7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok

As 7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok, na Tailândia, vão te tirar qualquer frio na barriga ao pensar em embarcar para o continente asiático. A cultura muito tradicional da região fez dela uma das mais visitadas do mundo e, ao mesmo tempo, que acaba causando um receio nos viajantes.

Se jogar para um lugar novo, com outros costumes, idiomas, dinheiro e gastronomia vão com certeza te tirar da zona de conforto, mas isso é abrir os olhos para o mundo. Vá sem medo! Garantimos que tendo conhecimento de algumas informações básicas, você embarcará numa viagem livre de grandes perrengues. Sobrarão só as boas histórias. Bangkok é a capital da Tailândia e representa muito bem a cultura não só do país, mas de todo o continente. Logo, é uma boa base para você conhecer e entender os costumes antes de montar o seu roteiro para a região.

Foto: Good Free Photos

Consigo ir para a Ásia só com o inglês? Que dinheiro devo levar? Tenho que conhecer as tradições antes de embarcar no avião? Tudo isso (e muito mais) você descobre abaixo nas 7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok.

Foto: Pixabay

Preciso de visto?

Para os brasileiros, se a estadia no país não passar de 90 dias, não é necessário o visto. Na imigração, basta apresentar o passaporte com validade de seis meses e, pelo menos, uma folha em branco para carimbar o documento. É importante ter em mãos a reserva do hotel ou carta-convite, se ficar hospedado na casa de amigos ou parentes, além da passagem de volta.

O certificado internacional da vacinação é obrigatório, principalmente no que diz respeito à imunização contra a febre amarela. A vacina deve ser tomada 10 dias antes da viagem e o comprovante pode ser solicitado no Portal de Serviços do Governo Federal, levando até 5 dias úteis para chegar por e-mail. Se você não pode ser vacinado por orientação médica, deverá levar consigo o Atestado de Isenção da Vacina, da ANVISA.

O seguro viagem não é obrigatório, mas é recomendado. Como a cultura, hábitos e gastronomia são muito diferentes, é possível passar por alguns perrengues, como intoxicação alimentar, por exemplo. Sem nenhum auxilio, a conta médica pode sair maior do que o esperado.

Foto: Pexels

Consigo me virar com o inglês?

O idioma oficial de Bangkok é o tailandês, uma língua bem diferente do nosso português, o que pode dificultar a pronuncia e comunicação. Mas, não faça desse um motivo para não conhecer a capital da Tailândia. Com o turismo cada vez mais forte, o inglês vem sendo aceito e bem usado na região. Tendo uma boa base da língua universal, você conseguirá se virar facilmente.

Ainda assim, algumas entre as 7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok podem te livrar de perrengues. Faça o seu roteiro de viagem e já leve anotado como chegar a cada destino. Estude algumas palavras do dia a dia, como por favor, bom dia e boa noite, obrigada e desculpa. Por último, mas muito importante, se você tem um smartphone, recomendamos colocar internet. Além de servir na comunicação com seus familiares e amigos, os aplicativos tradutores e de GPS serão muito úteis. Pode apostar!

Foto: Pixabay

Qual é a moeda do País?

A moeda oficial da Tailândia, desde 1902, é o Baht Tailandês (THB), o símbolo que você verá representando é o ฿, ou a palavra Baht mesmo. 1 Baht Tailandês equivale a aproximadamente 14 centavos. Como em viagens para outros países, o ideal é sempre já trocar pelo menos parte do dinheiro antes de viajar. Escolha a casa de câmbio ou banco de sua preferência e chegue com tudo certo no destino.

Bangkok é a capital da Tailândia e uma das cidades mais cosmopolitas da Ásia, logo, a maioria dos lugares, restaurantes, shopping e lojas aceitam cartões de crédito. Apenas nas barracas de rua ou em algumas atrações o uso do cartão ainda não é comum e alguns estabelecimentos cobram taxas. Sempre confira as condições de pagamento e tenha dinheiro para esses gastos.

Foto: Pixabay

Quando visitar?

