7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia

Se você procura por uma viagem com muita cultura, belezas naturais e passeios dos mais variados, as 7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia, estão te esperando! A mistura do caos com a calmaria faz da capital da Tailândia, localizada no sudoeste da Ásia, um dos destinos mais atraentes e visitados do mundo. Você provavelmente se lembra de Bangkok no icônico filme Se Beber Não Case 2, local escolhido para o casamento e a despedida de solteiro do Stu. Conforme retratado no filme, a cidade é repleta de festas, mas, o turismo vai além da vida noturna. É possível encaixar Bangkok em todos os estilos de viagem, há passeios ricos em cultura, tradições, paisagens encantadoras e uma forte culinária típica. Podemos afirmar, sem dúvidas, que a capital representa um pouco de toda a cultura tailandesa.

Foto: Wikipedia

Ficou curioso para um passeio diferente e repleto de novidades? Prepare já o seu roteiro de viagem para Bangkok! Para te ajudar, o Viajar é Vida selecionou as 7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia. Termine esse post conhecendo cada canto especial desse lugar.

A casa do Rei e o templo de Buda entre as 7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia

Entre as atrações mais requisitadas, não só de Bangkok, mas da Tailândia, o Grande Palácio não poderia ficar de fora dessa lista. O lugar foi construído como residência oficial da família real até o início do século 20, apesar de não abrigar mais o rei, ainda chama atenção pela sua arquitetura típica tailandesa e os ambientes repletos de detalhes.

Foto: Esteban Chiner

Não é permitida a entrada no palácio, mas a arquitetura externa já é de impressionar. Além disso, no mesmo lugar está o templo Wat Phra Kaew, considerado o mais sagrado templo budista do país. Ele foi construído para abrigar uma estátua do Buda de esmeralda, considerada uma relíquia sagrada e importante símbolo de proteção do reino. A riqueza dos detalhes e cores fazem do templo uma das 7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia.

O horário de visitas é das 8h30min até 15h30min, não acredite se alguém lhe disser que está fechado entre esses horários, esse golpe é comum na região. A entrada custa 500 Baht (aproximadamente US$ 15 e R$ 60). Para quem está hospedado na Khao San Road é possível ir caminhando, saindo de outras partes da cidade o acesso pode ser de barco, com chegada ao  Píer Ta Chang nº9, táxi ou tuk-tuk.

É importante saber que no local não é permitida a entrada com shorts, saias ou blusas sem manga, mas, para os viajantes esquecidos ou que não sabiam da informação, o lugar disponibiliza roupas emprestadas na entrada. O visitante paga uma taxa que é devolvida assim que devolve as roupas.

Buda de 46 metros coberto de ouro

Pertinho do Grande Palácio, aproximadamente a 700 metros caminhando, está o Wat Pho, famoso templo que abriga o Buda deitado. A estátua impressiona pelo seu tamanho, são 46 metros de comprimento, por 15 de altura, ela é toda coberta com folhas de ouro. Os pés desse Buda medem quatro metros e são todos decorados com madrepérola.

Além do gigante Buda, o templo, um dos mais antigos da cidade, guarda a maior coleção de Budas do país, são mais de mil estatuas. No local, também há pequenas capelas e 91 chedias, que são estruturas de torres ou sinos que guardam as relíquias do Buda. E não para por aí, no Wat Pho os visitantes também podem parar na tradicional escola de massagem tailandesa, aproveite o passeio para relaxar e recuperar as energias para seguir o roteiro da viagem.

O templo é aberto diariamente das 8h até às 17h. A entrada custa 100 Baht (aproximadamente US$ 3 e R$ 13). Só é permitido entrar no local sagrado descalço, fotos são liberadas. Quem vai do Grande Palácio consegue chegar facilmente a pé, de outros lugares, opte por um táxi ou tuk-tuk.

Foto: Wikimedia

Uma vista privilegiada do rio Chao Phraya e de Bangkok

No lado oposto ao Wat Pho, mas com fácil acesso, está outro dos principais templos de Bangkok. O Wat Arun, dedicado ao deus indiano Aruna, chama atenção pela sua arquitetura rica em detalhes, tudo produzido artesanalmente, com torres em estilo Khmer decoradas em porcelanas coloridas. O lugar ainda conta com uma vista privilegiada para toda Bangkok.

O templo foi construído no século 17. Tem 82 metros e os visitantes podem subir até a torre principal, só é preciso ter cuidado com as escadas estreitas. Lá de cima, a vista é ainda mais aproveitada. Uma dica é visitar o local no final do dia, assim é possível curtir o belíssimo pôr do sol.

O templo é aberto para visitações das 8h30min às 17h30min. A entrada custa 100 Baht (aproximadamente US$ 3 e R$ 13). Para chegar uma opção é de barco pelo píer 8 (Tha Tien), depois, mais um barco para fazer a travessia do rio até o templo 3.

Foto: Wikimedia

Sky Bar de Se Beber Não Case 2

Há vários rooftops em Bangkok, mas um dos mais famosos, que até apareceu no filme Se Beber Não Case 2, é o Sirocco Sky Bar. Se você viu o filme, com certeza se lembrará das belíssimas cenas de Bangkok que serviram de cenário das gravações. O Sirocco Sky Bar é um restaurante e bar localizado no 63º andar do Lebua Tower, onde fica o sofisticado Hotel Lebuas. Nos ambientes há uma vista 360º do skyline da cidade.

