Quais as melhores atrações de Sergipe

Apesar de ser o menor estado do Brasil em proporção territorial, Sergipe não deixa nada a desejar no quesito belezas naturais. Aliás, os viajantes se encantam com cada local e o Viajar é Vida destaca neste conteúdo quais as melhores atrações de Sergipe. Planeje-se para desfrutar de cada local magnífico.

Quer aventura com sol e mar? Sergipe tem

As atividades junto à natureza são a maior riqueza de Sergipe. Por isso, um passeio de barco pelo leito do Rio Vaza Barris, com parada na Crôa do Goré, Ilha dos Namorados e a Praia Viral são tão bem-vindas. Para você entender, a Crôa do Goré é um banco de areia branca que forma uma ilha com o movimento das marés. Está localizada no rio, no limite entre os municípios de Aracajú, Itaporanga d’Ajuda e São Cristóvão e recepciona dos viajantes em busca de lazer, sossego e dia de sol na praia.

Daqui partem os passeios como os de catamarã. Quem optar por apenas ficar desfrutando do cenário, já encontra uma bela oportunidade para levar as melhores experiências (e memórias) de Sergipe. Guarda-sóis de palha são tomados pela água durante a maré alta. Quando ela baixa, as estruturas se despontam, ficando aparente e recebendo os visitantes. É como se fosse um nascimento diário. Crôa do Goré some e reaparece, para deixar todo mundo ainda mais feliz.

A distância de Crôa do Goré é de apenas 10 minutos navegando a partir da Orla do Pôr do Sol. Ela fica aparente por apenas 5 horas por dia, tempo suficiente para conhecer e aproveitar este espetáculo da natureza sergipana e que está na lista de quais as melhores atrações de Sergipe.

Quais as melhores atrações de Sergipe: praias de Aracaju
Foto: Governo do Sergipe

Quais as melhores atrações de Sergipe: Ilha dos Namorados

Distante cerca de 20 minutos de Crôa do Goré está a Ilha dos Namorados. Ela é ainda pouco explorada, fica na foz do Rio Vaza Barris e mantém areia branca fina e está praticamente intocada. Talvez por não haver infraestrutura turística, embora seja isso que mais chama a atenção de quem visita o local. Dali é possível chegar também à Praia do Viral, que é onde rio e mar se encontram e apresenta características diferenciadas das outras praias de Sergipe.

Divisa de Sergipe e Bahia entre os lugares mais lindos do planeta

Se você quer manter o clima e saber quais as melhores atrações de Sergipe, não deixe de conhecer Praia do Saco com Mangue Seco. A junção destes dois vilarejos (Praia do Saco em Sergipe e Mangue Seco já na Bahia) separados apenas por um rio tornam o passeio completo. Mangue Seco quem tem mais de 30 anos já deve ter ouvido falar. Foi cenário de Tieta, da obra do escritor Jorge Amado. Já a Praia do Saco é uma vila isolada, distante 75 quilômetros da capital, Aracajú. É a cidade mais ao Sul de Sergipe, com ruas ainda de areia, paisagens de dunas, muitos coqueiros e um mar admirável.

Mangue Seco tem cerca de 200 habitantes, quase 30 quilômetros de praias e chama mesmo a atenção neste quesito natureza. Não é diferente de Praia do Saco que além de tudo ainda possui a Ilha da Sogra, um banco de areia temporário que tem cerca de 1 quilômetros de extensão localizada entre o rio e o mar. Ela só é avistada de acordo com o andamento das máres.

Praia do Saco na lista de quais as melhores atrações de Sergipe
Foto: Wikipedia

Praia de Aruana e Orla de Atalaia também na lista de quais as melhores atrações de Sergipe

Saindo de Aracaju na direção Sul está a primeira das praias: Aruana. São cerca de 6 quilômetros de extensão que ficam muito movimentados durante o final de semana, mas praticamente vazios durante a semana. Com areia clara e mar azul, fica cerca de 5 quilômetros distante da Orla de Atalaia.

A Orla de Atalaia, aliás, também tem que ser visitada. Com restaurantes, cafés, bares, hotéis e infraestrutura de lazer completa, com quadras de esportes como tênis, futebol, pista de skate. Enfim, uma verdadeira área de diversão e lazer que reúne os moradores e viajantes do mundo inteiro. A Orla de Atalaia é considerada a orla mais completa do país.

No final dela fica a Passarela do Caranguejo, local onde estão concentrados diferentes restaurantes e bares badalados. Ah, e não é à toa este nome. No cardápio da maioria dos estabelecimentos o caranguejo é a atração principal.

O por do sol deste ponto é uma das atrações de Sergipe
Foto: Governo do Sergipe

Fora da praia, conheça o Museu da Gente Sergipana

Se tem algo que vale visitar e que foge do dia a dia no litoral é o Museu da Gente Sergipana, que fica na capital Aracaju. Com um acervo digital multimídia, já é comparado a museus como o da Língua Portuguesa e o do Futebol, em São Paulo. Apesar deste toque de modernidade, está localizado em um casarão histórico, de 1926.  No lugar é possível, por exemplo, identificar os sotaques das regiões do Estado e acompanhar as diferentes áreas temáticas que tratam desde os territórios locais às feiras, pratos e praças.

Mercado público conta a história por meio dos costumes locais

Na linha do conhecer os hábitos locais, o Mercado Municipal Thales Ferraz é o principal local do artesanato sergipano. Das peças em barro e madeira, passando pelas rendas, roupas e brinquedos. Se quiser conhecer um pouco da culinária sergipana, aproveite para circular nas barracas e boxes de gastronomia. Que tal a tapioca real? Ou o beiju, o pé de moleque, a cocada…. Aproveite toda a cultura e diversidade com uma verdadeira experiência de cores, sabores, cheiros e culturas. Vale destacar ainda o projeto arquitetônico do prédio.

Quais as melhores atrações de Sergipe? Sem dúvida Xingó e Canindé de São Francisco

Belezas como as de Xingó e Canindé de São Francisco
Foto: Governo do Sergipe

Se você já pesquisou sobre Sergipe, já deve ter ouvido falar de Xingó e Canindé de São Francisco. As formações rochosas do Rio São Francisco, com paredões gigantescos que parecem terem sido esculpidos milimetricamente, contrastam sua cor avermelhada com o verde das águas. Estes cânions do Velho Chico estão em quinto lugar no ranking dos maiores cânions navegáveis do mundo.

São cerca de 17 quilômetros de trajeto navegável para conhecer de perto estas formações. Algumas foram batizadas pelo que parecem ser: Ponta do Papagaio, Pedra do Japonês e Morro dos Macacos. Geralmente o percurso é feito de catamarã e ao final do passeio, na região do Paraíso do Talhado, é possível mergulhar nas águas do Rio São Francisco, num trecho fechado para esta prática. Toda essa estrutura agora navegável se deu por conta da construção da usina hidrelétrica que transformou o vale de 65 quilômetros e 170 metros de profundidade.

Quais as melhores atrações de Sergipe: mergulhar em Xingó e Canindé de São Francisco
Foto: Governo de Sergipe
Os cânions do São Francisco recebem os viajantes que vão até Sergipe
Foto: Governo de Sergipe

Você já teve alguma destas experiências no menor estado do Brasil?  Na sua opinião, quais as melhores atrações de Sergipe?  Divida os detalhes nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*