Ajuda profissional antes do embarque

Minha viagem está programada para iniciar em 29 de outubro. Até o dia 3 de dezembro estarei na Austrália, curtindo o que aquelas longínquas terras me reservam.  Como no primeiro intercâmbio, contei com a ajuda de profissionais para escolher o destino, a hospedagem, a escola e obter todas as dicas possíveis para a viagem. Já tinha viajado algumas vezes para fora do Brasil, mas nunca sozinho, e nem por tanto tempo, como nos dois intercâmbios.
E esse contato é super importante. Fui auxiliado pela Cláudia Malachini e pelo Breno Hatschbach, profissionais especializados em organizar as viagens de pessoas interessadas em estudar inglês na Austrália. A empresa é de Curitiba, moro em Itajaí (SC) e tudo foi resolvido a distância. Telefonemas, trocas de e-mails, reuniões pelo Skype e cada detalhe da viagem foi tomando forma.

Foram eles que deram a dica do Australian Intitute of Professional Education (AIPE) para a minha formação. A escola tem foco na formação profissional e é super conceituada, figurando entre as 10 melhores escolas privadas do país. Ela também acaba de faturar o Study Travel Magazine Awards (STM Awards), como melhor escola vocacional/cursos técnicos do mundo.

Os cuidados com o visto, a compra de passagens, a reserva da hospedagem também foi tudo organizado pela dupla e sua equipe. Na minha segunda vez como intercambista, considero de extrema importância esse papel. Pela garantia do serviço e pelo fato de termos a quem recorrer no Brasil caso surja algum problema.
Só saliento que fazer intercâmbio é viver outras culturas, estar em outros ambientes com diferentes companhias. E saber ter jogo de cintura também é parte integrante deste aprendizado. See you soon!


Conteúdos Relacionados


Comments are closed.