O que visitar em Brasília

Desde cedo a gente aprende na escola sobre o planejamento de Brasília, a capital federal inaugurada em 1960. Criado em formato de avião, a parte que representaria sua fuselagem é o Eixo Monumental formado por duas avenidas amplas e um enorme parque. No cockpit estariam a Praça dos Três Poderes. E só aqui já dá para dizer o que visitar em Brasília. Mas há mais. E o Viajar é Vida destacará neste post.

A cidade é a terceira capital do Brasil, depois de Salvador e do Rio de Janeiro. A melhor época para conhecer Brasília é entre abril e junho. É que nestes meses a vegetação vai estar um pouco crescida e você verá espaços verdinhos. Já entre agosto e outubro, fique atento aos meses de seca e de baixa umidade relativa do ar. Nesta época é importante reforçar a hidratação e evitar o sol.

A Ponte JK é uma das atrações de Brasília
Foto: Dolores Barrios Lua/Pixabay

O que visitar em Brasília: a arquitetura exclusiva de Oscar Niemeyer

O que visitar em Brasília é fácil responder: primeiro conhecer e entender melhor sobre a arquitetura de Oscar Niemeyer, paisagismo de Burle Marx e como funciona uma cidade totalmente planejada. Ser sede da política nacional também é um atrativo, pelo menos para conhecer de perto os edifícios onde tudo acontece. O fato de vermos estas imagens diariamente nas emissoras de televisão, sites ou jornais, por si só já trazem uma pontinha de desejo de ver perto aquilo que parece estar tão distante.

Praça dos Três Poderes na lista do que visitar em Brasília

Os três poderes nacionais são o Legislativo (Congresso Nacional), o Executivo (Palácio do Planalto) e Judiciário (Supremo Tribunal Federal). A representação física deles está nesta praça no coração de Brasília.

O Congresso Nacional é funciona neste edifício desde 1960 e sua arquitetura chama a atenção pelas duas cúpulas (uma invertida). É um dos mais reconhecidos cartões-postais da capital nacional. Como é um ponto de muito movimento, chegar aqui é tranquilo. Várias linhas de ônibus, além de táxis e uber passam pelo local.

O local pode ser visitado internamente com o auxílio de um guia. As visitas são em grupo e duram meia hora. O atendimento é das 9h às 17h30min, mas em dias alternados. Segundas e sextas podem ser agendadas ou apenas chegar no local e ver se consegue o encaixe. Nas quintas apenas com agendamento. Aos finais de semana não precisa agendar antecipadamente. E terças e quartas não são permitidas visitas.

O Congresso Nacional também está aberto à visitação
Foto: Marco Aurélio Visconti/Pixabay

Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal são abertos à visitação

Compondo a Praça dos Três Poderes está o Palácio do Planalto, prédio onde fica o gabinete do presidente da República. Esta é mais uma obra incrível do mestre Niemeyer e cenário para diferentes manifestações (positivas ou negativas), além de já ter recebido diferentes chefes de Estado de todo o mundo. Apesar de um local tão especial, onde fica o mais importante cargo político do país, o Palácio do Planalto pode ser visitado. As visitas são guiadas, gratuitas e feitas em grupo por ordem de chegada. Elas ocorrem apenas aos domingos, entre 9h30min e 14h.

Na terceira “ponta” da Praça dos Três Poderes está o prédio do Supremo Tribunal Federal. A Estátua da Justiça que fica em frente ao edifício chama a atenção. O local recebe visitantes, embora de maneira um pouco mais controlada e restrita. O atendimento é de segunda à sexta-feira, apenas entre 10h e 11h. Nestes dias e horários basta chegar no local. O atendimento é por ordem de chegada.

Já nas segundas, terças e sextas, entre 14h às 17h, a visitação é por agendamento que é feito no site. Não é cobrada entrada e os passeios são em grupos de no máximo 30 pessoas. O período de visitação dura uma hora. Por ser um lugar onde atuam profissionais do judiciário os visitantes precisam se vestir de maneira mais formal, não sendo permitidas roupas mais esportivas, chinelos e afins.