A alta temporada em Bangkok é entre os meses de novembro e fevereiro, quando a incidência de chuva é pequena. A estação é o inverno, mas não se preocupe, na capital da Tailândia é calor o ano inteiro, o máximo que você irá pegar são dias mais fresquinhos. Já a baixa temporada é quando começam as chuvas na região, de maio até setembro. Se escolher esse período para conhecer a capital, prepare uma capa de chuva e roupas bem fresquinhas, já que o calor é intenso também.

Foto: Pixabay

Onde ficar e transportes?

A Khao San Road é a rua mais movimentada de Bangkok, por isso não poderia faltar nas 7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok, nem no seu roteiro de viagem. Na região há uma variedade de hospedagens, tanto hotéis quanto hostels, com preços bem acessíveis. Você encontra quartos confortáveis a partir de 713 Baht a diária (aproximadamente R$ 100). Além disso, ficará próximo das principais lojas e barracas de comidas típicas, da tradicional vida noturna da capital e dos principais pontos turísticos. Se não quiser ficar no meio da movimentação, as ruas transversais são mais tranquilas. Outras regiões bacanas são Sukhumvit, Silom/Lumphini, Old Town, Chinatown e Riverside.

Os meios de transporte em Bangkok são muitos, tuk-tuk, barco, ônibus, skytrain, metrô e taxi. Se está chegando do aeroporto Suvarnabhumi (BKK), a melhor forma de chegar ao centro da cidade é pelo metrô Airport Rail Link, a passagem sai por 45 Baht (aproximadamente R$ 7). O trajeto já é uma atração turística à parte, já que a maior parte é feita em trilho suspenso com uma bela vista para Bangkok.

Nos dias na cidade, transitar de barco é o mais barato, tuk-tuk e taxi são rápidos. Sempre pesquise os valores e fique esperto. No tuk-tuk não tem taxímetro, o valor é combinado antes da corrida, eles vão tentar cobrar um preço bem alto, mas se você for pechinchando, normalmente tem descontos. Já no taxi, é comum iniciarem a corrida sem ligar o taxímetro, sempre confira e exija que seja ligado.

O tuk-tuk nem sempre é o meio de transporte mais barato, mas é o mais famoso, tradicional e diferente de Bangkok. Não deixe de fazer um passeio nele. Normalmente, nos meios de transportes os motoristas não entendem totalmente o inglês, então leve seus roteiros anotados em Tailandês para facilitar a comunicação.

Foto: Pixabay

O que devo saber da cultura?

Com uma cultura muito diferente, alguns costumes nossos podem ser considerados falta de respeito na Tailândia. Por isso, as 7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok são importantíssimas. São hábitos tradicionais e muito peculiares. Entre os principais, não se esqueça de entrar descalço em templos ou casas, lá entrar de calçado é considerado extrema falta de educação. Para os tailandeses é falta de respeito também sentar-se com a sola do pé apontando para o Buda, fazer uma tatuagem com a imagem dele e tocar na cabeça de alguém, inclusive crianças e estátuas.

Todos os dias a bandeira da Tailândia é hasteada às 8 horas e baixada às 18 horas. Nestes horários, a população para e se coloca em pé. Não estranhe também se ver uma movimentação por volta das 18 horas, todos os dias, nesse horário, soa o hino do país e todos devem ficar na posição militar até o fim da música. Outra curiosidade é que os dias da semana são marcados por cores da sorte e azar. Segunda-feira, por exemplo, amarelo traz sorte e vermelho azar, já na quinta-feira, o laranja da sorte e o roxo azar. Você verá muitas pessoas na rua vestindo a cor da sorte. Nos templos não é permitido roupas decotadas, ombro a mostra e, alguns deles, como o Grand Palace, bermudas.

Com as 7 dicas para saber antes de viajar a Bangkok, temos certeza que você vai se virar muito bem no continente asiático. Ficou com alguma dúvida? Escreve pra gente. Se já foi e tem mais dicas, deixe nos comentários. J


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*