Educação, a linguagem universal

Hoje quero falar sobre educação. Quando estamos imersos em uma nova cultura é comum fazermos uma comparação. Além de contato com canadenses, convivo com outros alunos da Quest que vêm de diferentes países e cada um com seus hábitos. Dentro da escola, para que não haja choque cultural, o ideal é zelar pelo bom senso e respeito ao próximo. Mas mesmo fora da área escolar me admiro o quanto o povo daqui segue normas, como se estivessem incorporadas no DNA.
Nos acessos ao metrô, por exemplo, o controle não é tão rígido e mesmo assim nada de entrar sem pagar. Ainda no quesito transporte público, nos ônibus, a fila de espera raramente é desrespeitada. Há redes de fast food que primeiro servem seu lanche e depois você o paga. Uma vez perguntei ao atendente se ele não tinha receio de eu sair sem pagar. Com um sorriso aberto, ele me respondeu: “Você não fará isso. Coma seu lanche com tranquilidade e depois venha aqui acertar”. Fiquei impressionada pela confiança dele e mais ainda por mencionar a mera possibilidade de alguém não seguir essa conduta.
Lixeiras estão por todas as partes, inclusive com separação de lixo, e dificilmente se vê algo jogado pelas ruas. Claro que problemas existem, há lados menos charmosos, mas o que eu falo é sobre o pensamento comum, que se eu fizer a minha parte, contribuo para o bem-estar geral. See you!

Para tudo 
A dica de hoje é animal, literalmente. São mais de 16 mil espécies bem pertinho dos seus olhos e ao alcance das mãos e, por segurança, separadas por uma espessa película de vidro. Estou falando do Ripleys’s Aquarium de Toronto. Ao lado da CN Tower, esse espaço é um passeio para crianças e adultos. A proposta é uma visitação sensorial e graças à disposição dos aquários a maioria das vezes temos a ilusão de nadar junto com os peixes. Os espaços mais bacanas são os túneis com arraias e tubarões nadando sob nossas cabeças e a área das medusas com um colorido de encher os olhos.  Eu curti tanto o passeio que mal larguei a câmera. Quero dividir tudo. See you 🙂

Toronto Tips
– é comum que lanchonetes cobrem pelos talheres descartáveis. Pergunte antes para não ter uma surpresa;
– se você ficar mais dias por aqui e quiser economizar nas entradas de atrações turísticas, compre o Toronto City Pass. Além de economizar até 45%, você evita filas.
– perfumes, maquiagem e cremes com valores bem legais. Conheça a rede de farmácias Shoppers.


Conteúdos Relacionados


Comments are closed.