CaRIOca

Por Ricardo Ruas

Anualmente, há uns cinco anos, comemoro meu aniversário no Rio de Janeiro. Às vezes duas ou três semanas antes, depende de como consigo agenda. Em 2014 não foi diferente. Como sempre faço, aluguei um apartamento na Zona Sul, entre Ipanema e Copacabana. Nos dias em que fico no Rio, vivo bem o clima carioca. Circulo pelas ruas como um nativo. É assim que me sinto, carioca de alma. Mas prefiro não perder o ímpeto de turista. Assim, consigo observar cada canto com olhar desbravador. É verdade que deixo de lado alguns programas básicos como Cristo Redentor e Pão de Açúcar. Esses dois cartões-postais revejo de perto somente se tiver mais algum amigo junto que não tenha conhecido esses lugares ainda. No mais, tento conhecer uma ou outra coisa nova, mas refazendo aquilo que mais me agrada na Cidade Maravilhosa.
Minhas dicas
Café da manhã no Forte de Copacabana. O ingresso de R$ 6 dá direito a conhecer a estrutura e freqüentar a Confeitaria Colombo, tradicional estabelecimento do Rio que mantém uma filial no Forte. Há outro bistrô lá dentro. O atendimento é a partir das 10h.
Jardim Botânico.Mais do que a história e as incríveis informações de que aquele cenário existe desde o Brasil Imperial, é se transportar para uma atmosfera de silêncio e tranqüilidade. Conhecer de perto espécies da fauna e da flora vale o ingresso de R$ 6.


No período pré-Carnaval escolha um bloco e caia na folia. Além da Banda de Ipanema, que percorre as ruas do bairro, saindo da Praça General Osório em direção à Avenida Vieira Souto, este ano tive a chance de conhecer o Bloco Desliga da Justiça, na Gávea. A animação começou sábado pela manhã. Aproveitei o passeio ao Jardim Botânico para emendar. Da tranqüilidade verde para a alegria e barulho da festa profana.


Está curtindo?

Esta semana ainda trago outras dicas.

Conteúdos Relacionados


Comments are closed.