4 motivos para viajar para a Dinamarca

Com foco em ser um país sustentável e 100% orgânico, a Dinamarca mostra porque está sempre os principais modelos de países para o restante do planeta. Faz pelo menos 25 anos que governo e cidadãos trabalham para conquistar esse quesito, de substituir os alimentos cultivados com os métodos tradicionais por orgânicos e estimulando a demanda por produtos livres de agrotóxicos. E se isso já chama a atenção, é porque você não conheceu ainda os 4 motivos para viajar para a Dinamarca.

O nome oficial é Reino da Dinamarca, ou seja, o país é uma monarquia constitucional com um sistema parlamentar de governo. É integrante da União Europeia desde 1973, embora não tenha aderido ao euro. O dinamarquês é a língua nacional, mas dá para se virar em inglês. E o potencial turístico é enorme, por isso o Viajar é Vida destaca este conteúdo com os 4 motivos para viajar para a Dinamarca.

Copenhague é a capital e um dos 4 motivos para viajar para a Dinamarca
Foto: Skeeze/Pixabay

4 motivos para viajar para a Dinamarca: a capital Copenhague e todas as suas atrações

A Dinamarca possui muitos fiordes e é banhado pelos mares Báltico e do Norte. É um pequeno país em termos de área, mas é enorme em contexto histórico, cultura e cenários. A capital é Copenhague, uma cidade onde as bicicletas estão por toda parte. Copenhague surgiu no século 10, a partir de uma vila Viking!!!! Com toda essa história, óbvio que seria comum manter até hoje castelos e palácios.  É o caso do Castelo de Rosenborg. Construído em 1606, já foi residência da família real e até hoje mantém por lá o tesouro da realeza. Entre os monumentos mais conhecidos da cidade está a Estátua da Pequena Sereia, um monumento de 1913. Sabe o que também surgiu na Dinamarca? A Cerveja Carlsberg. E em Copenhague você pode visitar o museu e fábrica da cervejaria, nascida em 1847.

Se quiser ter uma boa noção de como Copenhagen flui, a dica é encarar um passeio de barco. Circule pelos canais, tenha esta visão da cidade. E por meio das embarcações chegue próximo a pontos turísticos como a Ópera, a Our Saviours Church e tantos outros.

Dica de viajante: aproveite o tíquete para TODOS os museus. O país nórdico tem diferentes atrações, incluindo museus. E 73 deles podem ser visitados com a aquisição do Copenhagen Card. O cartão tem validade de 24, 48, 72 ou 120 horas (você paga de acordo com a validade) e consegue entrar nos 73 museus (incluindo alguns castelos) e, mais que isso, concede uso ilimitado ao transporte público (ônibus, trem e bonde) e desconto em vários restaurantes e atrações. O Viajar é Vida compilou a lista, mas só em Copenhague já teria ultrapassado a lista dos 4 motivos para viajar para a Dinamarca.

Animais ao ar livre e museu Viking em Aarhus

Aarhus é a segunda cidade mais conhecida da Dinamarca. Apesar dessa visibilidade, é uma cidade pequena, possível de ser visitada em dois dias e é fácil circular entre os pontos turísticos. Entre os atrativos, estão os bosques de Thors, que fazem parte da maior floresta do país, a Marselisborg-Moesgaard.

A área abriga uma população incrível de sika e gamo, dois tipos de cervos, que você poderá ver bem de perto. Já os javalis vivem em um espaço fechado. Outra atração por lá é o Museu Nacional a céu aberto (Den Gamle By), com 75 edifícios históricos, um dos mais importantes da Dinamarca e do mundo. E já que estamos falando de museus, o Museu Viking de Aarhus tem entrada gratuita e reúne um verdadeiro acervo de achados arqueológicos.

Na arquitetura, o misto de moderno com antigo (de centenas de anos atrás, diga-se de passagem) faz a arquitetura da Dinamarca se sobressair. Para quem curte fotografar prédios, há vários dignos de exposições fotográficas pelo país.

De animais ao livre à arquitetura, há muito o que se fazer em diferentes cidades da Dinamarca
Foto: Sprichbeidl/Pixabay

Casa de escritor e museu em forma de vila em Odense

Odense é outro dos 4 motivos para viajar para a Dinamarca. A cidade fica em uma ilha, cerca de 2 horas da capital. Por ser uma região portuária, está entre os maiores centros comerciais do país, já que daqui entram e saem as principais cargas. Aqui nasceu o escritor Hans Christian Andersen e a casa dele é um local que está aberto à visitação. O museu mantém as mesmas características do período em que o renomado profissional viveu no local por 70 anos, entre 1805 e 1875. O Museu Funen Village é uma vila com casinhas e construções em estilo enxaimel, em um dos locais mais lindos da Dinamarca. Na mesma região fica o The Time Collection, museu que nos leva a vivenciar novamente o período de 1900.

Diferentes cidades e pelo menos 4 motivos para viajar para a Dinamarca
Foto: Monika Schröder/Pixabay

A região litorânea também é um dos 4 motivos para viajar para a Dinamarca

Skagen é uma região de praia e é uma atração à parte no Verão! É aqui nesta cidade da Dinamarca que fica o encontro dos mares de Kattegat e Skagerrak. Aqui também é o final territorial do país. Apesar do frio intenso do Inverno, até nesta época as praias de areia clara são bem frequentadas.

Apesar de pequeno se comparado ao Brasil, a Dinamarca tem uma costa de proporções similares com 7,3 mil quilômetros, diante dos 8 mil daqui. O país mantém fronteira de apenas 68 quilômetros com a Alemanha e o restante fica sobre a península da Jutlândia (Jylland) e sobre outras 443 ilhas, das quais 76 são habitadas, e entre as quais as mais importantes são Fiónia e a Zelândia onde está Copenhague, a capital.

O litoral da Dinamarca está entre os vários motivos para se viajar para lá
Foto: Ralf Seemann/Pixabay

Vale esclarecer que o assunto do começo deste post, sobre o fato de querer ser 100% orgânico tem o total e irrestrito apoio do governo e da comunidade. Os pequenos agricultores vêm recebendo subsídio para garantir a produção sem agrotóxico e pelo menos 60% dos alimentos destinados a hospitais, escolas e restaurantes comunitários já são orgânicos. Ou seja, linda, que pensa no futuro e dá espaço para o próximo. O Viajar é Vida destacou estes itens, mas sabe que há muito mais do que os 4 motivos para viajar para a Dinamarca. Você já viajou para lá? Conte pra gente nos comentários.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*