Na lista do que visitar em Brasília está o Palácio do Planalto
Foto: daherjr/Pixabay

Palácio do Itamaraty tem apenas elementos nacionais

Na Esplanada dos Ministérios fica o Palácio do Itamaraty, onde funciona o Ministério das Relações Exteriores. Este é um dos lugares feitos para representar o Brasil a todos que realizam a visita. Por isso ele é tão especial. Além de ter sido construído com elementos nacionais, as obras de arte expostas e que enfeitam o local também são todas de artistas brasileiros.

Aqui também as visitas são gratuitas e guiadas e precisam ser agendadas. A visitação é diária, nos seguintes horários: 9h, 11h, 14h, 15h e 17h. O agendamento só é possível fazer nos dias úteis. Os passeios guiados comportam grupos de até 15 pessoas e há passeios com narração em português, inglês ou francês.

O Itamaraty tem uma sede aberta ao público e todos os elementos são inteiramente nacionais
Foto: Caio Pacheco/Pixabay

Residência presidencial também pode ser visitada

O Palácio da Alvorada é outra atração para se visitar em Brasília. É aqui a casa oficial do presidente da República. Novamente a arquitetura é o ponto alto do local. E a segurança também e nem é preciso explicar o motivo! Para conhecer o Palácio da Alvorada são realizadas visitas de 30 minutos pelas salas de reunião biblioteca oficial, capela, jardim e piscina. O atendimento é sempre quartas-feiras, entre 15h e 17h. Porém, só são liberadas se o presidente não estiver na residência oficial. Não há agendamento, porém muita procura. Por isso o ideal é chegar mais cedo para pegar sua senha de entrada.

O que visitar em Brasília: Catedral e Palácio da Justiça

A Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida é mais conhecida como Catedral de Brasília. Fica no Eixo Monumental, na região da Esplanada dos Ministérios e tem arquitetura assinada por Oscar Niemeyer. O projeto desta igreja deu a ele o Oscar da arquitetura mundial, o Prêmio Pritzker em 1988. São 70 metros de diâmetro que se elevam em 16 colunas de concreto com 90 toneladas cada. A obra foi totalmente concluída em 1970.

O Palácio da Justiça é outro atrativo turístico e tinha de estar na nossa lista sobre o que visitar em Brasília. Mais uma vez os traços precisos e diferentes em sua arquitetura fazem com que o olhar seja ainda mais apurado sobre o prédio. Quedas d’água e um lago formam a fachada do Palácio da Justiça. Apesar de moderno externamente, os móveis da biblioteca são dos séculos 18 e 19 e há um acervo de 100 mil livros. As visitas com guia são de segunda à sexta-feira entre 9h e 11h e depois entre 15h e 17h. É necessário fazer agendamento.

A Catedral de Brasília deu o maior prêmio de arquitetura do mundo a Oscar Niemeyer
Foto: Thorge/Pixabay

Ponte e Jardim Botânico na lista do que visitar em Brasília

Nem só de prédio vive a capital nacional. Na lista sobre o que visitar em Brasília está a Ponte JK, que atravessa o Lago Paranoá. Com seus 3 arcos prende (mais uma vez) pelo design. São 1,2 quilômetros de travessia que pode ser feita a pé inclusive. Nas proximidades há bares e restaurantes onde vale parar para descansar e apreciar o movimento.

Imagine você que há um Jardim Botânico em Brasília. Ele é composto principalmente por vegetação do cerrado e há várias trilhas para visitação da comunidade em geral. Além da caminhada, é possível apreciar os 4 jardins temáticos e toda sua concepção natural. Tem o Jardim de Cheiros, o Jardim Evolutivo, o Japonês e o Jardim de Contemplação. O espaço é muito bacana, principalmente para passeios em família com crianças.

Brasília tem o seu Jardim Botânico que é uma ótima atração para visitar em família
Foto: divulgação

Você imaginava que tinha tanta coisa bacana para visitar em Brasília? Você já esteve na capital federal? Conte como foi sua experiência aos leitores do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*