O que fazer em Kuala Lumpur na Malásia

Essa é para quem tem o sangue viajante nas veias! Pouca gente se lembra da existência deste país asiático, mas quem não abre mão de conhecer o mundo, com certeza tem o sonho de chegar aqui. E o Viajar é Vida mostra o que fazer em Kuala Lumpur na Malásia. A capital, chamada de KL para os moradores, é uma cidade mega moderna (pasmem!) e com cerca de 1,6 milhão de habitantes.

Formada basicamente por indianos, chineses e mulçumanos, tem um forte apelo turístico e é um local ideal para quem deseja conhecer o continente asiático. De construções que são verdadeiros marcos da engenharia e arquitetura a shoppings luxuosos, passando pela tradição em bairros formados por grupos étnicos e atrativos naturais, Kuala Lumpur é uma ótima pedida para os viajantes.

O que ver e fazer em Kuala Lumpur na Malásia: comece pela Batu Caves

Batu Caves são um conjunto de templos hindus que foram construídos dentro de cavernas numa grande montanha. Fica cerca de 20 quilômetros de distância do centro de Kuala Lumpur e pode ser acessada de trem, já que tem uma estação praticamente na entrada do local. Outra possibilidade é ir de carro como uber ou táxi. Os valores não são tão elevados e vale pela comodidade.

Na entrada, uma gigantesca estátua dourada do deus Murugan dá as boas-vindas. São 43 metros de altura e já serve para mostrar o quão grandes são as escadarias que levam até os templos mais altos. Para subir, só mesmo de escada. Prepare-se para andar lado a lado com centenas de macacos (cuide de seus apetrechos, incluindo comidas, acessórios, bonés e afins). Quando estivemos por lá, havia obras de recuperação e precisamos “pagar penitência”.  Veja como foi no vídeo.

Torres Gêmeas são um marco da engenharia em Kuala Lumpur

O que fazer em Kuala Lumpur na Malásia? Visitar as Petronas Twin Towers. Consideradas as maiores torres gêmeas de todo o mundo  ficam na região central de KL. Nos andares térreos há um shopping center com diversificado mix de produtos e serviços. Nos arredores há todo um parque e o espetacular show das águas que ocorre num chafariz imenso que fica logo na entrada. Quem tiver um tempo a mais na cidade, pode fazer uma visita guiada na edificação, que permite conhecer detalhes da obra e admirar a vista dos andares mais altos. São 88 andares, 442 metros de altura!!!!

Outra dica bem bacana, no entorno das Petronas ficam diferentes prédios, alguns com rooftops ou bares em andares mais altos, para que você tenha uma vista diferenciada para as torres.

o que fazer em Kuala Lumpur na Malásia: PEtronas Tower
Foto: Walkerssk/Pixabay

Visitar o Templo Thean Hou, que apresenta o sincretismo religioso do país

Thean Hou Temple é um espaço sincrético que nos faz perceber como a miscigenação da Malásia se mantém sem distinções. O Thean Hou é um templo de seis camadas da deusa do mar chinesa Mazu. Ele foi concluído em 1987 e aberto oficialmente em 1989. É um dos maiores templos do sudeste da Ásia e tem elementos do budismo, do confucionismo e do taoísmo. Sua estrutura é algo realmente grandioso e com uma combinação de técnicas arquitetônicas modernas e design tradicional autêntico: pilares imponentes, telhados espetaculares, esculturas ornamentadas e enfeites complexos. Na entrada, um portão multi-arqueado tem pilares vermelhos que é a cor simbólica da prosperidade e boa sorte.

Grande templo que fica em Kuala Lumpur na Malásia
Foto: travelphotographer/Pixabay

Changkat Bukit Bintang é o atual nighlife de Kuala Lumpur

Changkat Bukit Bintang é praticamente uma rua bem movimentada, repleta de restaurantes internacionais, boates sofisticadas, bares elegantes, enfim, é uma das avenidas mais vibrantes da cidade. Com muitas noites temáticas, DJs internacionais e apresentações de bandas ao vivo, é seguro dizer que a vida noturna em Changkat Bukit Bintang é tudo, menos chato. Você pode escolher de acordo com o seu gosto, seja ele por uma apresentação de comédia ou uma balada LGBTQ+, por exemplo. Para curtir a noite, essa rua de KL é garantia certa.

