Hello, Toronto

Pense bem, que tipo de viajante é você? Tem gente que só viaja se for com tudo planejadinho (tipo eu), mas que se desespera se algo sair dos planos (não sou eu, definitivamente). Há outros que querem apenas a privacidade e o conforto de hotéis (not me) e que só viajam se for no estilo muitas estrelas (não-não, com certeza, estou longe disso). Pois bem, vou contar como é a minha maneira preferida de viajar. Assim como a grande maioria das pessoas, não abro mão do conforto e higiene. Se esses dois itens estiverem garantidos, o que vier é lucro ou amenizado.
Estou na minha quarta experiência de intercâmbio. As duas últimas para o Canada via nosso projeto Passaporte Oficina (que está explicado nesse blog). Já fiquei em dezenas de casas de família e nunca passei por algo ruim. Claro que em algumas vezes não me senti tããããão à vontade, mas aí é ter jogo de cintura e encarar o diferente e estar pronto para sair da rotina.
Desta vez, posso dizer que tive mais do que sorte. Ganhei na loteria! Estou na casa de uma simpática italiana, bem “mamma” que se preocupa em criar receitas deliciosas para o jantar e arruma meu café da manha no prato. Há anos não sou tão mimada. A casa dela e um capricho e meu quarto amplo. Ao lado do meu cômodo há um casal de japoneses que tem sido uma excelente companhia.
Claro que grande parte desta “sorte” faz parte da missão das empresas de turismo e da escola em encontrarem bons lares provisórios para os estudantes. No meu caso, tudo foi acompanhado de perto e com rigor pela Quest Studies Language e pela Hi Bonjour.

Após o primeiro dia na escola para entender o processo e fazer os testes de nivelamento, chegamos ao segundo dia com as aulas de fato. Só posso dizer uma coisa, amo essa experiência de vivenciar o novo. Na escola há vários níveis de aula com turmas pequenas. Além da teoria, somos estimulados o tempo todo a praticar o idioma. E o mais bacana, você evolui na fluência sem se dar conta. Quando percebe, já se comunica com muita facilidade. Bem, por hora era isso, See you later.

My Tips:
– na escola há muita informação útil. Por exemplo, compre os passes semanais ou mensais. Custam bem menos do que se você comprar as passagens diariamente;
– ande sempre com uma sacola plástica extra na mochila se não quiser pagar por elas. Há muitos estabelecimentos que cobram pelas sacolas;
– refeições rápidas e saborosas podem ser compradas (e aquecidas) nos próprios supermercados. Sou fã dos potes com frutas frescas. Ontem comprei por US$ 2 uma porção generosa com melancia, melão e amoras. Na quadra da Quest existem três supermercados;
– quer um café com sabor e preço bacana? Conheça a rede Tim Hortons, super populares e presentes em cada esquina.

Veja algumas fotos dos arredores da Quest.


Conteúdos Relacionados


Comments are closed.