No túnel do tempo para uma viagem com Mickey e Shrek em Orlando

O que dizer de marmanjo de 34 anos que sai do Brasil para conhecer os parques de Orlando? Tinha uma ideia errada desse momento, mas encarei, apesar do auto-preconceito. E dei com a língua nos dentes. Deveria ter ido com mais tempo, inclusive, para voltar a ser criança nos parques da Disney e da Universal Studios.


Magic Kingdom – este parque da Disney é praticamente sem brinquedos. É o mundo da fantasia, que leva aos personagens. São dezenas de atrações envolvendo Mickey, Donald, Minie, Pateta e toda a trupe. Tecnologia e magia te levam ao passado, te envolvem e te fazem se emocionar. Uma dica importante é ficar para a parada noturna, com o Castelo de Cinderela transformado em tela parar mega projeções. É um dos pontos altos da programação. #recomendo

Universal Studios – o globo girando logo na entrada é outro ícone da infância. Mas o barato das atrações da Universal são os personagens mais recentes, já da minha adolescência em diante, como Shrek e Transformers. Que tal entrar no Bar do Moe e tomar uma Duff Beer, tal qual Homer Simpson? Ou tirar foto com a família aloprada de Springfield?  Jurassic Park e Harry Potter também fazem parte desse mundo encantado.


Dicas
– Você pode se cadastrar gratuitamente no site da Disney para ter a regalia de não precisar enfrentar filas.
– Alguns hotéis de Orlando são credenciados para a venda de ingressos dos parques. A compra em casal dá desconto.
– Quem se hospeda nos hotéis Disney tem programação diferenciada e a possibilidade de colocar todos os gastos do dia na mesma fatura e pagar somente quando deixa o local. Só tome cuidado para não se perder!
– Orlando é a capital da diversão. Tem parque para tudo quanto é lado: Walt Disney World, Universal Studios, Seaworld, Discovery Cove, Busch Gardens (Tampa), Kennedy Space Center (Cabo Canaveral), entre outros.
– Walt Disney World possui quatro parques temáticos: Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studios e Disney’s Animal Kingdom. A Disney também oferece aos seus visitantes dois parques aquáticos: Blizzard Beach e Typhoon Lagoon.
– Se precisar dirigir (eu fui de carro de Miami a Orlando), saiba que as estradas são ótimas, com pedágios (paguei antecipadamente junto com o aluguel do carro) e com ótimas praças de descanso/alimentação ao longo da rodovia. Ah, nos Estados Unidos, você mesmo abastece o carro. Estacione em uma bomba, vá ao caixa, diga o valor que quer colocar que ele libera. Basta voltar ao veículo, acionar a mangueira e pronto!


Conteúdos Relacionados


Comments are closed.