma última informação: brasileiros NÃO PRECISAM de visto para viajar para as Maldivas.

Foto: Marcello Rabozzi

É difícil encontrar por aí quem já esteve nas Maldivas. Se for o seu caso, por favor (!) compartilhe sua aventura com a galera do Viajar é Vida! Nos ajude a ter mais detalhes sobre “Como ir para as Ilhas Maldivas“. Deixe seu contato nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*