Menara KL está entre as maiores torres de telecomunicações do mundo

O que fazer em Kuala Lumpur na Malásia: ver a cidade do alto, subindo na Menara KL. Esta é a sétima torre de telecomunicações mais alta do mundo e a mais alta do sudeste da Ásia. Com 421m e localizado no coração de Kuala Lumpur é a porta que leva às atividades de aventura e adrenalina, já que é possível saltar de basejump, por exemplo. Para os mais tranquilos, vale ao menos para ter uma visão impressionante da capital da Malásia. A Menara KL Tower fica na Reserva Florestal Bukit Nanas, uma das reservas florestais mais antigas do país.

Menara Tower está entre as maiores torres do mundo e está entre o que fazer em Kuala Lumpur na Malásia
Foto: Wikipedia

Mercadão sempre é uma boa pedida de visita

Para quem ama uma lembrancinha de viagem ou quer levar para casa algo significativo e que tenha relação com o país que está conhecendo, o Mercado Central é um dos marcos mais conhecidos de KL e uma atração turística bem popular. Foi construído em 1928 para ser um mercado de produtos, como outro qualquer, mas nos anos 1980 foi remodelado e passou a vender principalmente artesanato local. Você encontrará por exemplo as autênticas gravuras de batik da Malásia e muito mais. O Mercado Central está localizado na margem oposta do Complexo Dayabumi e é um edifício de estilo art-déco com acabamentos muito regionais. E, claro, faz parte da nossa lista sobre o que fazer em Kuala Lumpur na Malásia.

Lembrancinhas de viagem na KL City Gallery

KL City Gallery é outro local para buscar lembranças de viagem. Fundada em 1989 para fabricar modelos em escala arquitetônica, no final dos anos 1990 se diversificou na indústria de presentes. Hoje, possui uma extensa gama de produtos fabricados na Malásia que capturam a singularidade de alguns dos maiores marcos históricos do mundo. São presentes e lembranças únicas feitas de folheado de madeira obtidas de fontes sustentáveis. A Galeria da Cidade de Kuala Lumpur conta ainda a história de KL através de fotos, gravuras e miniaturas. Está localizado em um edifício do patrimônio nacional. Aproveite para fazer um tour 360 graus visitando o site da galeria.

o que fazer em Kuala Lumpur na Malásia: galeria de arte
Foto: Wikipedia

O que fazer em Kuala Lumpur na Malásia? Visitar a mais antiga mesquita da cidade

A Mesquita de Jamek fica no local onde se encontram os dois principais rios de Kuala Lumpur: o Sungai Klang e o Sungai Gombak. Trata-se da mais antiga mesquita da cidade, construída no início do século 20 e inaugurada oficialmente em 1909. O projeto da construção foi inspirado na arquitetura Mughal do norte da Índia e esta foi a principal mesquita de adoração da cidade até a inauguração da Mesquita Nacional, em 1965. Atualmente, com suas palmeiras e sua localização às margens do rio, o completo da Mesquita de Jamek figura como um oásis de paz e tranquilidade no agitado centro. A única exceção é às sextas-feiras, quando os muçulmanos vão para orar e lotam o local, período, aliás, que você deve manter o respeito tanto nos atos quanto nas roupas. Homens e mulheres devem cobrir braços e pernas, e as mulheres precisam também cobrir suas cabeças com um lenço.

Mesquita mais antiga está entre o que fazer em Kuala Lumpur na Malásia
Foto: Spencer Wing/Pixabay

No seu currículo de viajante já passou por Kuala Lumpur?  Que outra experiência você já teve na Malásia?  Conte para os leitores do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*