Cada pessoa uma experiência diferente

Cada pessoa que busca no intercâmbio uma experiência diferenciada tem o seu próprio motivo. Os mais novos, com o intuito de melhorar o inglês ainda antes de começar a trabalhar. Os adultos, com o desejo de melhorar a carreira. Já os idosos, vêem como uma oportunidade de aproveitar a vida, nesta fase em que o trabalho já ficou para trás e o momento é curtir. Aqui em Nova Iorque conheci o Georgi Lucki, engenheiro em transição profissional. Ele está aqui para melhorar o inglês e seguir com sua carreira no Brasil mais adiante, daqui a cerca de três meses. “Resolvi investir porque já estou com 45 anos, sem filhos, e vi que seria uma boa oportunidade. Está sendo uma experiência única, importante”, revela. Ele conta que mesmo o contato com pessoas mais jovens (na ILSC o clima é este, você está inserido em diferentes turmas, com gente de todas as idades) é motivo extra para aprender. “A gente lida com diferentes culturas, diferentes jeitos de pensar e entender a vida. É uma lição diária”, reforça.
Dicas sobre Nova Iorque

– Atenção aos meios de transporte. Uma passagem local de ônibus, trem ou metro não sai por menos de U$ 2,75. Já um cartão com passagens ilimitadas que valem por uma semana custa U$ 32. Ou seja, muito mais vantajoso.
– Quer ficar por dentro dos horários dos veículos ou mesmo as rotas? Utilize estes dois aplicativos: Embark NY e NYC Subways.
– Todos os que vivem aqui reforçam que a cidade é cara. Por isso, todos têmdicas. Ou seja, converse com quem mora em Nova Iorque.
– Se ficar em casa de família ou em apartamento/quarto via AirBNB, não se esqueça de trazer toalha de banho ou se prepare para comprar. Nem todo lugar oferece.

As verdades sobre um intercâmbio

A equipe da Hi Bonjour, empresa de intercâmbio que está me levando para Nova Iorque, é especializada no assunto viagem de estudo. Eles têm me auxiliado com informações que sempre ajudam a esclarecer dúvidas. Confira algumas dicas para se decidir por uma viagem deste tipo ao Exterior.
– Não, você não precisa passar seis meses ou um ano no Exterior para fazer intercâmbio. Tem cursos a partir de uma semana;
– Você não precisa trocar de casa com alguém de fora do Brasil. Mas se quiser, pode se inscrever também para isso!
– Não há regra de idade para estudar fora do país. E se o inglês já supre as necessidades, dá para encarar cursos como gastronomia, marketing e negócios;
– A rotina de ir para uma escola reforça os laços de amizade. Você acaba ganhando amigos dos quatro cantos do planeta;
– O bom do intercâmbio é que você vai para aprimorar um idioma e ainda faz turismo. E conhece o dia a dia de uma cidade internacional vivendo nela!

– A internet é a solução para seus problemas de saudade de casa. Dá para marcar horário diário e conversar com seus familiares no Brasil e manter todos tranquilos.

Conteúdos Relacionados


Comments are closed.