Para subir até o topo não é preciso consumir e nem pagar nada, se o dinheiro da viagem estiver contado, você pode só apreciar a vista e ir embora. Caso queria o pacote completo da atração, reserve uma mesa no bar ou restaurante. O bar, onde foi gravado o filme, é uma alternativa mais em conta, os drinks custam em torno de 500 Bath (aproximadamente US$ 15 e R$ 60). Já o restaurante é um passeio mais caro, o valor mínimo de um jantar por pessoa é 2400 Bath (aproximadamente US$ 80 e R$ 340). Apesar do valor, quem já foi afirma valer a pena.

Vale saber que existem algumas restrições para entrar no local, eles são bem rigorosos quanto às vestimentas, chinelo e bermuda não são permitidos. Também existem restrições para fotografar, não é permitido usar o flash, nem extensores como o “pau de selfie”. Caso esteja escuro, garçons possuem uma lanterninha para iluminar a foto, basta pedir. Se estiver chovendo, a área externa não é aberta, então escolha um dia de tempo aberto.

Foto: Wikimedia

A rua mais agitada de Bangkok

Entre as 7 atrações imperdíveis em Bangkok, na Tailândia, a Khao San Road é um dos pontos turísticos que mais concentra viajantes por metro quadrado na capital. E não é por menos, a rua é conhecida por representar o que é a Tailândia. Se a sua viagem incluir ver de perto as experiências e culturas do local, não deixe de colocar no seu roteiro. Durante o dia, as calçadas e boa parte da Khao San Road são tomadas por barracas e lojas que vendem de tudo que você imaginar. Quando anoitece, a passagem de carro é fechada e o comércio dá lugar às mesas de bares, cerveja barata e música alta.

Você teria coragem de comer insetos como baratas, grilos, aranhas, caranguejeiras e os famosos espetinhos de escorpião asiáticos? Na Khao San Road todas essas comidas exóticas estão disponíveis em barracas de rua. Se não quiser arriscar, não se preocupe, há também diversos outros restaurantes na região, como o Thai Thai Market, um complexo com mercado, cafeteria e restaurante. Tão típico quanto os insetos, o pad thai, um prato que se parece com yakisoba, também representa a cultura da região, o valor fica em torno de 50 Baht (aproximadamente US$ 2 e R$ 9).

A rua, que se estende por cerca de 1 km, também é ideal para hospedagens. Você encontrará diversos hostels com preços acessíveis, se não quiser ficar no meio da bagunça, procure por ruas nas transversais. Além disso, a localização é no Centro, perto de muitas das atrações turísticas de Bangkok. Chegar nela também não é difícil, fica a 30 km do Aeroporto Internacional Suvarnabhumi (BKK).

Foto: Guillén Perez

O trem que passa no meio do mercado: sim, estamos na Tailândia

Uma das atrações mais diferentes para visitar, que você dificilmente encontrará em outros lugares, o Maeklong Railway Market é um mercado/feira alocado em cima de um trilho em funcionamento. Você deve estar se perguntando como isso funciona. Quando o trem vem é feito um anúncio no megafone, em seguida começa uma correria dos feirantes puxando as mesas para fora do trilho, todas têm rodinhas, já pensando na mobilidade. As mercadorias menores ficam em baixo do trilho mesmo, já que não são atingidas. Após a passagem do trem, 20 segundos é o tempo para tudo voltar ao normal.

Parece loucura, mas dá certo! Tanto que a feira é realizada há anos nesse formato e até hoje nunca houve nenhum acidente. Apesar de turístico, no local se vê muitos moradores comprando frutas, legumes, temperos, comidas típicas e roupas. Tudo com um preço super camarada.

Foto: Pixabay

Onde comprar ouro e comer comida típica?

A Chinatown de Bangkok é outro passeio repleto de cultura, são diversas atrações, comidas típicas de rua e lojas, famosas por venderem artigos de ouro. O legal é ir com tempo para explorar a região, não tem certo ou errado, vá caminhando, subindo por um lado e descendo pelo outro, para explorar as lojas e restaurantes. Quando o sol se põe, o passeio fica ainda mais bonito, a região é repleta de placas luminosas que chamam atenção durante à noite. Não precisa se preocupar, além de segura, Chinatown sempre está cheia de pessoas.

Os restaurantes e barracas que você encontrará nesse passeio são simples, com mesas e cadeiras nas calçadas, mas com um cardápio extenso, repleto de pratos típicos. Vale ressaltar que os valores também são bem acessíveis. Incluir no roteiro também é fácil, já que a região é próxima de diversos pontos turísticos que, inclusive, citamos nas 7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia. São cerca de 2 km de Wat Pho, Wat Arun e do Palácio Real.

Foto: Pexels

Qual lugar te deixou com mais vontade de carimbar o passaporte para a Ásia agora? Garantimos que as 7 atrações imperdíveis em Bangkok na Tailândia, vão te surpreender. Conhece alguma delas? Tem alguma dica? Deixe nos comentários do Viajar é Vida.


Conteúdos Relacionados


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*